A Hiperactividade vista à lupa

Segunda-feira, 02 de Fevereiro de 2015

 

Inspirada pela leitura dum artigo de opinião que li aqui e dos comentários que me enviaram pelo facebook, decidi que este fim de semana iria pertencer ao grupo de pais que decidem simplesmente «não fazer nada o dia todo» a ver se os meus miúdos me seguiam o exemplo...

 

Ora acontece que demorei pouco tempo a constatar de que nada me serviu ser «lesma», a única coisa que consegui foi pôr a roupa um monte mais acima, ter as casas de banho menos limpas e a cozinha com mais louça suja do que o habitual...Os miúdos pouco copiaram de mim, a não ser quando vieram saltar para cima da cama para me fazerem companhia!

Acabei por optar por uma solução mais estratégica e fazer o que realmente deve ser feito quando temos em casa miúdos com hiperatividade - orientar os exercícios e usar técnicas adequadas para que as brincadeiras não descarrilem 

 

 

E aqui ficam algumas dicas sérias para quem as queira pôr em prática (quem quiser pode entrar em contato para ir a uma sessão do núcleo de apoio a pais em são joão da madeira, onde damos exemplos de atividades e jogos para serem postos em prática em casa ou na escola)

 

Exercícios para desenvolver as capacidades físicas condicionais

  • Força
  • Rapidez
  • Resistência

Exercícios para desenvolver as capacidades físicas coordenativas

  • Equilibrio
  • Coordenação
  • Ritmo
  • Orientação espacial

Exercícios para o desenvolvimento da motricidade fina

Exercícios Respiratórios

Exercícios para desenvolver a capacidade de concentração e atenção

Exercícios de relaxamento

Exercícios de agilidade mental

 

E não se preocupem que este aparente «excesso» de exercícios são conduzidos para que a criança «treine» sem sequer se aperceber, tornando-se por isso colaborativa e fazendo destes momentos boas experiências em família! Além de não se cansarem, estas crianças necessitam de atividades estruturadas, detestam a confusão e facilmente entram em rutura quando lhes gritamos uma ordem do tipo «não corras mais à volta da mesa!!!». Portanto, junte-se a eles porque a hiperatividade não se pega e não é por você não se mexer que ela desaparece dos miúdos, garanto!

 

 

postado energia-a-mais às 13:21

Quinta-feira, 07 de Novembro de 2013

 

são sempre encorajadas cá em casa...o que por vezes leva a coisas destas

 

 

O Quico chegou da escola com a energia habitual e teve a bela ideia de ir «trabalhar» porque «não pode ser a mãe a fazer sempre tudo, ela é mulher, ora não pode fazer tudo não é?»

 

Portanto decidido a fazer uma coisa de «homens» (onde vai o rapaz buscar estas ideias?!) resolveu desencravar uma gaveta da cozinha que teimava em não abrir. Foi buscar a caixa das ferramentas e munido de martelos e alicates lá se pôs de joelhos a trabalhar afoitamente. Nada o demoveu da sua bela ideia e dali a pouco tinha tirado vários parafusos não sei bem de onde, a gaveta lá se abriu e deliciado ele acabou por desmantelar todo o armário...em pouco mais de 5 minutos claro!

 

como a coisa lhe pareceu ter corrido bem, quis ir também verificar a canalização das casas de banho porque os senhores «arranjadores» são mesmo assim, trabalham muito e compõem toda a casa....

 

enquanto tentava eu dar um jeito na cozinha, já havia montanhas de coisas fora de sítio dos armários das casas de banho, muitas ideias de «arranjar» também as luzes de cada divisão e até equipamentos eletrónicos! foi um corropio ao fim do dia, sem dúvida animadíssimo!

 

 

postado energia-a-mais às 12:12

Sexta-feira, 01 de Novembro de 2013

 

 

 

 

criamos o cenário

 

 

 

 

 

 

 

pusemos a mesa

 

 

 

e servimos o repasto

 

 

 

à mistura com muita doçura

 

 

 

 

Durante a noite houve muita loucura, o Quico vestiu e despiu o seu fato de esqueleto umas 7 vezes (as que consegui contar) mas sempre sem se deixar apanhar pela máquina fotográfica. Divertiu-se à brava no meio das gomas e cup cakes e a pregar partidas com as suas amigas aranhas!

Para o Rafa o cúmulo do horror foi ter-se lembrado que iria ter teste de português logo pela manhã, coisa que nem ao diabo se desejaria!

 

postado energia-a-mais às 10:16

Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2013

 

 

não escapamos à chuva e vento fortes deste fim de semana, motivos para mais umas quantas pinceladas de imaginação

 

 

O Quico não foi à rua. Parecia um daqueles cachorrinhos a correr pela casa, cheio de energia mas com espaço limitado. Embora haja muito espaço dentro de casa, acaba por se tornar reduzido quando se passam dois dias sem por o pé fora de portas. 

O Quico passou o tempo a inventar para se distrair. Primeiro inventou uma casa só sua que construiu na sala e à qual só tinhamos acesso depois de ultrapassar um complicado esquema de segurança que incluia passar por baixo de fios estrategicamente colocados na porta, debitar um código que só ele conhecia e outros rigorosos alarmes sonoros.

Decorou essa casa com vários objetos entre alguns brinquedos, livros, almofadas e mantas. Depois fez do sofá a sua piscina interior (porque nas casas dos chiques as piscinas são assim) e fez saltos mirabolantes a par de muita atividade física.

O Quico inventou depois que iria assaltar um banco. Queria ser rápido mas entretanto achou melhor almoçar primeiro. Claro que investiu muito na preparação do plano. Números e letras eram o código secreto que ele foi escrevinhando numa folha para depois utilizar na abertura do cofre. 

Discutiu os pormenores comigo enquanto faziamos panquecas para um pequeno almoço tardio no domingo. Achou que poderia assaltar o banco mais perto de casa porque assim não andava à chuva - temos um banco na entrada ao lado...

Depois de umas belas panquecas com chocolate, fruta e compota, decidiu fazer exercicio para treinar a fuga, assim que terminasse o assalto. Equipou-se a rigor, todo de negro, casaco com capuz, luvas e foi abrir a janela da varanda para verificar de que lado soprava o vento. Achou que soprava de todos os lados o que não tornava fácil trepar pela parede na fuga...resolveu então recolher água da chuva para depois fazer uma experiência....

 

Entretanto o Rafa deixou o PC e os dois engalfinharam-se numa luta. O Quico aproveitou para expor o seu plano ao irmão. Ele revelou-se um aliado improvável. Explicou-lhe que poderia utilizar um carro movido a nitro para escapar em velocidade. E voltou ao PC...e o Quico ficou a pensar no nitro e nos carros fazendo varias experiências que resultaram em enorme bagunça com carrinhos e água à mistura!

Ainda tivemos a companhia dos avós e fizemos bombons caseiros com sabor a cereja. As brincadeiras continuaram em ritmo alucinante, reconfortadas com um lanche delicioso e muita acrobacia do mais novo. O Quico abandonou a ideia de assaltar o banco porque achou que seria melhor e menos arriscado pedir uma ajudinha a Jesus para ganhar o euromilhões - ou isso, ou pedir que chegue depressa o verão, porque assim poderia ir até à piscina dos escorregas

 

Quando chegou a hora de deitar a conversa hoje foi sobre disfarces de carnaval. Depois de o Rafa ter apresentado um papel da escola para os alunos se inscreverem na festa de carnaval, ao que implorou que eu «não autorizasse» pois detesta cortejos carnavalescos e fantasias, o Quico resolveu imaginar o melhor disfarce para si...ainda teve de pensar um bom bocado mas de repente atirou um «já sei - vou de pila!»

 

Terei motivos para me preocupar ou será apenas imaginação? ou talvez o mau tempo tenha algo a ver com isto....

 

postado energia-a-mais às 09:13

Domingo, 06 de Janeiro de 2013

 

 

completamente cheios de energia, prontos para um ciclo de fazer tremer qualquer família mais desprevenida, ou qualquer sala de aula menos esclarecida

 

os meus putos já fizeram o «up load» de ano novo, que é como quem diz, já estão ao seu mais alto nível energético, depois de terem «carregado» megabytes de adrenalina - uma maravilha!

 

Aqui não existe tédio, nop! desde ter de apanhar um Quico que acha que consegue voar, a impedir que o Rafa faça picadinho do mano mais novo, e outras mirabolantes cenas que não me deixam tempo nem para respirar...

 

mas depois de uma alucinante «variação» sobre o tema dos três Reis Magos, cujos viagem foi recriada - com particular atenção à travessia do deserto atrás da estrela guia, a árvore de natal foi desmanchada (melhor - trucidada em alta velocidade) com a ajuda do avô e limparam-se os últimos vestígios dos festejos de fim de ano

 

(na verdade parece mais que a casa foi varrida por um tornado, do que limpa por mãos humanas mas estou demasiado cansada para me importar com os destroços)

 

 imagem da net

 

 

 

Só mesmo uma fatia do bolo que tem o nome de Rei mais uma chávena de chá a ver se aprecio nem que seja por uns minutos a época que agora termina....

 

 

 

postado energia-a-mais às 23:16

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2012

 

 

dos poucos sítios em que os meus putos se aguentam sem «triparem» demasiado, é por entre a bicharada {#emotions_dlg.lol}

 

De tal modo que posso dizer que já percorremos uma grande parte dos locais a Norte do país, onde é possível ver bichos & companhia...alguns deles ja visitamos mais do que uma vez, claro! é o caso do Zoo da Maia  (clique no link)

 

Da última vez que por lá passamos não ficamos com a melhor das impressões. O Zoo estava em fase de reestruturação, muitos dos animais não podiam ser visitados, achamos o local muito sujo e degradado, os miúdos viram tudo em menos de 20 minutos...Entretanto soubemos que o Zoo sofreu obras, recebeu novos animais e prometia novidades, por isso arriscamos e foi por lá que andamos no passado domingo

 

 

 

 

 

francamente está melhor, mais cuidado e mais aprazível

 

 

os novos felinos fizeram as delícias do Quico

 

 

 

 

 

 

o «reptilário» está bastante melhor agora e é o local dos animais preferidos do Rafa

 

 

 

 

o show do «nico», único leão marinho do Zoo foi bastante animado

 

 

 existe um espaço para brincadeiras extra

 

 

e no geral posso dizer que gostamos mais desta vez! Para quem aprecia o género animal, este é um sítio onde pode passar uma tarde agradável agora que estamos a chegar ao final das férias de verão, numa região que merece ser visitada e que apresenta cada vez mais diversidade

 

postado energia-a-mais às 09:10

Sexta-feira, 03 de Agosto de 2012

 

a imaginação!



Para muitos adultos as férias são o pretexto para se «agarrarem» ao livro que querem mesmo ler...para as crianças é quase sempre o contrário - férias são sinónimo de «deixar os livros para trás das costas». Mas é possível fazer do prazer da leitura uma diversão até para as crianças. Mesmo as que sofrem de PHDA lol!

 

O segredo? a história não pode ser longa, tem de ser divertida, despertar a imaginação e levar à ação! E quem diria que um livro de poesia (para crianças) pode condensar todos estes atributos?

 

Eu já conhecia o autor ALMA LUSITANA (clique no link) pseudónimo de um conterrâneo, cuja obra me foi apresentada pela sua maninha (uma das minhas grandes amigas) a Sandra! desta vez ela levou-me a conhecer esta delícia, editada recentemente pela CHIADO EDITORA (clique no link)

 

 

 


através de maravilhosos personagens conta-se uma história com o tamanho/tempo certo, cheia de diversão (a poesia brinca com as palavras) e que puxa pela imaginação! e como o cenário é uma Cozinha Encantada, logo nos leva à ação! O que acontece numa cozinha? Magia é a resposta!

 

Ora lá fomos inspirados para a cozinha e depois da leitura fizemos uma bela sopa fria, receita da minha infância (que é mais uma espécie de sobremesa) com arroz e banana - um outro prazer que nos refresca o verão!

 

Cá vai a receita:

 

250 gr de arroz (preferência carolino)

100 gr de açúcar (ou mel)

4 iogurtes naturais

 

Coloque o arroz a cozer em líquido suficiente na proporção de duas partes de água para uma de leite. O arroz deve ficar bem cozidinho (vá acrescentando líquido se necessário) mas sequinho. Enquanto ferve deve ir mexendo e juntar o açúcar.

Depois de pronto, retire do lume e deixe arrefecer um pouco. Junte então os iogurtes, mexendo bem, divida por taças e coloque no frigorífico, aguarde pelo menos 4 horas antes de servir.

Na hora de levar à mesa, parta umas rodelas de banana e disponha por cima enfeitando cada tacinha.

 

É uma receita que as crianças podem preparar e que para além de nutritiva é fresca pelo que pode srvir de refeição ligeira após um dia de brincadeiras!

 

 BOAS LEITURAS E BOM PROVEITO!

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 09:05

Segunda-feira, 14 de Maio de 2012

 

 

que separa a ficção da realidade....

 

só que cá em casa, ela está muito esbatida {#emotions_dlg.lol}

 

 

 

 

a bisa, vestida pelo Quico

 

 

 

o Quico vestido pela bisa

 

os miúdos divertiram-se à brava e ela também 

 

e quando a coisa corria mal, havia sempre maneira de expressar a posição, mesmo que fosse do contra, tal como quis mostrar o Quico com esta viragem de todos os objetos para a parede

 

 

 

apesar do calor, ou por causa dele, ficamos por casa este fim de semana, o Rafa a recuperar da tosse que o tem incomodado, o Quico a ser o único que andou fora de portas, no sábado para o aniversário de uma amiguinha da pré, cujo prato forte foram os saltos em insufláveis e corridas por entre escorregas - única condição para ficar sozinho na festinha «não quero comer bolo da S. mamã»

 

De resto a correria mantém-se por estes lados, como não poderia deixar de ser! cá vem mais uma enérgica semana (e se eles voltarem a adormecer perto das 24H, garanto que vou dormir para o carro...)

 

postado energia-a-mais às 13:18

Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

 

 

os miúdos nunca gostaram - este ano nem um pozinho deixaram colocar...não fossem as serpentinas, papelinhos e o terem ficado em casa nestes dias, teria passado o carnaval sem nada de diferente por comparação com os nossos dias típicos

 

os excessos? as loucuras? bem, esses fazem parte dos nossos dias tipicos!!

 

Quando passam mais dumas horas seguidas dentro de casa, uma destas coisas acontece:

 

  • trucidam-se antes que eu os consiga parar
  • rebentam com tudo o que existe em casa antes de me vir alguma ideia luminosa
  • inventam brincadeiras que ultrapassam os limites do razoável
  • colocam a minha sanidade mental em jogo
embora tente tirá-los de casa sempre que possivel, por vezes não o consigo fazer rapidamente...às vezes eles simplesmente não querem! sobretudo quando o Rafa decide comandar as «brincadeiras» e o mais novo entra no ritmo desenfreado!
Portanto e já que nem os festejos carnavalescos os fizeram sair para a rua, só tive de me adaptar. Acabo invariavelmente por tentar tirar o melhor partido da situação e o meu principal objectivo é sempre o de ser eu a ficar com as rédeas na mão (ou isso ou fugir de casa a sete pés...)
Assim  - ponto 1
mesmo que não queiram é Carnaval e o que se faz no carnaval? solta-se a imaginação! fizemos o nosso baile de máscaras mas sem as máscaras. Foi genial! com a cara a descoberto imitamo-nos uns aos outros - o Quico fez-nos chorar a rir com a imitação de cara de pai e cara de avô! e o Rafa imitou-me na perfeição quando faço (nas palavras dele) cara de betinha...eu?? betinha??? dhaaaa «sim mamã, quando fazes aquela cara de adulta, tás a ver? para falares com outros pais ou nas entevistas...» boa!
Ao som da música e (tentativa) da coreografia de Michel Teló mas na versão do Quico «começa!!! moça ai, ai, assim voçê remata...ai se te pego» muito à frente! um baile super animado  com direito ao lançamento dos tais papelinhos mas em zona circunscrita...
ponto 2
outra das loucuras teve mais a ver com a mesa tradicional desta época - o Quico achou o nome de «Domingo Gordo» super fixe! pelo menos até perceber que isso estava relacionado com as carnes do belo cozido à portuguesa (e que bem que o avô o prepara!) e quando viu as travessas cheias e tanto para comer quis logo mudar o nome do domingo assim para um «domingo lasanha», ou «domingo de batata frita». Mas para o Rafa foi um fartote - adorou experimentar a típica couve e os enchidos de sabor acentuado! e quando lhe dei permissão para comer gelado no fim da refeição, ele delirou!
E se ainda a lembrança do cozido estava presente, já a feijoada de Terça de Carnaval fazia as delícias dos dois (e dos outros claro!). Se há coisa que ambos disputam é feijão - mesmo!
Dos doces então - um esmero! as sopas secas e a aletria da avó são super apreciadas. O meu bolo de carnaval nunca poderia faltar. Ou seja, estes três dias serviram para prevaricar - porque afinal como lhes tentei explicar - a vida são dois dias!!! (o Rafa é que não ficou nada convencido da validade desta teoria...)
 
o bolo feito com a ajuda deles e decorado pelo Rafa
com o rapa tigela Quico a dar a ajuda final
 
ponto 3
as brincadeiras variaram entre a total desarrumação da sala improvisadamente transformada em tenda gigante de dois espiões das forças especiais...o revirar dos armários do quarto deles em busca de uma máscara da qual subitamente o Rafa se recordou ao ver o título de um filme que passou na TV na tarde de terça e claro, as repentinas e intempestivas idas ao parque frente a casa. Aqui, orgulhosamente sós os miúdos deram um toque carnavalesco à pacata zona onde vivemos, num dia em que os serviços municipais estavam abertos mas sem utentes e as lojas e empresas privadas quase todas optaram por fechar portas - ou seja, nada de relevo ou sequer remotamente semelhante ao carnaval passou por cá...e não fossem os despojos de papel deixados pelo Quico, os senhores da recolha de lixo nem teriam qualquer lembrança da data....
e pronto, com ritmo de samba no pé para terminar em grande os nossos festejos caseiros, passou-se mais uma quadra, para mim com o habitual esforço de manter alguma ordem mas desta vez mais à vontade pois sendo Carnaval ninguém tem que levar a mal!
postado energia-a-mais às 09:08

Segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2012

 

castigo para o mais velho

 

 

 

 

brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir! brincar não é destruir!

 

humpff! pode ser que resulte...

 

como podem calcular as brincadeiras dos meus rapazes neste fim de semana foram lindas....vou ali recuperar e já volto {#emotions_dlg.annoyed}

 


postado energia-a-mais às 12:08

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09

blogs SAPO


Universidade de Aveiro