A Hiperactividade vista à lupa

Terça-feira, 24 de Dezembro de 2013

 

muito molhado e espero que muito abençoado!

 

Apesar do stress dar cabo dos meus miúdos que desesperam com esta cena das festas familiares e esperas por datas específicas, tenho tentado manter a calma e não deixar que nada estrague o reencontro natalício. Felizmente este ano, já vamos estar novamente todos e completos à mesa da Ceia de Natal para manter a tradição do espírito do Menino Jesus.

 

Terei de fazer um relato mais pormonorizado do que se tem passado nestes  dias mas ficará para depois da azáfama!

 

por agora apenas um Bom Natal e disfrutem!

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:09

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011

 

 

ou como na mesma noite posso dormir em três colchões diferentes

 

Cá em casa nada pode ser considerado «estranho» nem mesmo as nossas trocas de cama noturnas

 

Sabem os que me lêem que o Rafa não consegue (mesmo medicado) passar uma noite seguida sem vir ao meu quarto - ele acorda três ou quatro vezes por noite (numa noite «boa») e passa muitas horas a saltar de cama em cama - quase sempre, para que ele entenda que não pode fazer do dormir comigo, um hábito regular, acabo por passar eu quase toda a noite acordada, sentada na beira da cama dele...

 

O Quico é outra preocupação, além de adormecer tarde, tem ainda dificuldade em controlar a bexiga durante o sono, acabando eu por ter de o pôr na sanita ou acabaria com a cama molhada!

 

Por isso, estou tão habituada a andar de quarto em quarto, que quando o Pai está em casa temos maneiras alternativas de nos aconchegar-mos...e até temos um colchão suplente!

 

Uma noite típica começa com os papás lado a lado na sua cama. Os miúdos no quarto deles, cada um na sua cama. Primeira troca - duas da manhã, o Rafa vem ter ao nosso quarto e diz que não consegue dormir. Depois de muita insistência lá o pomos no quarto dele, cinco minutos depois está de volta. Fala de telemóveis, fala do clube pinguim e do concurso de iglos, do avó ter prometido ir com ele ao jardim jogar o tiro ao arco....e como já não o podiamos ouvir falar, resolvi ir para o quarto dele, instalando-me no colchão suplente que por lá tem ficado nas últimas noites. Ele ainda se deitou na cama dele por um bocado mas uma hora depois estava a resfolgar que nem uma locomotiva e baseando-se na sua insónia, acabou por se deitar com o pai....

Depois foi a vez do Quico. E como se apercebeu de imediato que havia movimentação, cismou em ir fazer companhia ao mano e ao pai! Como no entanto, não conseguia adormecer porque «o papá faz muito barulho a dormir...»voltou ao quarto dele e quis passar para a cama do mano....comigo! e lá acabo eu por mudar novamente de colchão....

 

 

tags: , , ,
postado energia-a-mais às 13:41

Quinta-feira, 23 de Junho de 2011

 

 

sim, porque já vamos na terceira seguida....

 

mas esta é especial! a noitada de São João tem de ser festejada com os martelos da praxe

 

 

 

 

 

e nós já estamos fornecidos {#emotions_dlg.lol}

 

 

 

postado energia-a-mais às 11:56

Domingo, 12 de Junho de 2011

da viagem de finalista do 1º ciclo

 

absolutamente radiante!!! adorou tudo - desde o local, às actividades (bom mesmo mamã foi que nos deixaram jogar futebol....)

 

a noite que por lá passou ficou-lhe gravada na memória e no corpo....não dormiu - nem deixou o colega de beliche dormir um segundo (sabes mamã, todos adormeceram mas eu não conseguia, então acordei o T. e dei-lhe muitos estalos para ele ficar acordado {#emotions_dlg.blushed}....tambem dei ao M. mas ele não acordou...)

 

de resto também se recusou a tomar banho {#emotions_dlg.sarcastic}- não sei se por cá já mencionei mas ele tem uma resistência feroz ao uso de qualquer casa de banho fora de casa, mesmo que seja para tomar um banho ao fim do dia....valeu que esteve dentro de água grande parte da tarde (a piscina era o máximo mamã!), portanto acredito que tenha andado limpinho....

 

Fotos também as há mas por enquanto ficam aqui apenas os momentos da saída porque as outras só na segunda feira as professoras de cada sala as vão distribuir pelos alunos

 

     

 levavam umas camisolas giras com uma foto da turma

 

 

    aqui estava com ar de autêntico turista lol

 

 

 

 

 antes de sair de casa ainda teve um momento de aflição....

 

 

 

 

 

 

 

 mas tirando o ter vomitado no regresso porque se esqueceu de tomar o comprimido, acho que esta foi a rampa de lançamento para as noitadas fora de casa!

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 11:08

Terça-feira, 29 de Março de 2011

 

 

um apontamento inicial para agradecer as mensagens de carinho deixadas pelas seguidoras do blog à minha avó que fez aninhos. As 90 primaveras têem sido saudáveis por agora e portanto contamos que esteja entre nós mais alguns anos. Um beijinho a todas vós!

 

e agora o post da tal hora crítica - pois é...talvez exista uma em cada casa...aqui a hora crítica é de madrugada

 

digamos entre as 3h e as 4h/4h30...ou seja uma hora muito apropriada para um momento de energia-a-mais!

 

Já o mencionei diversas vezes, o Rafa sempre teve muita dificuldade em dormir. Mesmo quando «pega» no sono, parece ter sempre uma mola solta que o faz mexer-se constantemente, mover pernas e braços e muitas das vezes, levantar-se mesmo. Não chega a ser sonâmbulo, naquele sentido de o ver de braços esticados e caminhando pela casa...normalmente levanta-se de repelão diz duas ou três palavras sem sentido e volta a deitar-se em agitação contínua.

Como sempre foi assim, posso dizer que já me acostumei há cerca de 10 anos, a ter noites bem mexidas...aliás, desde que o Rafa nasceu, a única noite em que dormi seguido foi na noite que passei no hospital após o nascimento do Quico! e já lá vão mais de 4 anitos...

 

bem, acho que o nosso ritmo é de tal ordem aceite pelo meu organismo que nem me lembro desse facto como algo «anormal»...mas por acaso a noite passada dei comigo a pensar que realmente muita coisa pode acontecer na hora crítica...

 

Por volta das 3h o mais tardar até às 4h, o Rafa acorda sempre - mesmo fazendo medicação. Embora não o esteja sempre a repetir por cá, a minha saga continua - ele levanta-se e vem ter à minha cama, eu levanto-me e meto-o na dele, fico por la 20 a 30 minutos, depois ele ainda se pode levantar mais uma ou duas vezes mas a minha insistência acaba por vencê-lo e termina as últimas duas horas da manhã, novamente na cama dele até ao levantar, por volta das 7h. Nem sempre no entanto a coisa corre certinha, há as (muitas) noites em que temos de nos bater, eu tentando fazer o menos barulho possível. Cenas quase surreais em que o empurro para dentro dos lençois e ele faz valer o seu peso para me dificultar a tarefa...quedas, encontrões, puxões e muita roupa pelo chão...

 

Mas não é so o Rafa que acorda e se levanta - muitas vezes o Quico também aproveita a hora crítica. Como percebe que ando com o mano dentro e fora da minha cama, ele faz de tudo para que o leve a ele também. Portanto acabo por ter de me «repartir» entre os dois...claro que o Quico acaba por ser mais fácil, até porque não me parece que tenha tantas difculdades para adormecer. Basta que me mantenha firme e ele nem se atreve a sair da cama dele. Outras vezes faz algumas birrinhas e choraminga «não quero fechar os olhinhos, fica muito escuro...» e quando o irmão resolve encetar conversa, tipo «devias ser como os peixes Quico, os peixinhos não fecham os olhos e dormem à mesma...» e depois o relato passa por vários animas, programas de tv onde se podem assistir a coisas da vida selvagem e depois outros programas e depois lembranças das férias e por aí fora... tento cortar o mais rápido que posso, caso contrário a hora crítica alonga-se pela madrugada dentro!

 

E depois há a bisa! que por norma se recolhe ao seu quarto por volta das 9h. Passado pouco tempo já a sua respiração mostra que se deixou levar pelo sono mas que invariavelmente na hora crítica se costuma juntar ao «motim». Quase sempre com grandes manifestações ruidosas, julgo eu que para dar a saber como «dorme pouco...e que passa as noites acordada». Dela podemos ouvir uma série de resmungos e uma especie de tosse que nunca se deixa ouvir noutra altura do dia...há ainda o arrastar de pés até à casa de banho e muito pigarrear à mistura...

 

 

e como tudo pode mesmo acontecer, na última hora crítica estive precisamente a fazer de novo a cama do Rafa, depois de ele me ter chegado às 3h16 ao quarto dizendo «mãe, não tenho roupa na cama...só o colchão!» e de facto, deparei-me com toda a roupa de cama espalhada pelo quarto, mais parecendo que o rapaz terá andado em luta física com o tal do sono, que tantas vezes ele consegue vencer!

 

 

postado energia-a-mais às 09:18

Segunda-feira, 06 de Dezembro de 2010

dos nossos dias & noites atribulados

 

 

nem sei se começo pelo dia, se pela noite....na verdade cada parte traz diversas aventuras que só mesmo numa casa como a nossa podem acontecer desta forma

 

(eu sei que mais famílias têm crianças hiperactivas, acredito que para alguns este cenário seja comum...mas poucos!)

 

 

A questão da árvore está por enquanto semi-resolvida - ainda faltam uns pozinhos mas está decorada no essencial, por mim, sem mais interferência a não ser para ligarem as luzes...nisso posso «agradecer» a certas características desta PHDA porque eles rapidamente se esquecem do que estavam a fazer e partem com entusiasmo para qualquer outra actividade...claro que de vez em quando se atiram para o pinheiro mas apenas no habitual rebuliço que fazem ao «brincar»

 

As estrelas feitas pelo Rafa ainda estão a secar do spray aplicado e os anjos do Quico já enfeitam a beira da chaminé! falta um arranjinho que tentarei colocar na entrada e pronto - nossa casa receberá o espírito do Natal com os enfeites a condizer! assim que estiver tudinho posto fotos

 

 

Entretanto as nossas lutas diárias mantêm-nos em estado de alerta. Ora são as inevitaveis brigas entre os dois, ora o cansaço que se apodera dos avós, ora os modos bruscos do Rafa com toda a gente...o certo é que não nos podemos dar ao «luxo» de fechar os olhos e respirar com calma

A noite tem sido particularmente agitada para nós - serão efeitos do tempo? é que a trovoada cá dentro até parece mais forte do que lá fora...

 

  • deito o Quico quase à meia noite com uma birra terrível porque não quer ir à casa de banho
  • deixo que acabe por adormecer e tento pô-lo a fazer um xixi
  • quando já está na sanita desata num berreiro e tenho de o levar de novo à cama sem se aliviar
  • deixo-me dormir e claro acordo quando já está molhado...la vou tratar de o mudar e proceder às limpezas
  • mudo de uma cama para a outra mas como o xixi foi feito numa ponta, aproveito para o voltar a pôr na cama dele, depois de ter mudado os resguardos
  • menos de duas horas depois nova xixizada...irra! novamente mudar de cama com a agravante de não ter como o deixar na cama dele desta vez
  • depois de o mudar e limpar tento dormir um pouco
  • Rafa acorda e salta para a minha cama - nem posso acreditar que ainda não preguei olho e são já 3h da manhã
  • aproveito e vou deitar o Quico na cama do irmão
  • por volta das 4h o Rafa desata a falar - «mãe!»
  • penso «deve estar a sonhar...»
  • chama-me outra vez «mãe, não consigo dormir!»
  • «Rafa, não vais conseguir dormir se continuares a falar! vá tenta novamente, tá?»
  • dois minutos depois «vês mãe? não consigo mesmo...»
  • «Rafa, dois minutos calado não chega, tem de ser mais tempo entendes?»
  • «tu é que não percebes...eu tou sem sono...»
  • «olha deixa então a mãe dormir tá»
  • «e se fosses tu hein? também querias ter companhia...Olha sabes que tive de pedir uma borracha à kika na escola? eu tinha uma muito fixe, aquela redonda, apagava bem mas não sei dela...tive de pedir emprestada! podias comprar-me uma que eu sei que tem no continente? eu sei que tem ou então naquela livraria da praça, lá deve ter! apagam muito bem!
  • e a conversa continuou neste teor até perto das 5h30, hora a que voltou a pegar no sono...eu já não aguentava mais, é que um assunto como este durante a madrugada chuvosa e com o calor da cama a puxar ao soninho foi das mais difíceis que tive de ouvir

entretanto e para que a noite fosse mesmo inesquecível o Quico vem também parar à minha cama e lá ficamos os três, cada qual mais entalado que o outro, até ser dia....

 

Depois disto só mesmo uma entrada a «matar» quando os dois quiseram jogar o mesmo jogo ao mesmo tempo, enquanto fui preparar o pequeno almoço...é que basta ficarem sozinhos meio segundo...a gritaria é instantânea

 

Momentos altos do dia

 

a birra infernal do Quico para se vestir, ou melhor despir - embora a ideia original fosse apenas trocar de camisola, em pouco tempo tinha todo o armário mais os cestos da roupa para passar, completamente virados do avesso...eu também fiquei do avesso e a palmada que o Quico levou, foi com mais força do que ele contava - claro que a birra foi prolongada e só terminou quando se esgotaram as lágrimas...

 

a maluqueira dos dois quando cismaram brincar aos senhores «seguranças», correndo e saltando sobretudo no pobre sofá, quase mutilando as almofadas que ainda sobrevivem aqui por casa...

 

o dilúvio que chegou da casa de banho quando os dois teimaram em tomar banho juntos e que me obrigou a andar por cima de toalhas só para conseguir entrar...depois de os tirar de lá parecia que tinham sido salvos de um naufrágio cujos destroços (brinquedos) tinham dado à costa mesmo no nosso hall

 

e como em todos os domingos a hora do lanche foi um verdadeiro corropio, sempre com a intenção de os tentar cansar a ver se é desta que dormem mais cedo...

 

e as crónicas prometem continuar...com a cronista bem cansada, ainda por cima com a doideira que se instala na cabeça do Rafa com os pedidos de Natal, com o Quico sempre a mil e eu com pouco tempo para tratar de preparativos ligados a esta quadra...

 

 

 

postado energia-a-mais às 09:06

Quinta-feira, 02 de Setembro de 2010

 

 

não! não fui «abanar o capacete» para discotecas ou boites

 

se bem que e na companhia do marido, até me apetecia «curtir» a noite desse modo! mas por enquanto, as loucuras são mesmo dentro de portas e eu juro, solenemente que da próxima que me acontecer, ligo a câmara e faço um vídeo para editar aqui...só para que saibam que não estava a sonhar, foi mesmo real, não foi pesadelo, ok?

 

Pois como já por aqui dei conta mais do que uma vez, deitar o Rafa na cama dela é uma verdadeira saga! até já contei que andamos nisto há meses e que continuamos a ter muitas destas para contar!

 

Na noite anterior, mais uma vez, comecei por explicar ao Rafa porque não pode dormir comigo...«com 9 anos e um bom quarto com uma boa cama e ainda por cima com companhia do mano não tens motivo para passares a noite a dar pontapés na mãe!» que não, que comigo se sente protegido, que no quarto dele só tem pesadelos, que não consegue dormir e blábláblá do costume! ok - são só 22h ainda posso com isto! Mais uns quantos argumentos e contra argumentos e o Quico, entediado adormece - pronto são 23h, acredito (optimista!) que o Rafa acabe por ceder ao cansaço...

Levo o Quico para a cama dele e peço mais uma vez ao Rafa que se mude também: que não pode, que não quer, não tem sono ainda....Mau, são quase 23h30, começa a ficar «apertado», se não vai até à meia noite, depois é difícil!

 

Deixo de insistir e deito-me semi acordada a seu lado, tentando de facto não adormecer primeiro! ele fecha os olhos, respiração regular - ok! posso cumprir a regra dos 20 minutos - espero religiosamente cada segundo, vejo as horas 00h10m, é agora, vou transferi-lo de cama! tarefa de força pura ou não pese ele quase tanto como eu !

 

Acabo de o deixar no quarto dele, venho até ao pc, tento «blogar» um cadito antes de cair para o lado, oiço passos, respiração atrás de mim, xiiiiii, terror, ele acordou! «não tavas a dormir?», que já me tinha dito que não tinha sono, estava com muita sede, que queria água, ficava na minha cama só até adormecer  ai a minha vidinha!

 

E lá vem o sermão e a missa cantada fora de horas! «então queres ver que tenho de te fechar a porta do meu quarto à chave?» que isso não, que se fosse eu a não conseguir dormir, ia ver o que custa! «tás a brincar? então a mãe por acaso consegue dormir???»

 

Percebo que estamos naqueles dias, digo peremptória «nem que tenha de ficar toda a noite no teu quarto, tu não vens para a minha cama! vá vamos tentar!» Outra vez para o quarto dele, sento-me na cama dele, aguardo...aguardo...aguardo...(insónia maldita, porra!) Tento levantar-me e logo ele aflito e em alta voz «Onde vais mãe?» A voz do Quico a seguir «Onde vais mãe?» Aiiiii, queres ver agora???? Como se não bastasse um, agora tenho os dois acordados?

 

O Rafa não entende que tenho de me repartir, desespera os 5 minutos que me deito ao lado do irmão...levanta-se e vai procurar outra companhia! calma, dentro de casa...a bisa costuma deitar-se entre as 21h30 e as 22h. Se adormece logo, não sei - mas por norma dorme e ressona (lol) bem, por volta das 23h...Portanto, bisa confusa com acordar repentino à uma da matina! Não percebe o que se passa, acha estranho o Rafa estar a querer dormir com ela e levanta-se também para averiguar o meu paradeiro...

 

Dá-se então esta cena louca já depois da uma e com o prédio em profundo silêncio: no hall de apoio aos quartos, mesmo à entrada do quarto da bisa e de frente para o quarto dos miúdos, Rafa explica «velhinha, não consigo dormir, podes vir comigo?» ela «para onde? a mãe?» ele «está com o Quico!» ela «vai para a cama, vai ter com a mãe!» ele «nãoooo, anda comigo!» eu, já farta do patuá deles e prestes a ter um ataque por ver que o Quico se estava a a interessar pela conversa «xiuuuuuu!», ela «vai, vai ter com a mãe, a mãe?» ele «mas ela está com o Quico!» Quico «ela está aqui velhinha!» Pronto. É o fim! Agora tenho os 3 acordados!  Passo-me!

 

Saio disparada do quarto dos putos, Quico ao colo estremunhado, mando a bisa para a cama, agarro o Rafa por um braço - tudo ao molho na cama da mãe! eles, deitados um ao lado do outro, disputando cada pedaço de cama, de lençol, de almofada...eu aos pés da cama atravessada. Isto só filmado!

 

Duas e quinze da manhã, ok! finalmente estou a ouvir uma respiração mais ritmada, deixo o Rafa e transfiro o Quico (mais leve). Para não arriscar e porque não quero dar o braço a torcer, dormindo com o Rafa, penso em deitar-me na cama dele. Mas o que raio tem o puto? um radar de presença? estou nem há dez minutos a torcer para que só dê conta de manhã e já dou com a cara dele mesmo em cima de mim? «porque é que estás aqui mãe?» Ignoro, pode ser que ache que estou a dormir....«mãeee!» irra! se o Quico acorda outra vez, juro que saio porta fora e vou dormir na garagem...«Pronto, que queres?», que venhas comigo, que não consigo dormir!!!

 

Opá, pronto, não sou de ferro!!! lá vamos, eu amuada, ele choroso (mas que mania de me deixar de coração mole quando o vejo tristonho) «eu até nem queria dormir contigo, mas não sou capaz de ficar sozinho...tenho muito medo!»

 

Nestes entretantos, já são perto das 4h. Olho vermelho, cabeça a andar à roda..Quico mexe-se, mexe-se...algures no meu cérebro de mãe, alguma coisa me alerta mas o cansaço vence!

 

De manhã percebo o sinal - xixi gigante, o cheiro não engana, tadinho do Quico, não acordou, eu tão pouco e acabou por secar no corpo....até fico arrepiada!

 

Pronto, é ou não uma forma «original» de passar a night?

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:56

Terça-feira, 18 de Maio de 2010

 

e dia que ameaça continuar a ser....

 

esta foi uma noite péssima. Ontem o Quico veio da escola um pouco murcho, dizia ter dor de barriga mas ainda foi jogar a bola com o irmão e o avô...julguei que era uma indisposição. Adormeceu mais cedo que o habitual e sem cumprir os rituais normais de todas as noites....

 

acordou às 4h00 com muita sede, suores frios e má disposição geral. Pediu leite, não queria dar-lho mas acabei a fazer-lhe um pouco, só que mal o bebeu pôs tudo fora...e depois sai uma diarreia gigante...

agora está em casa, não o levo ao infantário e disse-me que lhe doi a garganta. não tem febre, por enquanto, vou aguardar...

 

De noite, o Rafa andou de cama em cama desde as 2h00, não conseguia dormir o que o irritava cada vez mais...fazia mais barulho deitado do que quando se levantava...enfim, uma daquelas insónias que têm andado controladas com a medicação (não percebo como, o comprimido ontem não actuou...)

 

De manhã o meu pai chegou cá a contar que a minha mãe teve um desmaio ao levantar-se - não me surpreende...ela faz uma alimentação escassa e pouco rica, quer em nutrientes quer em quantidade...além disso, dorme poucas horas, trabalha em horário seguido e ainda ajuda com os dois pestinhas...e a idade tem peso! estou preocupada....

 

Demorei uma hora para calçar o Rafa, cismou que as sapatilhas não lhe serviam...ainda ontem estavam bem, hoje estão tão apertadas (diz ele) que fazem sangue....grrrrrrr! uma hora, muita birra, muitos gritos e um comprimido depois, saiu de casa com umas sapatilhas todas esburacadas que andavam ainda por cá....e que serviram para não ir descalço!

 

....estou, digamos que à beira de um ataque qualquer

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:55

Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

foi como passamos a noite anterior...

 

os miúdos alternaram mas eu tive de ficar em vigília completa!

 

Acontece que o Rafa começou por ter uma crise de choro, daquelas que surgem assim do nada e se prolongam sem controlo...as saudades do pai, a proximidade do aniversário, a primeira aula de karaté, enfim tudo que lhe vai despertando a ansiedade, resolveu manifestar-se desta forma! e logo quando já estavam os dois no quarto, pelo que o Quico acabou por se aperceber e ficou também muito agitado...

 

dei a mão ao Rafa, fui falando com ele e tentando acalmá-lo mas o Quico foi ficando muito sentido por a mãe estar ao lado do mano e acabou por também precisar de colo...Asim, lá me fui revesando entre os dois e até às duas ninguém pregou olho...

 

Entretanto estava eu já na minha cama e chega o Rafa, depois foi o dorme não dorme comigo...está ele convencido e resolve ir para a cama dele e acorda o Quico...e as horas foram passando e pelas cinco ainda eu andava a pé...

 

e foi assim até de manhâ...enfim, há noites destas de vez em quando (tirando as normais em que já não se dorme muito...)

 

Vamos para um fds cheio de perspectivas interessantes - chove imenso, não há terreno seco para se jogar à bola ou correr pela relva...Estamos na fase que antecede o aniversário do Rafa e por isso ele não fala de outra coisa....o Quico anda com uma neura que só visto e eu...bem, eu ando a ficar com um nervoso por causa de uma coisa que cá sei.....

 

Bom fim de semana para todos!

 

 

sinto-me: cá com uma moca!
tags: , ,
postado energia-a-mais às 10:13

Quinta-feira, 02 de Outubro de 2008

com uma queda monumental do Francisco! Já me habituei ás brincadeiras assustadoramente perigosas dos meus filhotes! Hoje então, sabia que a coisa não ia ser fácil...eu explico, sempre que temos alguém a mais cá em casa, temos traquinice a dobrar. As quebras das rotinas dão nisto. Os meus pais hoje vieram cá jantar, aproveitando uns dias de férias da minha mãe, ficaram até mais tarde para poderem ver o jogo do Benfica. Claro que para os miúdos foi um festival! Por entre cambalhotas, festejos, pinotes, guerra de almofadas, litros de água pelo chão (o Quico foi virando garrafas que ia enchendo na banheira, onde a água do banho tinha ficado esquecida...) e muitos gritos á mistura, lá fomos tentando ver alguma coisa do jogo e ao mesmo tempo evitar acidentes.

Só que é impossível controlar aquelas almas hiperactivas a todo o gás. Com o Francisco então, temos sempre a perfeita noção de que não chegamos a tempo...o Rafa tem uma sorte incrível e apesar das inúmeras quedas, consegue fazer autênticos malabarismos sem se magoar. Mas o Quico tem menos sorte, apesar de não ter tido (por agora) nada muito grave, as suas quedas aparatosas deixam mazelas. Desta vez vai ter galo grande, feio, com uma grande tira vermelha ao centro e carradas de pomada (que só pude colocar agora que adormeceu porque sempre que tentava saía um sonoro « nãooo, mamãeee, tem ioi-oi»

Dorme bem meu bébé!

postado energia-a-mais às 23:18

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro