A Hiperactividade vista à lupa

Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

 

No infantário o Quico vai ter festa das bruxas acompanhada de pipocas

 

o Rafa vai mascarado de monstro morto-vivo para uma festa de mácaras na escola (e eu vou ter de o pintar pela manhã....help!)

 

 

Cá em casa a festa é mesmo no sábado e a decoração já está pensada para que nada falte....

 

 

pronto eu sei que isto é mais um dia «fabricado» pelo consumismo e até nem tem grandes tradições por cá mas os miúdos deliram com as aranhas, morcegos, vampiros, caldeirões e bruxas lol!

 

Além disso é uma das poucas vezes no ano em que os deixo lambuzarem-se com toda a espécie de goludices (e as pipocas estão no topo das preferências do Quico)

 

Por isso e correndo o risco de sermos os únicos no prédio a ter abóbora à porta lá vamos entusiasmados festejar o Halloween!

 

 

 

 

boa noite de bruxas para

voçês também (sem ofensa hehehe!)

 

claro que depois vos conto como (e se) controlei os meus monstrinhos .....

 

sinto-me: fantasminha mamã
postado energia-a-mais às 08:15

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

 

 

na rua com os meus rapazes é do mais imprevisível que há!

 

e nem estou a falar das crises pelo caminho ou das birras aparatosas que protagonizam quase dia sim dia sim....falo de circular com eles, fazê-los respeitar as regras de trânsito, atravessar ruas, evitar os perigos....

 

Tudo isto pode ser bem complicado quando....

  • O Rafa vai tão distraído que nunca percebe quando tem de atravessar
  • tropeça nos nossos pés o tempo todo pois vai saltitando colado a nós
  • desvia-se do caminho para saltar por cima de qualquer muro, escada ou dar chutos nas pedras
  • tem dificuldade em parar antes de chocar com os sinais
  • O Quico corre sem parar
  • adora meter-se à frente dos carros
  • não quer que ninguém vá a seu lado e quando isso acontece corre mais depressa
  • desvia-se do caminho para saltar por cima de qualquer muro, escada ou dar chutos nas pedras
  • sempre que ouve uma sirene (ambulâncias ou polícias) corre para o meio da estrada para ficar mais perto

Ora assim a circulação não é nada fácil e muitas vezes torna-se perigosa, cada susto que nem vos conto (ou conto lol!) como

 

  • quando o Quico se jogou para o chão em plena zebra porque não queria passar sem o triciclo - e eu com o triciclo não mão a tentar segurar os dois...
  • quando o Rafa se pôs na bicicleta e decidiu atravessar mesmo à frente de um carro
  • quando o Quico se pôs a correr só para não dar a mão e atravessou em zig zag
  • ou quando os dois em disputa de uma bola saltaram o muro do parque e correram rua abaixo atrás da dita
  • quando o Quico correu atrás de um carro para lhe acertar com um pau

E voçês sentem dificuldades em circular com os vossos petizes? E o que fazem nessas alturas?

 

 

 

sinto-me: em sentido proibido
postado energia-a-mais às 08:18

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

 

 

e que invasões, lol!

 

No sábado o Rafa «mandou» invadir  casa mas como se esqueceu de me avisar eu fui invadida de surpresa

 

  • durante a semana ele foi dizendo aos amigos lá da escola que podiam aparecer em nossa casa no sábado à tarde, combinou que podiam lanchar e que passariam a tarde entre jogos e filmes - mas entretanto achou que eu adivinharia a intenção...portanto não achou necessário avisar-me....

pronto, não foi nenhum drama mas lá tive de desenrascar um lanchito à maneira para que os rapazes não ficassem de barriga vazia....

 

No Domingo fomos invadidos por sentimentos

  • os anos da avó foram o pretexto para uma invasão na cozinha, lol! pudins e bolos os miúdos «ajudaram» a fazer sempre com a algazarra do costume. O avô fez assado com ervas aromáticas que estava uma delícia
  • à terceira tentativa a avó soprou as velinhas e pediu certamente mais sossego...(o Quico obriga toda a gente a cantar os parabéns uma dezena de vezes e o Rafa entrega, abre e experimenta todos os presentes antes da aniversariante...)
  • à noite invasão de birras porque isto de os querer na cama às 22h30 nunca é pacífico

Mas o fds acabou por ser invadido pela boa disposição pois estivemos rodeados pela tolerância, respeito e amor de quem percebe que so assim nos deixamos invadir pela esperança de ver estes dois miúdos de bem com a vida!

 

 

sinto-me: ainda invadida!
tags: ,
postado energia-a-mais às 11:08

Domingo, 25 de Outubro de 2009

 

a minha mamã faz anos!!!!

 

 

desejo que tenhas um super dia e que sopres as velinhas com muita energia para dar sorte!

 

recadinhos para ti 

 

O Rafa diz  «a vovó é esbelta e está a ficar velha...mas ainda é nova, só que está a ficar mais velha...»

 

O Quico diz « a vovó é miga e é linda!»

 

Sabes que te adoramos cada dia e que queremos que estejas sempre por perto

 

O avô manda beijocas

 

....e todos nós também  

 

25 de Outubro de 2009

 

 

 

sinto-me: de parabéns pela minha mãe!
postado energia-a-mais às 00:07

Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

 

mais ou menos resolvidas!

 

Hoje dia de resoluções em casa e fora dela....

 

não posso contar tudo por enquanto mas torçam por mim durante a tarde - uma resolução que não depende só de mim mas que pode resolver muita coisa lol!

 

Outra resolução arrumada (bem) é a formalização da minha matrícula - as minhas aulinhas vão começar a 5 de Novembro das 14h às 18h, de segunda a quinta-feira. Está tudo pronto, em breve vou ter possibilidade (entre outras oportunidades) de dar formação em diversas áreas

 

Resoluções cá para casa

 

vou voltar a usar as listas que tanto me ajudaram antes, para estruturar as rotinas do Rafa

  • para que as manhãs sejam menos caóticas introduzo novamente os esquemas de «o que faço a seguir?» - é uma listinha que lhe permite seguir todos os passos para evitar que se disperse tanto. Quando termina uma tarefa ele só tem de verificar «o que faz a seguir» (ex: vai à casa de banho - lava-se, veste a camisola, as calças e por aí fora até à mochila)
  • uso também o mesmo esquema para que possa ter a mochila arrumada e não se esquecer dos materiais em casa (ou na escola) que é o que tem acontecido ultimamente
  • também fiz o nosso quadro da disposição - é um quadro que faz pensar na maneira como nos sentimos e como fazemos sentir os outros - tem uns bonequinhos desenhados com diferentes expressões (triste, zangado, contente...) e podemos lá marcar a nossa disposição do momento, sabendo que os outros também vão mudar a sua própria disposição - digo ao Quico: se estás com birra e cara de zangado como fica a mamã? - assim também os obrigo a pensar e a exprimir o que querem por meios menos violentos...

Também resolvi começar a próxima semana com as experiências sobre a tal responsabilidade em relação à gestão do seu próprio dinheiro. Vou dar ao Rafa uma semanada (pois acho que será mais fácil) e traçar um objectivo concreto - poupar para conseguir comprar algo que queira.

 

E como nem de propósito esta menina Cristina a quem agradeço pelo carinho ofereceu-me um selinho que vem a calhar! E como já contemplei algumas das mulheres mais resolvidas da blogosfera aqui há uns tempos - altero um pouco as regras para deixar o selo às novas mulheres resolvidas que me visitam!

 

 

 

 

 

Boas resoluções de fds! e não esqueçam de levar o selinho e o fazer circular

sinto-me: resolvida!
tags: , ,
postado energia-a-mais às 11:07

Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

 

que marcam a rotina cá de casa e me deixam à beira de um ataque

 

 

  • o Quico anda como se estivesse ligado à corrente
  • acorda com a genica e a birra de quem parece não ter dormido
  • bate em todos e atira com tudo pelo ar
  • suja-se propositadamente
  • não come uma refeição
  • resiste ao infantário com unhas e dentes - mesmo!
  • o final do dia é do mais caótico de tanta asneira que faz
  • resiste ao sono com unhas e dentes - mesmo!

 

  • o Rafa continua a não aceitar vários tipos de roupa e não vestir roupa interior
  • desfaz todos os lápis que lhe compro pois está constantemente a apará-los (a prof já me disse que na escola faz o mesmo)
  • põe o som da tv o mais alto possível
  • tapa os ouvidos (sempre) quando alguém raspa com um talher no prato
  • come (quase sempre) com as mãos - já esteve melhor, agora tem andado mais difícil de controlar esta «mania»
  • resiste a calçado novo (as sapatilhas que usa estão furadas de tão gastas)

 

  • os dois juntos fazem birras impensáveis
  • batem um ao outro com vontade de magoar
  • chamam nomes feios um ao outro sem terem de todo a consciência do que chamam
  • choram muito sem lágrimas
  • são cúmplices no que diz respeito a evitar a hora de dormir
  • chamam por mim a cada segundo ao mesmo tempo

 

 

sinto-me: a alucinar
postado energia-a-mais às 08:19

Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

 

eis um assunto que gostaria de partilhar aqui

 

tem sido crescente o desafio lançado por vários especialistas, que eu subcrevo por concordar inteiramente, de transmitir aos meus filhos (principalmente ao Rafa) a necessidade de saber gerir o dinheiro - dar a conhecer o seu valor e incentivar a poupança!

 

tenho tentado explicar-lhe já há algum tempo como é importante atribuir responsabilidade e perceber que tudo o que nos faz falta em termos de bens essenciais e outros, custa dinheiro - tem de ser adquirido, tem de se gerir o dinheiro para que nada nos falte!

 

Mas a verdade é que tenho constatado que este é mais um daqueles «berbicachos» para pais de crianças com hiperactividade..

 

Fazem ideia de como é complicado explicar a uma criança destas que temos de planear o amanhã - é que para eles só existe o já!!!

 

Antes de postar como lhe tento transmitir isto do dinheiro e da poupança, gostava de saber como fazem voçês que têm filhotes em idade de mesada/semanada - concordam, dão liberdade, gerem voçês? contem e sugiram tá?

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me: a tentar planear!
postado energia-a-mais às 11:26

Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

 

 

Já me diseram isto algumas vezes em relação ao Rafa...

 

é uma daquelas frases que saem da boca de pessoas que ficam «pasmadas» a olhar quando na rua (ou num sítio público) o meu filho tem daqueles comportamentos difíceis de ignorar...

 

Esta saiu de uma senhora que se encontrava na paragem do autocarro, depois de ver o Rafa histérico pela rua - dando pinotes, guinchando como um macaco (memórias do fds!) e batendo com a mochila em tudo e todos que apareciam por perto!

 

Eu ignorei o mais que pude...mas a mulher deu-se ao trabalho de se colocar à minha frente para me dar o «recado»

disse-me que ele estava possuído...eu teria de o levar a uma bruxa...

 

Claro que um pouco mais à frente, num sítio mais resguardado, tal como faço muitas e muitas vezes, eu olhei o meu filho nos olhos e em voz baixa mas firme, expliquei-lhe porque estava zangada com ele e como o seu comportamento estava desadequado. E apesar de estar na fase mais complicada do dia (quando a medicação perde o seu efeito!) ele aceitou e fez o resto do percurso a meu lado, falando normalmente do seu dia de escola

 

Isto depois de eu ver uma cena em que uma bruxa (das que estão disfarçadas de mulheres normais) espeta um valente estoiro num miúdo (presumo que neto...) porque este se lembrou de lhe dar um abraço mais apertado - a bofetada foi tão estridente que o miúdo caiu e ali ficou, soluçando e sentadinho sem se mexer ao lado da tal do recado

 

Curioso é que hoje mesmo me deparei com um «daqueles» comentários aqui no blog...e mais uma vez vez constatei quão difícil é aceitar as diferenças. Será que educar à palmada a troco de nada, é a única alternativa? Apenas porque num fim de dia a um adulto tudo é permitido e à criança não se reconheçe o desgaste e o cansaço? Isso é educar?

 

Serei eu então a bruxa - o Rafa está bem educado e tem hiperactividade

 

 

sinto-me: confusa!
postado energia-a-mais às 23:55

 

Cidade da Maia - Sábado, 17 Outubro

 

Epicentro - Jardim Zoológico

Réplicas - sentidas no Parque Central da Maia, junto ao shopping

 

Motivo - passagem pela zona de duas autênticas forças da Natureza!

 

 

Já na noite anterior se tinha notado muita turbulência um pouco mais a sul - foi uma noite agitada e de pouco sono! era de prever que um terramoto seguisse para aquela zona...

 

Os dois estavam numa excitação enorme para visitarem o zoo! deixei que o pai tomasse a iniciativa de lhes contar pois queriamos sair cedo e se o Rafa não soubesse tinhamos por certo uma loooonga demora até se acalmar o suficiente para se vestir e preparar para sair!

O Quico fica também hiper excitado, é difícil conseguir que tenha um ambiente sossegado...

Assim, estiveram até cair para o lado o que aconteceu perta da uma e meia da noite...mesmo assim estavam a pé por volta das sete e trinta o que nos deu tempo para sair de casa eram 10h. Tentamos fazer uma viagem calma mas claro que tivemos de fazer frente a várias peripécias...

 

Sempre que é o pai a conduzir, os nervos saltam ainda mais rápido! uma das suas batalhas são os cintos de segurança - coisa que é tão penosa de colocar que parece demorar séculos....como só arranca quando os dois estão presos, passamos cerca de 40 minutos desta vez até a primeira «arrancada».

No entanto assim que se apanharam a circular, rapidamente se libertaram dos cintos - por isso paramos novamente e demoramos mais 20 minutos

Nova «arrancada» - circular mais 15 e parar mais 20...lol! Foi uma viagem de pára-arranca (literal) e quando chegamos cerca das 11h45 os dois.....estavam sem cinto....um na parte que dá acesso à bagageira e o outro entre os bancos...

Foi por certo numa dessas vezes em que paramos e eu peremptoriamente saí do carro, dizendo que só entrava novamente quando estivessem sentados direitos que da minha bolsa deve ter saltado o meu telemóvel...um dos primeiros «incidentes» do terramoto foi o seu desaparecimento!

 

Entramos no zoo e logo o comportamento animal se alterou - e estou mesmo a falar dos animais. Os macacos saltavam, os pássaros entraram em grande algazarra e na jaula dos felinos estava tudo em pé de guerra...isso só prova que o instinto animal é apuradíssimo - eles sabem quando algo está para acontecer!

 

Felizmente não havia muita gente a passear no zoo...talvez por já ser Outubro, a lojinha já está fechada, o comboio não circula (o que provocou um ataque de fúria aos dois visitantes turbulentos!) e mesmo no bar não devem estar à espera de atender turistas em época baixa pois demoraram quase 45 minutos para nos dar de comer...ora isso foi do mais complicado do dia - fazer com que os dois impacientes  parassem de perguntar a cada 5 segundos «então???» e tentassem a todo o custo apressar os empregados...

Como circulam em passo de ciclone, deram duas voltas ao zoo enquanto esperavam (era impossível ficar nas cadeiras da esplanada) chegando com novidades impressionantes como «mãe a zebra fez um grande cocó» ou «a boca do hipopótamo é nojenta» e ainda «os macacos estão a tirar os piolhos uns aos outros»

 

Depois de verem o reptilário duas vezes e das duas vezes terem feito exactamente o que não deviam - bater com as mãos nos vidros e gritarem alto para assustarem os pobres dos bichos - por mais que os tentássemos parar só conseguimos minimizar e não eliminar as asneirolas - o Rafa impancientou-se de vez e quis vir embora...

Ainda os tentamos entreter no parque infantil mas foi inútil! Já se engalfinhavam tanto, faziam tantas piruetas, subiam os escorregas «ao contrário» e faziam tanto barulho que nós, pais embaraçados e pouco babados, resolvemos assentar noutras paragens...

 

O Rafa queria um parque para jogar a bola e o porteiro do zoo indicou um, perto do shopping Central. É bonito, moderno, com equipamentos novos e bem ao geito dos meus endiabrados garotos! Eles lançaram-se com entusiasmo para os escorregas com desníveis e ferros para deslizar, com cordas para testar a resistência e cavalinhos...o Quico delirou a fazer de macaco - o pior é que lhe falhou a mão numa das «viagens» entre cordas e apanhou um valente trambolhão...como amorteceu o impacto com as mãos acabou por não ser grave - mas não se livrou de muito sangue (bateu com o nariz e trincou os lábios) e de ficar com o narizinho arranhado e pisado...

 

Embora combalido o meu furacãozinho ainda fez das suas pois para se vingar do seu descuido tentou arruinar as brincadeiras dos outros miúdos...claro que estivemos sempre atentos e prontos a entrar em acção, não permitindo nada de exageradamente «estúpido»...

 

O Rafa ainda fez o tal joguinho com uns miúdos que por lá andavam e viemos embora a tempo de ver o nosso benfica jogar...

 

Foi uma experiência à nossa maneira - como de costume podia ser bem mais tranquilo mas já sabemos que as condições cá em casa são mais propícias a altas pressões do que a ambientes temperados....

 

No entanto a Maia sobreviveu    nenhum animal sofreu danos e tirando o narizinho do Quico, as sapatilhas do Rafa que ficaram inutilizadas e o meu telemóvel desaparecido, este foi um sábado agradável!

 

Domingo o papá saiu logo de manhã e nós passamos o dia entre casa e parque a jogar com bolas, brincar com dinossauros e trepar às árvores mais acessíveis!

 

 

 

 

sinto-me: viva e de regresso
tags: , , ,
postado energia-a-mais às 07:30

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

 

que temos cá o papá vamos andar pelo www.zoodamaia.pt

 

 

 

desejem boa sorte aos animaizinhos    tá?

 

sinto-me: Em fds!
tags: , ,
postado energia-a-mais às 22:45

mais sobre mim
que querem saber?
 
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
17

18
20
24

27
29
31


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro