A Hiperactividade vista à lupa

Terça-feira, 14 de Agosto de 2012

 

alucinantes...assim se vai passando o mês de agosto cá por casa!


Também com um filho diagnosticado com PHDA e outro que leva todas as caraterísticas, qualquer semelhança com a realidade (dos outros) é pura ficção!

 

 

 

 imagem tirada da net

 

 

 

Embora habituada a viver a mil, os dias de férias são para mim uma tortura. São longos, cansativos e super agitados. Demais!! As manhãs despertam cedo e terrivelmente implicativas - para dar um exemplo:

 

6h45 - o Rafa salta da cama e acorda-me, seguindo logo a acordar o mano...disputam de imediato um lugar no PC para ver quem joga primeiro...brigam para ver quem come os cereais primeiro e para ver quem chega o comando da TV primeiro...e depois seguem-se as tardes! loooongas...e cansativas, em que por mais incentivos que vá dando, as únicas coisas que fazem são brigar entre eles e chatear toda a gente...enfim! As horas que passo a separá-los e a tentar que façam alguma coisa, desgastam-me e deixam-me com pouco tempo para viver este período em família.

Finais de dia são para esquecer, cada vez o ritmo aumenta mais e não abranda antes da noite já bem entrada! embora a medicação do Rafa seja tomada por volta das 21h, o adormecer chega lá para a meia noite!

E as rotinas? é que nem querem saber de coisas tão básicas, como tomar banho (porquê mãe? eu nem vou para a escola...) vestirem-se ou deixarem o ar de selvagens em fúria....para o Quico comer é algo que impede saltos e brincadeiras (nem que seja por um segundo) e portanto prescinde disso...

 

De vez em quando atrevo-me a mudar o palco de tanta agitação. E assim, em vez de ficar-mos por casa, lá nos aventuramos numa praia, numa piscina, parque ou qualquer outro sítio que tenha espaço para correrem e sobretudo água para se banharem! aliás, na água conseguem parecer «quase normais» não fosse o entra e sai constante - tipo: mergulho, areia, toalha, areia, mergulho ininterruptamente por mais de 4 horas....e os desatinos com que brindam quem está com eles ou quem fica de mirone....

 

o linguajar anda do melhor! os meus filhos decididamente estão-se a «marimbar» para códigos e acordos ortográficos. Entre eles e deles para nós (e para outros) prevalece o mais puro e duro calão. Mas do norte, claro! que nisso eles são menifestamente defensores da «língua materna». O Quico usa todos os palavrões sem demonstrar réstia de pudor...o Rafa nem pestaneja. Eu antes corava....agora - tapo os ouvidos (o que não ouço não me atinge!)

 

 

e pronto - querido mês de agosto, vê lá se chegas rápido ao fim, sim?



postado energia-a-mais às 09:03

De C. a 14 de Agosto de 2012 às 15:22
Xiiii , lol ! Vá tu aguentas ;).
Boas férias.

De luadoceu a 14 de Agosto de 2012 às 18:56
amiga
eu quero ler tudo ate ao fim,mas c tudo a fazer em casa não da
mas não me esqueço de ti
és uma grande mulher, mãe, esposa e filha,alem de amiga e tens uns filhos lindos
mai nada....
boa semana e boas ferias na medida do possivel

De Dadinha a 16 de Agosto de 2012 às 14:39
De mãe para mãe: eu que tenho dias em que fico fera, depois deste post sinto-me envergonhada.
Para ti e por ti, até peço que o mês de Agosto passe depressa ;)

Anda por ai tanta gente que se acha heroina por ter muitos trabalhos ao mesmo tempo, muitos filhos, uma agenda cheia e preocupações: como e onde ir passar férias, o peso, o que vestir, a nova cor do cabelo, onde guardar os novos sapatos, ...irraaaaaaaaaaaaaaaaaaa. Este mundo anda mesmo do avesso e não é a crise!

Medalha de ouro para ti! Força.
Beijinho grande

De mil sorrisos a 22 de Agosto de 2012 às 13:41
Está quase... coragem... força... ânimo... (nem sei que mais te diga!)
beijos e mil sorrisos
:o)

De Diana a 25 de Agosto de 2012 às 18:48
Olá Teresa!

A minha vida tem sido tão agitada que nem tempo tenho para vir aqui lêr as suas aventuras com os seus lindos filhotes!!!
O meu A. também está de férias e não sei o que fazer para o "segurar" em casa!
Fez 12 anos e aproveita que eu estou a trabalhar para se esgueirar para a rua o dia todo...
Vivo perto do jardim, por isso ele faz kilómetros para lá todo o dia.
Não faria mal nenhum se não fossem as queixas constantes das pessoas, pois ele é "viciado" no mundo animal, especialmente em aves!
Leva o tempo todo a procurar ninhos de pássaros, apanhar os pombos do jardim e depois trás tudo para casa e coloca em gaiolas na varanda!
Quando ralham com ele, responde...
Resumindo: aqui na rua estão sempre a bater-me à porta a fazer queixas dele...
A verdade é que ele não faz mal a ninguém, adora jogar à bola, mas os vizinhos queixam-se que a bola suja as paredes e amolga os carros...
Chegaram ao ponto de nem o quererem à porta, pois faz muito barulho e quando ralham com ele, responde!
Esta semana fiquei aborrecida com o facto de ele me dizer que uma vizinha nossa não deixa os miúdos brincarem na rua com ele...os miudos disseram-lhe e ele veio para casa chorar...
Eu fiquei triste também, não sei o que fazer...está a tomar o Concerta de 18 mg, vai à psicologa semana sim, semana não e cada vez o noto pior, mais inquieto, mais nervoso e sempre a responder!

Custa-me que as pessoas não gostem dele e ele sofre com isso, custa-me vê-lo sofrer... cada vez tem mais crises de sonambulismo...

Resumindo: Não sei o que fazer!!!

Estou cansada...não sei o que fazer para ele parecer um miúdo "normal", a verdade é que eu já me habituei a esta forma de ele ser e aceito-o tal como é, mas o problema são os outros...não o aceitam, até aqui na rua onde ele nasceu, que o conhecem desde pequeno já o julgam e aconselham os pais de outras crianças a não os deixarem brincar com o meu filho!

Que faço Teresa?
Ele está a sofrer e eu também...

Bjinhux

De energia-a-mais a 28 de Agosto de 2012 às 11:37
Olá Diana!
pois é, as férias podem ser um tormento para nós e para os nossos miúdos cuja energia nunca se esgota...olha não sei se é um bom conselho, é apenas a minha opinião e o «modelo» que sigo pessoalmente - o Rafa também está sempre a ser observado e chamado à atenção pelo pessoal da vizinhança, eu antes passava grande parte do tempo a «desculpar-me» e a ele pelas coisas consideradas impróprias, como a gritaria que faz quando entra ou sai de casa, a correria, o bater com toda a força as portas, as crises de histerismo que se ouvem por todo o prédio, a linguagem, etc...Mas agora nem faço caso, olho para as pessoas sem sentimento de culpa, sei que ele é assim porque não pode ser de outro modo. É a sociedade que tem de integrar estas crianças e não o contrário. O preconceito existe e o apontar o dedo, fazer juízos de valor, julgar pelas aparências fazem parte do dia a dia. Mas quando tenho de confrontar alguém, faço-o de consciência tranquila e já disse a uma mãe que se ela perdesse tanto tempo a educar a filha dela como eu passo com o meu, o Rafa nem teria de fazer medicação, porque a sociedade saberia como lidar com ele. A educação dos ditos «normais» é que faz com que eu tenha de medicar o meu filho para ele estar numa escola ou comportar-se como é suposto.
E ainda ontem os meus entraram no elevador em grande estrondo e bateram com os pés na porta, uma vizinha que estava de saída ficou parada com olhar horrorizado e eu disse-lhe «pois, como não tem filhos nem sequer vai entender, boa tarde!» e fui-me embora com eles, sem mais explicação. Acho que tudo passa pela mudança de mentalidade.
Tem calma, tenta tirar proveito das coisa boas que ele faz, ensina-o a respeitar os outros com exemplos e não com teoria.
Não sei se ajudei ou não mas pronto, deixo-te um grande abraço e muita força! Já agora, acho o concerta 18mg para a idade do teu A. uma dose baixa mas isso deve ser visto pelo medico claro...

Beijos

Teresa


mais sobre mim
que querem saber?
 
Agosto 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
17
18

19
20
22
23
25

26
27
28
30
31


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09

blogs SAPO


Universidade de Aveiro