A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 20 de Novembro de 2013

 

mete-me imensa confusão...na verdade esqueçamos o políticamente correto, isto mete-me é nojo!

 

 

Jornal de Notícias 

 

 

 

gostava de ver os portugueses unidos em torno de um símbolo, de um país, não de um homem! seja ele quem for, não passa de um homem! e já vimos que esse que hoje «endeusam» já falhou muitas vezes, como é normal aliás, exatamente porque é um ser humano. Tem falhas, erros e muitos dias maus, como qualquer um de nós. 

 

Quando se trata de levar o nome de um país, seja para que tipo de representação for, quando falamos de Seleção, não podemos reduzir toda uma equipa a um único representante. A única maneira de uma equipa ser reconhecida como tal é existir como conjunto e não como soma de individualidades - mas talvez o futebol seja diferente, sei lá eu! afinal parece que o povo está reconhecido a um único jogador e basta! são ideias...

 

Eu cá tenho a minha! e continuo a achar que Portugal é muito mais do que Ronaldo! e já agora, lembrem-se que das últimas vezes que alguém se recusou a «endeusar» um jogador em detrimento da Seleção (por acaso o homem nem é português) e nos fez ver Portugal como Nação, em torno de um símbolo - a bandeira nacional - Portugal conseguiu a melhor prestação de sempre numa competição tão importante a nível internacional!

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 10:24

Quinta-feira, 09 de Maio de 2013

 

 

para falar da «nuvem negra» que paira sobre o meu benfica

 

afinal parece que temos de nos resignar ao segundo lugar no campeonato, para além de já nos ter sido tirada a possibilidade de sermos campeões da liga europa e da taça de portugal

 

a acreditar no que se ouve por aí, de nada vai valer comparecer aos jogos que faltam e de nada valerá a exibição que se fizer...no Dragão, então nem sequer adiantará qualquer golo que se vier a marcar, afinal já perdemos o campeonato. Nisso ninguém tem dúvidas! muito menos Vítor Pereira, que já sabe que ganhou o campeonato e se comporta como vencedor.

 

(texto escrito segundo as regras da ironia - única arma que nos resta para lutar contra a estupidez que por aí grassa)

 

 

Jorge Jesus (foto ASF)

postado energia-a-mais às 12:05

Quinta-feira, 02 de Maio de 2013

 

 

QUE VENHA O CHELSEA!!!!

 

 

 

 

 

esta foi uma promessa aos meus filhotes que quiseram ver o benfica e vibraram com a vitória que trouxe a final

 

 

postado energia-a-mais às 22:03

Quinta-feira, 21 de Junho de 2012

 

 

e onde vamos?

 

pois que vamos ver as marchas de S. João, aqui na nossa cidade elas são um dos momentos mais esperados e que marca o arranque das Festas. As crianças são as protagonistas, as escolas participam com grande variedade de fatos, côr e muita folia! e poucos serão os que ficam em casa, quase todos os sanjoanenses vivem este acontecimento na rua.

 

Este ano, depois de vários anos anteriores a ameaçar, os meus miúdos decidiram não participar. Para mim confesso que estou desiludida e por mais que ache piada a assitir, a coisa não vai ser igual - desejo no entanto a maior sorte para as respectivas escolas. Porque não insisti como tenho feito até agora? porque achei que se não querem mesmo, após tantos incentivos meus, então mais vale este ano, fazerem como querem - talvez sintam falta, quando virem os amigos a desfilar...por outro lado a azáfama em que a minha vida está ultimamente nem me deu tréguas para me empenhar nas demonstrações de como pode ser divertido, coisa que em anos anteriores me obrigou a vários estratagemas como colocar música das marchas para ensaiar em casa, mostrar fotos do pai como marchante, enfim...até ao empurrão final, dava sempre uma enorme trabalheira!

 

 

 

ai as saudades que já tenho de os ver marchar!!! (fotos do ano passado)

 

vamos também fazer a estreia deste ano nos divertimentos (carrocéis e afins) da praxe! isto é para mim a pior parte mas é a única tradição em que os dois me empurram a mim e não o contrário! Os meus putos são do mais aventureiro e não há quem os assuste com histórias do que pode correr mal num desses engenhos malucos, muitos deles mais velhos que a terra...

Ainda por cima este ano, o mais novo insiste a toda a hora que vai querer andar nisto

 

 

 imagem tirada da net 

 


o chamado Kanguru, assim uma espécie de cadeiras com vontade própria que ora tanto estão a tocar as nuvens como descem vertiginosamente, saltando e fazendo saltar estômagos mais sensíveis - garanto que faz embrulhar tudo o que se tiver comido antes...

 

E vamos, claro, puxar pela selecção (até porque pelos vistos as marcham entram mais tarde por causa do jogo) pois é sempre um pretexto para ver Portugal com outros olhos!

 

 

imagem tirada da net

 

 


 

postado energia-a-mais às 09:16

Segunda-feira, 18 de Junho de 2012

 

em família para se aguentar coisas destas...

 

dia do aniversário do meu pai - de manhã uma correria para ultimar os preparativos, incluindo fazer dois bolinhos e ajudar com a sardinha e a bifana (isto porque o avô se encarregou depois de ser ele a comandar a acção). Como era dia de escola para os miúdos, tive de fazer a logística normal dos horários e ter ao mesmo tempo de olhar pelos extra, era imperativo ter uns miminhos para oferecer ao nosso «antónio».

Tudo pronto a tempo de ir buscar as crianças e assistir ao jogo com a Dinamarca. O jantar foi em casa dos avós para que a avó estivesse mais sossegada...só que o sossego ficou bem longe! mal os miúdos chegaram a coisa descambou com o Rafa histérico a gritar palavras desconexas (coisa a que já nos habituamos pois acontece sempre que está demasiado nervoso). Ouvir «cócó» e «chulé», gritado a plenos pulmões, com gritaria de fundo do Quico e muita correria dos dois, sem que se perca o fio condutor, requer muito treino...

Ao sinal de «mesa pronta» mais eles gritaram, cada qual querendo ser o primeiro a provar a sardinha assada e o Rafa em particular agarrado à bifana, tentando comer tudo ao mesmo tempo...e ter de os aturar aos berros a disputar a atenção dos adultos, é um esforço que obriga a muito treino...

Entretanto, os dois pegaram-se valentemente e por causa disso desencadeou-se mais uma crise do Rafa com direito a muita cena de perder a cebeça, só possível de aguentar graças a muito treino...

A calma tardava a aparecer, pelo que às tantas e já com a casa dos meus pais meio destruida, acabei por tirar dali os putos e regressar à nossa base. Claro que ainda tive de apanhar com as habituais altercações entre ambos, até ao final da noite, coisa que já treinei inúmeras vezes!

 

 

 

 

 

dia de festa na escola do Quico - o meu rapazinho mais novo teve o seu momento de glória na sexta feira ao final da tarde. Os meninos finalistas prepararam uma festa para que a família pudesse assistir à entrega dos diplomas de final do 1º ciclo e dos pequenos finalistas da pré. É um dia engraçado para quem completa um ciclo de escola e mesmo com algum nervosismo dos pequenos, tudo acaba por sair bem, em especial com a satisfação de conviverem uns com os outros.

O Quico termina este ano a pré, portanto também teve direito a diploma. Apesar da sua aversão a este tipo de eventos em que tem de se apresentar cantando ou dançando, lá conseguimos fazer com que participasse sem grandes «fitas». Mas garanto que acompanhar o ritmo deste miúdo, entretanto ambientado à festa e querendo ser dono do palco, exige treino total.

 

 

dia de cerimónia familiar - não é muito habitual ser-mos sequer convidados para este tipo de reuniões (até porque já sabem que temos muita dificuldade em fazer com que os miúdos se integrem e muitas vezes saíamos a correr) mas dado que se tratava do batismo de uma priminha da parte do papá, acabamos por ceder e aceitar o convite. O problema maior é explicar aos rapazes para onde vamos e o que se pode ou não fazer. Depois há que os convencer a vestirem e manterem essa roupa algum tempo sem a «estrafegar». Depois temos de preparar a viagem até ao local onde se realiza a cerimónia. Ou seja, mesmo antes de chegar-mos ao sítio já nós tivemos um treino intenso!

Assim que chegamos tivemos vários momentos «inspirados» como por exemplo quando o Rafa se lembrou de que no cemitério ao lado da Igreja se podia ver gente morta, o que na opinião do mais novo seria algo semelhante a ver mesmo os esqueletos em exibição...ou quando em plena Igreja o Quico quis que lhe explicassem porque estava Jesus na Cruz, afinal se estava morto «porque estava pendurado?»

Deram umas quantas corridas e quiseram sair o mais rápido possível assim que viram máquinas fotográficas apontadas na direcção dos convidados.

O almoço foi rápido e resumiu-se às entradas, seguidas da sobremesa, isto porque no meio, andamos sobretudo a correr atrás deles, com receio que acabassem por destruir alguma coisa. Assim que chegaram a casa quiseram comer porque estavam «esfomeados»...

Ora não acham que não fosse o treino diário, teriamos dado conta do recado?

 

depois coloco algumas fotos destes nossos dias hiper agitados

 

e já agora, parece que também a selecção treinou o suficiente para nos dar um final de domingo bastante animado, com direito a agitar de cachecóis e bandeiras - é só treinarem mais um bocadinho e o próximo jogo com os checos, vai ser ainda melhor!

 

 

postado energia-a-mais às 08:53

Sábado, 09 de Junho de 2012

 

da selecção (isto para que não me acusem, dado o post anterior) de não cultivar em casa o sentido patriótico...


 

 

os miúdos querem porque sim, ver o jogo no ecrã gigante disponibilizado pela câmara no recinto do evento «Cidade no Jardim»

 

Coisa que a manter-se o tempo de chuva miúdinha e temperaturas bem frescas, não me parece muito apetecível...De qualquer modo, temos tido boa afluência de gentes por estas bandas, o que significa muitas visitas (algumas com compras, o que muito agradecemos porque afinal queremos ajudar a angariar algum dinheiro) à barraquinha do JI dos Ribeiros. Embora não tenhamos apostado nos comes & bebes, temos café e bolinho, com preços apetitosos, muitos brindes feitos com a colaboração da comunidade da escola, coisas bem catitas e baratinhas...ora espreitem

 

 

 

 

e todos os que por cá passam são contagiados pela alegria de auxiliares, educadoras e papás bem dispostos

 

 

aqui temos a Ana e dois petizes o T. que anda na pré e a mana F. que nos ajudou com a venda e se revelou super entusiasmada

 

Não deixem de aproveitar o fim de semana e sem se intimidarem nem com o tempo nem com possíveis finais de tarde mais «enervantes» venham até São João da Madeira

 

 

postado energia-a-mais às 14:48

Sábado, 02 de Junho de 2012

 

 

imagem retirada da net

 

 

 

Cá por casa gosta-se de futebol. Viver com mais homens à volta tem destas coisas...os miúdos adoram bola, a mãe gosta de lhes fazer companhia, as brincadeiras e jogos de consola passam invariavelmente por este tema. E depois há a paixão pelo clube. Que não se explica, simplesmente vive-se. Isto para dizer que sim, andamos a par das últimas notícias.

Vai começar o Euro 2012. Temos sido bombardeados com toda a espécie de apelos para que se apoie a selecção de futebol. Dizem que Portugal tem boa onda... Eu gosto de futebol. Não gosto é de sentir que fazem da selecção um motivo maior, que «endeusam» uns fulanos e que os elevam à categoria de ídolos, só porque fazem parte de uma equipa de futebol. Representam o país? e quê?? isso torna-os superiores a quem trabalha de sol a sol, a quem produz da melhor maneira que sabe, o melhor vinho, o melhor azeite, os mais belos sapatos? mais - a estes pagam balúrdios, dão mordomias de «reis», oferecem prendas de arregalar?

Então quando vejo nas televisões toda a loucura que se apodera do pessoal ao ver um dos «eleitos» até me apetece vomitar...juro! ao que se sujeitam só para poderem vislumbrar os tais «ronaldos», «nanis» e companhia...uns emproados que só olham para o próprio umbigo e que se acham o máximo porque toda a gente beija o chão (relva) onde pisam.

 

Não entendo esta acérrima defesa de uma modalidade em detrimento de tantas outras...muitas das quais, onde temos excelentes representantes e que dignificam o nome do país. Bem sei que isto é uma questão cultural, na verdade só pode ser! daí que para muitos portugueses que vivem actualmente o drama de uma crise que os empurra para o desemprego, para a destruição do nível de vida, isto do futebol e da selecção seja um refúgio. Seja porque ao vibrarem com um golo, esquecem as amarguras, seja porque quando todos se sentem unidos em torno de algo e as coisas correm bem, o estado de espírito se anima, a alegria (e a tristeza) é contagiante e acredita-se no impossível.

 

 

É por isto que aos miúdos vou dizendo que não se deve olhar para os jogadores como se eles fossem os «melhores do mundo». Que não se deve copiar certos exemplos e que é preciso exigir mais de quem leva o nome de Portugal escrito nas camisolas. É por isso que não vamos na onda! podemos ir ao lado, cumprindo com a nossa parte, esperando que cumpram a deles!

 

E já agora, uma vez que entretanto hoje houve jogo e até perderam, não será tempo de admitirem que a humildade lhes faz muita falta? sem onda ok?

 

postado energia-a-mais às 22:54

Segunda-feira, 30 de Abril de 2012

 

 

digamos que o início da semana em véspera de feriado não vai dar tempo nem para repor a normalidade da respiração...

 

 

do alvoroço de fim de semana 

 

  • pai que chega numa sexta para sair já hoje
  • pai que sofre na pele a falta de hábito para acompanhar o ritmo dos filhos (e mãe que tem de apagar todos os fogos)
  • uma saída a quatro, alucinante como sempre
  • constantes deslocações a casa da avó (que continua com muitas dores e parece estar agora a perceber a dimensão da sua situação)
tou ainda sem folego....e a digerir «aquela» maldita coisa azul que se me atravessou na garganta {#emotions_dlg.brrrpt} (ok...campeonatos há mais importantes que o de futebol...mas carago, precisava ser assim de repente, perder antes do lavar dos cestos?)
postado energia-a-mais às 12:11

Quarta-feira, 30 de Junho de 2010

 

 

vistas pelos miúdos cá de casa

 

Rafa: «também, se o treinador tivesse posto o Cristiano a jogar....»

 

filho, ele esteve a jogar.... «ai sim? então e porque é que não tocou na bola?»

 

Lição - se queremos ser alguém na vida, temos de nos esforçar.....

 

Quico: «foi golo de putugal mãe?»

 

não, foi da espanha...«espanha, espanha!!!»

 

Lição - o que não tem remédio, remediado está (ou, mais vale aproveitar a festa que tristezas não pagam dívidas....)

 

E pronto, adieus mundial, para grande consternação do Rafa que me perguntou vezes sem conta porque é que portugal já não joga mais e tem de vir embora....para quem até tinha saído de casa para assistir em ecrã colectivo no centro da praça e estava francamente esperançoso, foi uma desilusão!

 

O nosso fim de dia foi no entanto bem atribulado por outras razões - o Quico deu uma queda e tem agora um joelho todo esfolado que se junta às várias nódoas negras das pernas....

 

O Rafa teve um ataque de histerismo porque o irmão pegou numa faca sem eu estar por perto (na verdade por distração deixei uma faca com que tinha cortado pão, minutos antes e ausentei-me para outra divisão da casa)

Quem nunca presenciou um ataque de histeria pode ter dificuldade em entender como isso causa uma imensa tensão entre os que o vivem. Não é a primeira vez mas é sempre francamente assustador - o Rafa fica descontrolado, grita sem parar, salta à nossa volta, não nos ouve e parece estar a ser perseguido pelo mais temível assassino dos filmes de terror...

O Quico ficou de tal modo assustado que chorou descontroladamente mais de 20 minutos seguidos...e depois acalmar a minha avó também não foi nada fácil!

 

bem, pelo menos uma das lições que o futebol nos deixa, pode ser aplicada a todas as situações da vida

 

« A bola é redonda»

 

 

postado energia-a-mais às 09:08

Terça-feira, 29 de Junho de 2010

 

 

só depois de conhecer os resultados

 

 

 

 

Ora vejamos, falando do jogo de hoje (entenda-se de futebol mesmo!) cá em casa o Rafa já decidiu: qualquer que seja o resultado final, ele vai sempre festejar - afinal o papá já é meio espanhol.....bem pelo menos é de lá que traz o nosso «carcanhol»

 

 

opá, eu cá acredito que não haja confusão - depois de tantas batalhas para conquistar o nosso espaço nesta península, não vai ser um joguito de bola que nos vai atrapalhar!

 

 

Quanto ao resultado do confronto com o Rafa para que este se decida a ir para o campo de férias, também não vale a pena arriscar - apesar das difíceis negociações, por enquanto só consegui um compromisso da parte dele para o dia 1 - diz ele que é o início de mês, logo só vai a partir de quinta feira - hummmm, será???

 

Bem, tenho fé que os resultados me sejam favoráveis - eu cá já me mentalizei para a vitória (nos dois campos lol)

 

vá lá aceito apostas - quem ganha?

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:34

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro