A Hiperactividade vista à lupa

Domingo, 06 de Janeiro de 2013

 

 

completamente cheios de energia, prontos para um ciclo de fazer tremer qualquer família mais desprevenida, ou qualquer sala de aula menos esclarecida

 

os meus putos já fizeram o «up load» de ano novo, que é como quem diz, já estão ao seu mais alto nível energético, depois de terem «carregado» megabytes de adrenalina - uma maravilha!

 

Aqui não existe tédio, nop! desde ter de apanhar um Quico que acha que consegue voar, a impedir que o Rafa faça picadinho do mano mais novo, e outras mirabolantes cenas que não me deixam tempo nem para respirar...

 

mas depois de uma alucinante «variação» sobre o tema dos três Reis Magos, cujos viagem foi recriada - com particular atenção à travessia do deserto atrás da estrela guia, a árvore de natal foi desmanchada (melhor - trucidada em alta velocidade) com a ajuda do avô e limparam-se os últimos vestígios dos festejos de fim de ano

 

(na verdade parece mais que a casa foi varrida por um tornado, do que limpa por mãos humanas mas estou demasiado cansada para me importar com os destroços)

 

 imagem da net

 

 

 

Só mesmo uma fatia do bolo que tem o nome de Rei mais uma chávena de chá a ver se aprecio nem que seja por uns minutos a época que agora termina....

 

 

 

postado energia-a-mais às 23:16

Sábado, 19 de Maio de 2012

 

 

depois de ver as tristes cenas à porta do Pingo Doce e Minipreço aqui da minha zona (ainda por cima um pertissimo do outro) estou convencida que uma loucura qualquer de proporções ainda por investigar, se apoderou dos portugueses

 

Juro que não entendo de onde vem tanto dinheiro para correrem às promoções...estamos a dia 19/20 do mês...ora ainda não caíram ordenados, desta vez era preciso comprar no PD 25€ em outros produtos para levarem a carne com desconto de 50%. E tiveram de racionar aos 10k p/pessoa porque a loucura é tanta que acho que se não o fizessem, era bem capazes de haver pessoas a levarem as arcas congeladoras para as carregarem diretamente no local!

No Minipreço nem carne havia desde quarta feira e mesmo assim, 50 pessoas estavam à porta para tentarem avistar primeiro o camião das entregas...

 

Ando agora com verdadeira fobia às promoções e estou seriamente tentada a descobrir se, perante a lei, não terei direito a pedir uma indemnização por danos morais (tanto por conseguir, como por não conseguir chegar às ditas promo)

Mas o que mais me irrita é a constante constatação de que por cá, o pessoal é facilmente manipulável (se nisto se deixam levar tão facilmente, agora entendo porque o país está como está) e qualquer coisa que meta a palavra «promoção» passa a ser imprescindível para levar para casa - se no próximo fim de semana a promoção for nas caixas de fósforos, mesmo que tenham de comprar 100€ de outras coisas, não vão faltar magotes de gente a esgotar os fósforos das prateleiras e a querer aproveitar até à última centelha....

 

Já agora - não poderá haver aqui lugar para uma caça aos «prevaricadores»? não é crime aproveitar a loucura dos outros para tirar proveito disso? será que estes supermercados não poderão ser responsabilizados por «incentivo à loucura coletiva»?

 

 

 

postado energia-a-mais às 11:50

Segunda-feira, 14 de Maio de 2012

 

 

que separa a ficção da realidade....

 

só que cá em casa, ela está muito esbatida {#emotions_dlg.lol}

 

 

 

 

a bisa, vestida pelo Quico

 

 

 

o Quico vestido pela bisa

 

os miúdos divertiram-se à brava e ela também 

 

e quando a coisa corria mal, havia sempre maneira de expressar a posição, mesmo que fosse do contra, tal como quis mostrar o Quico com esta viragem de todos os objetos para a parede

 

 

 

apesar do calor, ou por causa dele, ficamos por casa este fim de semana, o Rafa a recuperar da tosse que o tem incomodado, o Quico a ser o único que andou fora de portas, no sábado para o aniversário de uma amiguinha da pré, cujo prato forte foram os saltos em insufláveis e corridas por entre escorregas - única condição para ficar sozinho na festinha «não quero comer bolo da S. mamã»

 

De resto a correria mantém-se por estes lados, como não poderia deixar de ser! cá vem mais uma enérgica semana (e se eles voltarem a adormecer perto das 24H, garanto que vou dormir para o carro...)

 

postado energia-a-mais às 13:18

Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

 

 

....chega-se a hora de dormir e eu para aligeirar a coisa, que isto ultimamente tem andado crispado....avanço com uma ideia da amiga C. do maravilhoso Olhares Azuis! (ah pois é!! pensavas que te safavas?? hehehe)

 

«bem, hoje o Rafa vai dormir para a caminha dele mas...porque anda sempre com saudades da mamã, vai levar com ele, esta fabulosa camisola da mãe, muito cheirosa»

ele «quê mamã?!! cánojo!!! hiec...»

 

 

o Quico «posso dumir com a tua rôpa mamã?»

 

pronto, tá feito «cada um dorme com uma peça de roupa da mamã!»

 

 

 

e lá vão para a cama em alvoroço e grande risota...e a risota continua por entre muitas e muitas piadas, muita brincadeira até roupa pelo ar, imponho silêncio, mando apagar a luz, voltas e voltas na cama, tentativas de continuar em luta...

 

depois de uns alucinantes 45 minutos as coisas começam a acalmar, vou-me embora pé ante pé, ainda volto mais duas vezes para impedir que o Rafa se levante da cama e por fim...

 

 dorme na cama dele até às 5h00 da manhã! nada mal, para primeira tentativa!

 

 

 

postado energia-a-mais às 13:13

Quinta-feira, 09 de Setembro de 2010

 

 

ter um post assim dentro do «normal», com notícias do primeiro dia da pré do Quico, mais uns pormenores para recordar?

 

bom, até queria...

 

mas o que marcou o dia de quarta feira, não foi exactamente o choro desalmado  do meu pequenote, quando o larguei da mão na escolinha nova...

 

nem o ar meigo das educadoras que souberam ter com ele um diálogo em tom protector mas firme...e uma maozita firme também para ele não se escapar  atrás de mim...

 

nem mesmo o ar bem disposto  com que me recebeu depois, já muito à vontade na nova salinha, com colegas também eles bem dispostos e sorridentes

 

confesso que nem ficou marcada pelas inúmeras e usuais «brigas» entre os dois irmãos (estes primeiros dias são de adaptação por isso as crianças ficam pouco tempo na escola, logo, muito tempo em casa)...muitas delas a raiar o absolutamente perigoso!

 

o que mais marcou esta quarta feira foi a cena seguinte:

 

depois de uma das brigas mais duras da tarde e com o Rafa super eléctrico, com momentos de total loucura, resolvo cortar e mudar de cenário pelo que tento levá-los à rua. Depois da avó chegar, descemos qual grupo dos «4 fantásticos» mas em versão allien...(tipo, somos extraterrestres pela primeira vez a pisar solo do planeta terra!)

 

o Rafa andava a saltar à minha volta para que lhe apertasse os cordões da sapatilha (o que me pede invariavelmente e ao que eu invariavelmente lhe digo não...daí os saltos, gritos e gestos histéricos), o Quico queria experimentar os últimos truques das artes marciais nas aberturas das caixas de correio do prédio, a minha mãe a tentar puxá-lo em sentido contrário...

 

e de repente, sem nada que o fizesse prever, o Quico vira-se e corre em direcção aos carros estacionados em frente...todos julgamos que ele iria seguir para a estrada e por isso eu gritei, a minha mãe correu e o Rafa continuou a saltar...mas afinal ele trepou para cima do capô de um carro...eu, tapada pelo Rafa não consegui reagir, a minha mãe tentou apanhá-lo mas quase como num filme vimos o Quico caminhar literalmente por cima do vidro da frente, subindo para o tejadilho, ficando lá em cima do carro!

 

estavamos nós a alucinar  e ele volta a correr pelo vidro, saltando para o capô e  logo de seguida para o chão!

isto sem contar com o histerismo em que ficou o rapaz, cuspindo em toda a gente que lhe aparecia pela frente, deixando um rasto de autêntica maluqueira

 

mas será que não posso sair de casa sem ser notada???

 

hoje não faço previsões, pronto!!!!

 

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 10:21

Segunda-feira, 06 de Setembro de 2010

 

 

recuperar do fim de semana e já volto

 

se algum leitor deste blog for da zona de Arouca e arredores, pois que espero que tenha recuperado  e desculpem lá qualquer coisinha....

 

 

volto com as notícias, tão frescas quanto possível, espero!

 

 

 

 

tags: , ,
postado energia-a-mais às 11:59

Quinta-feira, 02 de Setembro de 2010

 

 

não! não fui «abanar o capacete» para discotecas ou boites

 

se bem que e na companhia do marido, até me apetecia «curtir» a noite desse modo! mas por enquanto, as loucuras são mesmo dentro de portas e eu juro, solenemente que da próxima que me acontecer, ligo a câmara e faço um vídeo para editar aqui...só para que saibam que não estava a sonhar, foi mesmo real, não foi pesadelo, ok?

 

Pois como já por aqui dei conta mais do que uma vez, deitar o Rafa na cama dela é uma verdadeira saga! até já contei que andamos nisto há meses e que continuamos a ter muitas destas para contar!

 

Na noite anterior, mais uma vez, comecei por explicar ao Rafa porque não pode dormir comigo...«com 9 anos e um bom quarto com uma boa cama e ainda por cima com companhia do mano não tens motivo para passares a noite a dar pontapés na mãe!» que não, que comigo se sente protegido, que no quarto dele só tem pesadelos, que não consegue dormir e blábláblá do costume! ok - são só 22h ainda posso com isto! Mais uns quantos argumentos e contra argumentos e o Quico, entediado adormece - pronto são 23h, acredito (optimista!) que o Rafa acabe por ceder ao cansaço...

Levo o Quico para a cama dele e peço mais uma vez ao Rafa que se mude também: que não pode, que não quer, não tem sono ainda....Mau, são quase 23h30, começa a ficar «apertado», se não vai até à meia noite, depois é difícil!

 

Deixo de insistir e deito-me semi acordada a seu lado, tentando de facto não adormecer primeiro! ele fecha os olhos, respiração regular - ok! posso cumprir a regra dos 20 minutos - espero religiosamente cada segundo, vejo as horas 00h10m, é agora, vou transferi-lo de cama! tarefa de força pura ou não pese ele quase tanto como eu !

 

Acabo de o deixar no quarto dele, venho até ao pc, tento «blogar» um cadito antes de cair para o lado, oiço passos, respiração atrás de mim, xiiiiii, terror, ele acordou! «não tavas a dormir?», que já me tinha dito que não tinha sono, estava com muita sede, que queria água, ficava na minha cama só até adormecer  ai a minha vidinha!

 

E lá vem o sermão e a missa cantada fora de horas! «então queres ver que tenho de te fechar a porta do meu quarto à chave?» que isso não, que se fosse eu a não conseguir dormir, ia ver o que custa! «tás a brincar? então a mãe por acaso consegue dormir???»

 

Percebo que estamos naqueles dias, digo peremptória «nem que tenha de ficar toda a noite no teu quarto, tu não vens para a minha cama! vá vamos tentar!» Outra vez para o quarto dele, sento-me na cama dele, aguardo...aguardo...aguardo...(insónia maldita, porra!) Tento levantar-me e logo ele aflito e em alta voz «Onde vais mãe?» A voz do Quico a seguir «Onde vais mãe?» Aiiiii, queres ver agora???? Como se não bastasse um, agora tenho os dois acordados?

 

O Rafa não entende que tenho de me repartir, desespera os 5 minutos que me deito ao lado do irmão...levanta-se e vai procurar outra companhia! calma, dentro de casa...a bisa costuma deitar-se entre as 21h30 e as 22h. Se adormece logo, não sei - mas por norma dorme e ressona (lol) bem, por volta das 23h...Portanto, bisa confusa com acordar repentino à uma da matina! Não percebe o que se passa, acha estranho o Rafa estar a querer dormir com ela e levanta-se também para averiguar o meu paradeiro...

 

Dá-se então esta cena louca já depois da uma e com o prédio em profundo silêncio: no hall de apoio aos quartos, mesmo à entrada do quarto da bisa e de frente para o quarto dos miúdos, Rafa explica «velhinha, não consigo dormir, podes vir comigo?» ela «para onde? a mãe?» ele «está com o Quico!» ela «vai para a cama, vai ter com a mãe!» ele «nãoooo, anda comigo!» eu, já farta do patuá deles e prestes a ter um ataque por ver que o Quico se estava a a interessar pela conversa «xiuuuuuu!», ela «vai, vai ter com a mãe, a mãe?» ele «mas ela está com o Quico!» Quico «ela está aqui velhinha!» Pronto. É o fim! Agora tenho os 3 acordados!  Passo-me!

 

Saio disparada do quarto dos putos, Quico ao colo estremunhado, mando a bisa para a cama, agarro o Rafa por um braço - tudo ao molho na cama da mãe! eles, deitados um ao lado do outro, disputando cada pedaço de cama, de lençol, de almofada...eu aos pés da cama atravessada. Isto só filmado!

 

Duas e quinze da manhã, ok! finalmente estou a ouvir uma respiração mais ritmada, deixo o Rafa e transfiro o Quico (mais leve). Para não arriscar e porque não quero dar o braço a torcer, dormindo com o Rafa, penso em deitar-me na cama dele. Mas o que raio tem o puto? um radar de presença? estou nem há dez minutos a torcer para que só dê conta de manhã e já dou com a cara dele mesmo em cima de mim? «porque é que estás aqui mãe?» Ignoro, pode ser que ache que estou a dormir....«mãeee!» irra! se o Quico acorda outra vez, juro que saio porta fora e vou dormir na garagem...«Pronto, que queres?», que venhas comigo, que não consigo dormir!!!

 

Opá, pronto, não sou de ferro!!! lá vamos, eu amuada, ele choroso (mas que mania de me deixar de coração mole quando o vejo tristonho) «eu até nem queria dormir contigo, mas não sou capaz de ficar sozinho...tenho muito medo!»

 

Nestes entretantos, já são perto das 4h. Olho vermelho, cabeça a andar à roda..Quico mexe-se, mexe-se...algures no meu cérebro de mãe, alguma coisa me alerta mas o cansaço vence!

 

De manhã percebo o sinal - xixi gigante, o cheiro não engana, tadinho do Quico, não acordou, eu tão pouco e acabou por secar no corpo....até fico arrepiada!

 

Pronto, é ou não uma forma «original» de passar a night?

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:56

Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

 

com mais uma das crises matinais do Rafa, incontornáveis e looongas, acabei por não prestar muita atenção ao mais novo. Estranhei um pouco o silêncio mas pensei que tivesse ido para o seu refúgio em alturas de crise, a varanda dos brinquedos...

 

lá fui tentando controlar a coisa com o mais velho, sem me aperceber do Quico, até que o meu pai chega e pergunta por ele, pois a hora estava a apertar e como o tempo o permitia, podiam ir andando para o infantário a pé, coisa que o Quico adora (assim pode ver todos os camiões que passam e admirar os homens do lixo lol)

 

após o ter procurado por toda a casa o meu pai vem perguntar por ele novamente, não fosse o caso de estar na casa de banho a ver se «pescava» alguma coisa

como não dá sinal, lá vou eu desvairada a chamar e espreitar debaixo das camas e nada...passo a correr para as janelas traseiras a verificar o terraço do vizinho (não consigo evitar, é o meu maior pesadelo!) enquanto o meu pai sai porta fora convencido que ele pode ter saído para a rua (de facto ele abre a porta e por algumas vezes já o apanhamos no elevador)

Começo eu a pensar que se calhar ainda não acordei e que tudo não passa de um sonho quando ouço uma risadinha muuuuito abafada vinda do quarto onde dorme a minha avó...corremos todos para lá (claro que já lá tinhamos ido imensas vezes antes...) e ouvimos mais uns barulhinhos...ainda voltei a espreitar debaixo da cama mas depois percebemos que vinham do guarda fatos que estava fechado...ok, podem pensar «dhaaaa não foste ver aos guarda fatos?», não, não fui porque primeiro ele não tinha feito isso antes, segundo, uma das «fobias» do Rafa tem a ver com portas de armários que têm de ficar sempre fechadas...

 

E em que estado estava o Quico fechado dentro do guarda fatos?

Bem, no mais achocolatado estado que se possa imaginar - para além de ter ido à despensa buscar a sua Nutella que come com colher, ainda encontrou alguns chocolates que estavam no dito armário (esconderijo da velhinha lol)

 

Este episódio teve dois efeitos imediatos - acabou com a birra do irmão (ele distraí-se com facilidade e já nem se lembrava depois que tinha estado em pé de guerra comigo) e fez-nos começar o dia de forma hilariante, pois não há imagem mais gira do que ver um miúdo com os dentes cobertos de chocolate, bochechas de chocolate, nariz de chocolate e até orelhas de chocolate! e uma dúzia de toalhetes de rosto depois, ele ficou apresentável novamente e lá seguimos, atrasados mas sorridentes a caminho da escola, o que não acontece todos os dias!

 

 

sinto-me: «achocolatada»
postado energia-a-mais às 08:53

Sexta-feira, 05 de Fevereiro de 2010

 

 

Andar de taxi com o Rafa

 

Ele entra de rompante, senta-se atrás e logo desata a saltar no banco, parece que as molas estão incorporadas nele e não no assento....

ao mesmo tempo vai juntando aos saltos uma espécie de grunhido «huhuhuhuhuhuuuuu....» e depois sai um «sou um macaco...»

O taxista deve pensar que acabei de o ir buscar à selva, tal qual uma versão actual do tarzan...

Depois tento controlar a coisa mas não me sai nada de jeito, sou obrigada a remeter-me para a mais pura das insignificâncias...certa de que o condutor me obrigará a sair antes do destino

 

Mas ainda estavam reservadas mais «surpresas». O Rafa incapaz de se controlar porque detesta andar de carro (taxi ou não) abre o vidro e põe todo o peito e cabeça do lado de fora...o homem quase tem um colapso, eu grito e o meu rapaz-macaco grita mais ainda...depois...resolve mandar parar o taxi porque quer sair, tem mesmo de sair, não aguenta mais.....e depois eu tento agarrá-lo para ele não saltar e depois entram os palavrões (o tarzan está instruído pelos animais....) e mais saltos e mais palavrões...foi uma corrida looooonga!

 

 

Eu sei que para muitos condutores de taxi, essa vida é uma selva mas o senhor que nos transportou nesse dia, deve ter pensado que estava mesmo dentro dela!

 

 

 

sinto-me: a sair de um taxi!
postado energia-a-mais às 09:54

Quarta-feira, 09 de Setembro de 2009

 

do Rafa davam para encher posts e posts e fazer filmes mais longos que os de Manuel de Oliveira...

 

nem sempre conto tudo o que se passa no dia-a-dia, até porque não é essa a intenção do blog (embora faça um registo do que acho mais notável!)

A impulsividade do meu filho tem muito que se lhe diga...sei que a hiperactividade deste tipo é como não ter «filtro», não ter «travão», agir antes de pensar (acho que a maior parte das vezes, ele nem consegue perceber o que fez...)

 

Muitas vezes tenho passado por situações realmente embaraçosas!! desde ser completamente «desbocado», dizendo o que lhe vem à cabeça, no pior dos momentos, a fazer perguntas de corar as pedras da calçada, a pegar em coisas que quer à força -- fugindo com elas porta fora (o exemplo da mochila aconteceu mesmo agora...) ou coisas como esta que aconteceu ontem...

 

Tenho colocado o Rafa num atl da zona muito in onde os putos fazem de tudo e em espaço amplo, com escorregas, insulfláveis e atelier's diversos...

durante as tardes está ocupado e dá descanso ao avô....ontem quando o fui buscar no fim do dia, ele insistiu em comprar batata frita no café perto de casa...como vem por norma eufórico a querer contar todas as «novidades» eu fiz-lhe a vontade mas sempre a recomendar moderação na voz e nas atitudes para entrar no café....

Só que ele não sabe o que isso é! entra a falar como se estivesse de megafone, agita-se todo, salta à frente de quem lá está e faz o pedido - só que não espera e vai puxar do pacote...soltam-se 3 ou 4 que se espalham no chão, o dono do café tenta ajudar e leva com um «mostra-me lá o teu cuzinho....vá mostra»

 

eu ainda pensei que estava a ouvir mal...mas o pobre do homem baixou-se para apanhar os ditos pacotes e o Rafa - puxa-lhe as calças! como se não bastasse, puxa as dele próprio (lembram-se que ele não usa roupa interior?) e dando palmadas no dito cujo, lança a plenos pulmões «olha o meu cuzinho»

 

Ora eu não sei explicar como saí de lá com ele...desconfio que o meu cerebro bloqueou essa parte para que não esteja sempre a reviver o pesadelo....mas de facto, é mirabolante viver com o meu filhote!

 

 

E nem tenho a complacência das pessoas que o viram fazer aquilo, porque como é que se arranja uma «desculpa» plausivel - ele já não é pequenino (um matulão de 8 anos...), não tem nenhuma deficiência visível e não traz rótulos na testa a explicar «sou hiperactivo de tipo impulsivo e tenho um grave transtorno comportamental, o que faço nem sempre se entende...»

 

Coisas da nossa vida!

 

 

sinto-me: sem buraco!
postado energia-a-mais às 23:37

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09

blogs SAPO


Universidade de Aveiro