A Hiperactividade vista à lupa

Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

 

 

A todas as que deixaram mensagens tão carinhosas ao Quico e à mamã!

 

 

Foi um dia super emotivo, por várias razões mas especialmente porque senti que fiz muitas amizades aqui no blog! Pessoas que não conheço pessoalmente mas que se tornaram companheiros de jornada, com quem gostamos de partilhar bons momentos como este!

 

O Quico fez três anos hoje! Podia dizer a frase batida «parece que foi ontem» que de facto estaria mais que certa! Parece que foi ontem, sábado - deitei-me super bem disposta mas com uma impressão um pouco diferente! Achei que passaria e por isso não alertei ninguém. Num verão (esse sim!) muuuuito quente, eu não consegui dormir e passei a noite a ver as horas!

 

Por volta das cinco, não aguentava a posição deitada e começei a circular pela casa. Às sete, estava completamente convencida que tinha tudo sob controlo mas passados dez minutos a minha barriguinha (LOL) estava tão dura que achei ter engolido pedras ao jantar...passei a sentir o meu piolho cada vez mais hirto e muita dor nas costas! Acabei por dizer ao papá que iria tomar um banho e que a seguir deviamos ir para o hospital. Assim foi - o marido pôs os meus pais ao corrente para ficarem com o Rafa, ligou ao meu médico e nós fomos a toda a velocidade (possível) para o hospital, estava já com contrações a cada 5 minutos!

 

Foi tudo hiper rápido (ao contrário do irmão) e não houve tempo para epidural nem sequer para uma preparação convencional - mal subi para a marquesa, finquei os pés, fiz força duas vezes e o Quico estava cá fora - 20 minutos depois de entrar no hospital já o papá ligava a toda a gente a dar a boa nova!

 

 

estes foram três anos intensos e mágicos, em que me deixei envolver em pleno na emoção do segundo filho - são experiências únicas e tão diferentes que só podem ser explicadas pelo coração.

Sem palavras para dizer tudo o que sinto, resta-me agradecer cada momento que ele me proporciona, cada emoção que desperta! Sinto-me abençoada!

 

A festa foi no infantário (em casa também houve bolinho à noite e prendinhas, claro, mas o papá chega no sábado, por isso festejamos novamente nesse dia). Os amigos receberam do Quico uns saquinhos com goluseimas e uma molinha para fotos. Todos ficaram super felizes!

As educadoras ofereceram um DVD com uma montagem dos melhores momentos do meu príncipe que eu achei uma ternura!

 

 

Ainda recebeu dos coleguinhas uma colecção de carrinhos.

Cá em casa teve direito a mais umas prendinhas que adorou - uma moto enorme com vários acessórios, um camião com carrinhos, uma mochilinha, um livro de um dos seus personagens favoritos «Harry e o balde de dinossauros» e uma «totinete» que o fez delirar!

 

Tudo à maneira cá do sítio, com muitos gritos, muitos saltos, um mano histérico que fez doidices o tempo todo e muitos sopros nas velas, porque nunca se canta Parabéns apenas uma vez, lol!

 

Existem muitas outras coisas a relatar mas a mamã tá tão cansada que parte do post  foi escrito entre a lavagem dos dentes e o deitar na cama - amanhã actualizo as novidades!

 

 

sinto-me: Muito bem!
postado energia-a-mais às 23:45

 

3 ANOS

de delírio, descoberta, doces sonhos, algumas birras

e muita, muita paixão!

 

 

 

 

 

FRANCISCO

30 DE JULHO

 

 

sinto-me: Mamã
postado energia-a-mais às 00:23

Terça-feira, 28 de Julho de 2009

estariam hoje três mortos cá em casa..

 

Fim da tarde, muitas brigas entre os dois irmãos, mãe fora até muito tarde, dois adultos esgotados e divididos entre a tarefa de banhos, jantares, separar os dois putos, colocar a casa em ordem (possível) e uma bisa que não consegue fazer mais, um pequeno descuido...dá para este susto de morte:

 

ninguém reparou que a janela da sala tinha ficado aberta até mais tarde (por norma abre-se as janelas durante a tarde para fazer entrar ar fresco pois a casa é muito quente, mas fecham-se no fim da tarde quando os miúdos estão para chegar da escola). A minha avó estava na varanda do quarto das crianças e os meus pais na cozinha, o Rafa fazia pinos no meu quarto e o Quico circulava pela casa, ora com a bisa, ora sozinho...

 

assim não admira que ás tantas lhe tenham perdido o rasto, cada qual pensando que estaria com os outros...na verdade ele estava entretidíssimo a fazer uma coisa que gosta muito - em cima de um banco, debruçado na janela....

 

Claro que os meus pais e a bisa quase tiveram um colapso quando deram com ele! eu quase tinha um colapso quando soube (e nem vi, imagino eles!!!)

 

Tudo se passou muito depressa, mesmo assim, deu tempo suficiente para o Quico enviar para o terraço do primeiro andar - dois cadernos do irmão, uma chupeta, uma parte de uma pista de carrinhos, dois estojos da escola, uma almofada (!) e muita papelada que ainda não reconheci  - é que já estava escuro quando cheguei a casa e os meus vizinhos do terraço estão para fora, não dá para ter acesso às coisas.

O certo é que para jogar tanta coisa pela janela, ele passou lá um bom bocado...com a janela escancarada e sem protecção....

 

do susto não me livro e por isso ainda agora fui verificar (pela milésima vez) se tenho todas as inúmeras janelas bem fechadas! e uma lição ficou - mesmo com adultos por perto TODO O CUIDADO É POUCO!

 

 

 

 

sinto-me: doente com isto!
postado energia-a-mais às 23:34

Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

no tratamento do TDAH

 

este é um post mais sério, que poderá ser mais interessante para quem tem filhos diagnosticados com Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperactividade. Decidi partilhar aqui este tratamento que conheci em 2005, por ver que existem muitos pais que ainda o desconhecem e por saber que está hoje mais fundamentado do que quando o discuti a primeira vez com o neuropsicólogo que mo apresentou.

 

Em verdade eu não considero que este seja um tratamento alternativo à medicação, mas antes um método que permite obter um reforço dos resultados, principalmente em crianças que tendo já sido medicadas, passam aquela fase da mudança de idades em que se coloca a hipótese de retirar ou manter a medicação.

 

Em que consiste

 

Na aplicação de eléctrodos através do couro cabeludo. É um método natural e não invasivo. O paciente não recebe descargas eléctricas ou magnéticas.

Os eléctrodos captam as ondas magneticas emitidas pelos neurônios. Essas ondas são enviadas a um computador que as descodifica e as transforma em imagens reais do funcionamento do cerebro. Num cerebro afectado pelo TDAH, as ondas em maior quantidade são as lentas (daí usar-mos estimulantes para os acalmar...) e tenta-se por isso reduzir as ondas lentas e aumentar as mais rápidas.

Assim criou-se uma espécie de jogo de vídeo em que o jogador (paciente) tem de começar a dominar a quantidade de ondas emitidas, segundo um processo comportamental chamado reforço condicionado. Ele pode identificar e alterar voluntáriamente o modo como  seu cerebro responde a várias situações, sendo então possível obter maior controlo sob as suas acções.

 

O tratamento requer várias sessões, dependendo do tipo e do grau diagnosticado. Normalmente varia entre as 30-45 até 60 sessões. Parar antes das 30 não garante (pelos estudos existentes) continuidade nos resultados.

Também se verificou que as crianças medicadas e que em simultâneo fizeram este tratamento obtiveram melhores resultados do que as que receberam apenas o tratamento, embora os resultados positivos perdurassem mais tempo após deixarem o medicamento, quando tivessem recebido tratamento por neurofeedback.

 

Na minha opinião é um tratamento que pode ajudar a estabilizar a criança e proporcionar maior capacidade de auto controlo, auto planeamento e auto gestão.

Pode ser uma mais valia quando usado em conjunto com a medicação e eventualmente outros métodos terapêuticos e psicológicos.

 

Gostava de saber a vossa opinião e partilhar experiências nesta área!

 

 

sinto-me: a querer saber mais!
postado energia-a-mais às 23:43

vermelhos, grrrrr! isto para quem é do Benfica até doi....

 

pois, decididamente os miúdos esquecerem por completo o nosso acordo, não houve direito a trocar pinos por Gormiti e o Quico nem se lembrou das «pendinhas»!

A única coisa que fizeram durante o fds foi mesmo, atacarem-se e brigarem por tudo e por nada, ou seja por coisa nenhuma.....eu passei o tempo a recordá-los do que estavam a perder e a dizer «não» a tudo o que me pediam, como forma de os castigar!

O sábado foi por isso terrível e não deu para descansar um segundo...como previ que o domingo entrasse pelo mesmo caminho lá resolvi pensar em alguma coisa....

 

cheguei ao cúmulo de ter de arranjar programas diferentes para cada um deles....

Tinha pensado em festejar o dia dos avós com um lanchinho  cá em casa mas como tive a casa em alvoroço todo o dia e não consegui deixar nada em ordem, pedir ajuda à avó tirava a piada e deixar as coisas rolar seria pior, resolvi convidar os avós e a bisa para um lanche fora de portas...só que foi impossível pegar nos dois pestinhas, estavam tão eléctricos que achei melhor nem insistir....

 

Num palpite de última hora acabei por convençer o Rafa a ficar comigo e os avós passarem um bocado com o Quico. Assim os avós conseguiram divertir-se com o neto mais novo no relvado com uma bola e o Rafa foi ao cinema, o que numa sala meio vazia, até correu bem porque ele estava à vontade, passando metade do filme a saltitar na cadeira. Fomos ver

 

http://docasnasasasdodesejo.blogs.sapo.pt/2009/07/21/

 

e rimo-nos com todas as aventuras dos personagens 

 

No final ainda fomos a  minha casa para em conjunto com o resto do pessoal fazer-mos um lanche «ajantarado», onde os miúdos ofereceram uma flôr aos avós e um desenho feito num momento de inspiração!

 

Agora, última semana de campo de férias e infantário, tenho de continuar a tentar impôr mais paz entre os dois, pelo que mantenho o tal quadro de cortiça mas mudei o incentivo para «não terem pinos verdes, significa não ter férias com o pai...»

 

A ver vamos se o plano resulta!

 

 

sinto-me: chantagista!
tags: , ,
postado energia-a-mais às 13:05

Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

energia má, Xô!

 

raio de dia enguiçado....o dia de ontem foi muito complicado!

 

Começou por - o Rafa tinha marcada uma ida à praia para compensar o dia anterior em que chovia a cântaros, claro que estava entusiasmado porque no campo de férias lhe prometeram ir mesmo que o tempo estivesse farrusco....ora isto de prometer e depois baldar-se, não pode ser pessoal, ok????

Quando chegamos ao recinto do campo e vimos que afinal não haveria saída, logo as coisas azedaram...explicar qualquer coisa ao Rafa nestas alturas é para esquecer!!

Ele jé nem queria ficar, não queria mais voltar para lá, enfim...passei uma grande parte da manhã a tentar convencê-lo a ficar!

 

Já atrasada para os meus afazeres, tive mais um percalço - afinal ainda não tenho a resposta que necessito para avançar já com as novidades na área pessoal...vou ter de aguardar mais uns dias, o que me deixa desesperada por dentro!

Não vou poder dizer por enquanto mas quando tiver todas as certezas, logo contarei aqui do que se trata!

 

À tarde, tive mais um enguiço - na hora de ir buscar o Rafa, o meu pai verificou que o meu carro não pegava, não dava sinal, nada - morrera!

Lá teve de se chamar um mecânico que por acaso resolveu o assunto de forma mais rápida do que o normal, atendendo a que é uma pessoa conhecida! Mesmo assim o Rafa teve de ficar em prolongamento e acabei por ser eu a ir buscá-lo a pé no fim do dia!

 

Depois foi ver os meus dois rapazes totalmente esquecidos do nosso acordo a trucidarem-se por tudo e por nada, com birras e asneiras sucessivas, desde o Quico ter feito xixi no pote e ter posto os pés lá dentro, até ao Rafa ter mandado uma bola ao tecto e partir mais uma lâmpada!

 

Tou a precisar de me livrar desta energia negativa, a ver se sobrevivo ao fim de semana

 

 

sinto-me: xô!
postado energia-a-mais às 10:57

Quarta-feira, 22 de Julho de 2009

por ter cão e por não ter

 

 

querem ser tão amiguinhos que quase se sufocam um ao outro, querem tanto ser o Bom Irmão que passam o tempo a oferecerem-me coisas, para provarem que gostam mesmo um do outro....

Inédito - o Rafa viu o DVD da festinha do Quico, o Quico esteve a ver o irmão jogar no computador (com muitos saltos pelo meio, mas prontos os rapazes não se controlam logo à primeira, né?)

 

passei o tempo a ouvir «mãe estou-me a portar bem?» e «mãe, tou a putar bem?»

 

espetei dois  pinos verdes para os encorajar   

 

Antes de deitar já se tinham esquecido e lutaram à séria para ver quem ficava com a almofada, quem apagava a luz, quem bebia a água primeiro...

 

Nota íntima e transmissível:

Tou sem tempo para nada...grandes mudanças que podem virar o rumo da minha vida estão no ar...amanhã estarei menos tempo por cá...espero que seja só amanhã!

 

 

sinto-me: é melhor tar calada!
tags: , ,
postado energia-a-mais às 23:25

 

isto pode não ser fácil e não vai resultar à primeira mas estou determinada a manter os dois na ordem e de preferência mais unidos

 

cá em casa está agora afixada esta lista

 

 

 

 

acalme-se, gritar não adianta com um hiperativo


 

  • Não gritar
  • Quanto mais a voz deles aumenta, mais a voz do adulto deve diminuir.
  • Se sente a situação  a sair do controle, damos um tempo. Dizer que queremos ir à casa de banho pode ser uma boa receita.
  • Usar de humor (mas não humor sarcástico ou maldoso) para apaziguar a situação.
  • Ser um bom ouvinte.
  • Dizer que os queremos  entender e trabalhar a situação, mas só podemos fazer isso quando as coisas estiverem tranqüilas.
  •  

 

Só para os pequenitos

regras para ser um bom irmão

 

  • Não se grita
  • Não se bate por razão nenhuma
  • Não se atiram objectos pelo ar (tudo o que for atirado, vai para o lixo)
  • Os brinquedos de ambos são sagrados
  • Cada um tem os seus brinquedos, podem emprestar ao outro mas quando o dono os quiser de volta tem direito a eles
  • Devem respeitar o espaço e tempo de cada um

 

Ver imagem em tamanho real

 

 

 

e para incentivar deixei claro que

 

  • beijos e abraços garantem pontos
  • gritos e bater são penalizados
  • os pontos são trocados semanalmente por prendinhas

Para marcar os pontos uso um quadro de cortiça, onde escrevi os nomes deles, desenhei quadrados para os dias da semana e para simplificar marco com pinos vermelhos ou verdes

 

Vermelhos - é MAU

Verdes - é BOM

 

No final da semana mais verdes que vermelhos = prendinha

o Bom Irmão tem direito a um diploma

 

Por enquanto o Rafa está entusiasmado porque quer trocar os pontos por Gormiti ou goluseimas, o Quico entendeu bem a parte de ter «pendinha»

Sei por experiência que vou passar o meu tempo a lembrá-los do acordo mas antes isso do que ter de os separar a cada instante!

A ver vamos, um dia de cada vez! Até porque não quero correr o risco de os incentivar a gostar um do outro por interesse, lol!

Eu sei que o Rafa adora o irmão e só não o demonstra mais vezes  pela  manifesta  incapacidade em se controlar; o Quico vê no irmão um modelo (para o bem e para o mal) e sente tudo muito intensamente!

 

 

sinto-me: com esperança que resulte
postado energia-a-mais às 10:25

Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

 

foi como começou e  terminou o nosso dia de hoje...

 

já falei várias vezes de como é extremamente difícil manter os meus filhos no mesmo espaço (principalmente sozinhos) por mais que dois minutos seguidos...cheguei à conclusão de que deve ser alguma coisa no sangue, só pode - o meu Rh negativo, com o Rh positivo do pai, deu uma mistura que os torna incompatíveis entre eles....

OK, sei que é disparate mas é a única coisa que me ocorre por enquanto!!!

 

Hoje de manhã perdi mais de uma hora (felizmente já terminou a praia ou o Quico não chegaria a tempo do transporte...) para os separar, tudo por causa de uma pistola comprada num momento de delírio (ou talvez fosse noite e confundi aquilo com um qualquer carrinho a pilhas)...o raio do brinquedo é tão mas tão barulhento que devia ser proibido....se não estivesse à venda eu não o teria comprado

 

Por mais que me esforçasse os dois queriam aquilo como se fosse o último brinquedo à face da terra! Lutaram por ele com unhas e dentes - unhas o Rafa, dentes o Quico....desfizeram metade da casa (a metade que ficou direita depois do fds) e tive de me tornar perita em artes marciais, para com golpes certeiros conseguir ver-me livre do tormento criado pelos dois!!!

 

Com tanta energia gasta, pensei que o final do dia traria menos ebulição - engano meu!!!

Cheguei a casa e os dois enfrentavam-se por causa de um gelado, depois por causa de um avião de papel, depois por causa do barulho do Quico que impedia o Rafa de jogar (o que para nós causa estranheza é que o Rafa acha que o irmão é barulhento, quando nem se dá conta de como grita por razão nenhuma...) depois por causa do espaço que cada um pode ocupar....enfim, nem a comer se calaram, ambos gritando, betendo-se e medindo forças....

por isso não estranhei quando a cena final foi uma mota atirada pelo Quico, abrir a testa do Rafa - claro que este sentindo a coisa a bater na testa, de imediato (mesmo imediato) se virou ao irmão e deu um murro tão forte nas costas do Quico que ele até deixou de respirar...

Com o Rafa de testa rachada e o Quico sufocado, a bisa especada a olhar, só me restou arrastar o mais velho para o lavatório, levando o mais pequeno ao colo e pedindo à bisa para sair e ir colocar os pratos na máquina (para a ocupar)

 

Afinal o corte era bem pequenino mas serviu de pretexto para mais umas quantas chamadas de atenção (muitas das birras seriam evitadas se o Rafa não fosse tão impulsivo...) que poderia ser muito perigoso, que os dois se poderiam magoar a sério, e tal....nem sempre me escutam mas alguma coisa fica!!!

Decidi entretanto que isto não pode continuar...vou pôr a minha cabeça a funcionar e arranjar estratégias válidas para acabar com esta incompatibilidade (espero conseguir alguma coisa antes da hipótese da transfusão total de sangue aos dois, lol!)

 

 

sinto-me: mãe em luta
postado energia-a-mais às 23:14

Domingo, 19 de Julho de 2009

 

assim se chama a iniciativa que pretende dinamizar nesta época do ano, a cidade de S.j.Madeira. No centro da praça principal, as noites dos meses (supostamente!) mais quentes são animadas por espectáculos vários, que trazem muita gente às esplanadas e entusiasmo extra à miudagem cá de casa!

 

O Rafa não parou enquanto não lhe prometi que o deixava sair nas noites de fim de semana. O Quico, quer sair em qualquer noite....por isso já tinha planeado a coisa - banhos mais cedo, jantares mais práticos e roupas fáceis de vestir. Sei que se deixar «rolar» passamos o tempo em sucessivas birras e perdemos a possibilidade de gozar mais tempo lá fora...

 

Fiz uma lista e distribui as tarefas do Rafa, tudo muito bem explicado, para não perder tempo depois.  Seguir a lista significava desenrascar-se sozinho e tinha direito a € 1,5 para usar na nossa saída, em bebidas ou gelados. Por cada tarefa que não acabasse sozinho retiravamos € 0,20.. assim, vestir, lavar os dentes, calçar-se e pentear-se eram responsabilidade dele (embora com alguma ajuda, caso necessário).  Consegui desta forma, finais de dia menos complicados dentro de portas, embora mais cansativos lá fora, pois tive de acompanhar todas as correrias, saltinhos, jogos de bola e gelados, hehehe!

No Domingo à tarde em vez de dois, foram três, pois tivemos a companhia de um amiguinho do Rafa, o que não me desagrada, pois que assim consigo dar algum descanso ao Quico....

 

O Quico foi na verdade o protagonista deste fim de semana...parece que tem por objectivo, fazer-me reviver o que passei com o irmão quando tinha a idade dele! Está tão difícil de entender, faz tantas asneiras por segundo e tem uma vontade tão vincada que me fez perder a cabeça por várias vezes...

ele abre a torneira da banheira e pôe-se lá dentro com roupa; ele lava o chão da casa de banho com a vassourinha da sanita; ele joga pela janela objectos vários; ele tira todos os tachos dos armários; ele parte todos os fios, pulseiras ou brincos, meus, da avó ou da bisa; ele grita, esperneia, chama nomes feios, desliga-nos a TV, pôe ao chão os telemóveis e faz grandes xi-xis em todo o lado, menos no local próprio.....quando não está ocupado com isto, é a inconstância total - ora parece um belo anjinho, ora um diabrete graduado....

 

Dei voltas e voltas ao miolo e ainda não tive uma inspiração divina para acabar com esta fase de  eu-sei-que-sou-o-mais-novo-mas-agora-a-atenção-é-só-para-mim!

Se isto continua pela semana fora, acho que tenho de pedir baixa da família inteira, lol! Claro que no meu caso, a baixa obrigaria a looooongas saídas de casa!!!

 

 

sinto-me: a sair da guerra do fds!
tags: , ,
postado energia-a-mais às 23:14

mais sobre mim
que querem saber?
 
Julho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

15
18

21
23
25

26
29
31


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro