A Hiperactividade vista à lupa

Segunda-feira, 03 de Outubro de 2011

 

 

que nos permite tirar fotos destas, em plena praia, aproveitando um domingo como não tinhamos por cá faz muito tempo....

 

 

 

 

sem a famosa «nortada» que durante o verão nos impediu de gozar mais as praias da nossa zona

 

 

sem birras atrozes, apenas com as «dificuldades» normais de quando vamos a algum lado - fazer o Rafa sair de casa, fazer o Rafa entrar no carro, controlar o Rafa no restaurante, entreter o Rafa na praia, fazer o Rafa vir embora...

 

O mais pequenino no entanto estava radiante, o Quico adora mesmo é correr, brincar na areia, chapinar na água - fazia o gesto de OK, polegar para cima e repetia constantemente «está a ser um bom dia pois está mamã?».

 

E este outubro promete ser diferente dos outros em muita coisa, não só no tempo que isto já deu para perceber que a meteorologia está mesmo de «cabeça» virada!

 

A avó inicia agora uma nova etapa da sua vida - depois de muitos anos ao serviço deste ingrato sistema do funcionalismo público, a avó ganhou o direito de viver de modo mais descontraído e ter mais tempo para quem ela mais ama! Claro que a mudança não é fácil principalmente para quem ainda está muito ativa e não se imagina sem a rotina de trabalho diário....mas acredito que em breve novas experiências venham a fazer parte do seu mundo e façam com que a avó se integre em pleno e aproveite cada segundo da sua merecida reforma! {#emotions_dlg.inlove}

 

A abertura do nucleo da Zona Norte da APCH está já marcada para dia 15 - muita coisa vai mudar, espero eu, para melhor e o meu empenho é total! Quem corre por gosto não cansa e mesmo com o tempo todo contado, tenho de fazer o esforço de encaixar mais esta aventura! e sei que vou dar tudo para que isto funcione {#emotions_dlg.blink}

 

Outubro vai ser também um mês de luta nas escolas - a semana passada foi muito tensa e tive mesmo de me deslocar à escola do Quico para uma conversa a pedido da educadora. {#emotions_dlg.nostalgic} O meu filhote cometeu uma asneira muito séria e por causa da gravidade do assunto, tenho de estar cada vez mais atenta e sobretudo ter maior comunicação com a educadora. Pelo menos a conversa foi proveitosa....ao contrário da reunião na escola do Rafa que não trouxe grandes novidades, pois não se falou em particular sobre os miúdos (terei de voltar à escola para ter uma conversa com a diretora de turma). No entanto, daquilo que foi abordado, um dos meus cavalos de batalha voltarão a ser os famosos TPC's. {#emotions_dlg.brrrpt} Parece que não se admitem desvios e falhas, não havendo distinções entre os miúdos (nem para os que sejam portadores de disturbios como o PHDA)...não gostei da abordagem - não vou tecer considerações antes da conversa com a diretora....

Entretanto, o meu rapaz já deu nas vistas e duas mães vieram ter comigo para comentarem sobre os comportamentos mais impulsivos do Rafa...pois!!

 

Pronto - posto isto acho que posso esperar um rico outubro por estes lados!!!

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:03

Segunda-feira, 18 de Julho de 2011

 

 

a nossa ida à praia neste domingo

 

para além do mau humor constante do Rafa que nos pôs a todos em «polvorosa», registo:

 

 

o entusiasmo do Quico que só entristeceu por não conseguir andar na água à vontade, tal a fúria das ondas....

 

o vento a soprar em rajada, embora o sol ajudasse a manter a ilusão de se estar na praia...

 

o facto de termos à disposição toda a fila das barracas, pelo valor do aluguer de uma {#emotions_dlg.lol}

 

 

 

e quanto ao resto, adivinhem voçês lol!

 

 

 

tags: , ,
postado energia-a-mais às 10:05

Sexta-feira, 06 de Agosto de 2010

 

....voltamos a «banhos», arriscando nova ida à praia!

 

e desta vez não resisto a fazer o registo mais fiel do que significa, por estas bandas (leia-se cá por casa), levar os miúdos «a ver o mar»

 

 

Depois de uma noite em claro, em que a barriga do Rafa começou a «apertar» e não o deixou adormecer antes das 5h30 e do Quico ter despertado com as galinhas que não se ouvem aqui mas que acordam às 6h00, enfrentamos o inferno de os colocar no carro e de os fazer ficar lá dentro...

 

foram 30 minutos de pura adrenalina, com gritos e muita dança louca, inventada pelos dois quando estão eufóricos com alguma coisa

 

Arrancamos cumprindo apenas as regras «mínimas» de segurança - eles iam sentados....

 

Após uma viagem atribulada, em que ficamos a saber que o Rafa consegue manter os olhos abertos mesmo com o vento a dar-lhe em plena cara (isto porque ía com ela fora da janela) e em que o Quico conseguiu iludir a vigilância por duas vezes e por duas vezes foram parar à estrada uns bonequinhos que andavam pelo carro, a euforia transladou-se para Espinho, onde mais uma vez se fazia sentir muito o vento, a bandeira estava amarela e logo a seguir, vermelha e onde para estacionar perto da praia nem foi muito difícil (sinal de que os veraneantes são menos do que em outros anos...seja ou não por causa da crise!)

 

Mal nos instalamos, munidos de barraca alugada na praia, pára-vento, guarda sol, tenda do Ben 10, dois sacos de toalhas, uma malinha com mantimentos, saco térmico com bebidas e resmas de brinquedos, começou a verdadeira aventura

 

 

entreter a criançada, passo a explicar

 

primeira birra - Quico: ida à água, muito muito desejada mas quase impossível dado o frio e ondas enormes....grande, grande birra - areia na boca, nos ouvidos e noutras partes - dele e dos outros....

 

Segunda birra (escassos segundos após a primeira) - Rafa: compra de (mais uma) bola, muito muito desejada mas considerada inútil, dado que já existiam várias para várias modalidades dentro dos sacos que levamos - aquela era «especial» apenas para ele, claro, pois sempre que vê alguma coisa torna-se imprescindível tê-la...

 

terceira birra - Rafa: jogar raquetes, primeiro com o avô (que ainda montava o pára-vento) depois com a avó que trocava a camisola, depois comigo, nunca, nunca com o mano porque «ele manda a bola muito longe»...

 

quarta birra encadeada com a anterior - Quico: porque o mano não joga com ele...

 

quinta birra encadeada com todas as outras - Rafa: porque estavamos na praia à uma hora (na verdade seriam 20 minutos) e ainda não tinha comido nada, estava a «morrer» de fome, aliás estava a «arder» de fome!

 

sexta, sétima e oitava - dos dois: por causa da água(mar)...que continuava fria  e agitada

 

nona, décima e por aí adiante - dos dois: por causa de uns carrinhos de pedais ( a sós ou em grupo) que queriam à força conduzir pela praia (mas que só podiam usar na calçada ao longo desta)

 

Nós desdobramos atenções entre eles, tentando minimizar potenciais riscos pra os outros utilizadores do areal (que não estava muito concorrido, embor com muitas crianças à volta, nenhuma no entanto, em nada semalhante aos meus...coisa que me alegrou bastante pois imaginei a sensação de alívio daqueles pais que conseguiram estender as toalhas, conseguiram ler revistas e livros e até alguns, fechar as pestanas, enquanto os seus petizes brincavam com baldes e pás, bolas ou carrinhos de areia...)

 

Eu, fartei-me de jogar raquetes - descrição de um jogo com o Rafa: eu mando a bola e ele olha para o ar, distrai-se com um papagaio de papel e deixa a bola passar, depois vai buscar a bola e distrai-se com uns miúdos a jogarem volei, volta a concentrar-se «agora é que é mãe» mas decide que não quer jogar...mas quando estamos a ir em direcção às toalhas, já quer novamente e lá vamos nós outra vez...e outra vez...e outra vez....

 

Ainda andaram nos tais carrinhos, ora gritando um, ora gritando outro...ainda fizeram umas quantas tentativas de molharem os pés (água muito mas muito fria) comeram várias vezes, beberam mais ainda, comeram areia, sujaram-se de gelado, estrafagaram um pequeno papagaio de papel (oferta da Olá na compra de um corneto) e deram cabo dos nervitos de todos...

 

Frase mais repetida pelo Rafa (a cada 5 segundos): «Quio, pára!!!!!!», ou na variante «Quico, larga!!!!»

 

Frase do Quico «Avôooooo!!!»

 

Pronto, está explicado porque é que arriscamos quando os levamos à praia? e chegando a casa, toda partida, ainda tenho de lutar para os meter no banho (este, o da banheira, já não é apelativo!) e argumentar que não, não podemos ir lá abaixo andar de bicicleta ou de skate, patins ou bola.....depois do jantar!

 

acreditem ou não, não há praia que os canse!

 

 

postado energia-a-mais às 07:43

Quarta-feira, 04 de Agosto de 2010

 

foi por onde estivemos ontem

 

 

com dois miúdos frenéticos a quem foi necessário entreter com actividades várias e muitas idas «a molhar o pé»!

 

Lá nos aventuramos pela praia de espinho, apesar de conhecermos por demais as características destes putos que nunca estão bem com o que têm e nunca sossegam no mesmo local por mais de 5 minutos....

 

mas ficar em casa a suar para os controlar, brigando um com o outro a cada segundo, não era alternativa!

 

Embora mais «equipados» do que qualquer outro veraneante ao sol, lá fizemos o nosso melhor para manter os ânimos em cima e ajustados ao sítio...

 

depois de ter gasto uma «pipa» de massa em parafernálias várias para brincarem na areia, aquilo que mais acabou por surtir algum efeito foram umas raquetas que o Rafa descobriu no quiosque ao lado....

 

e eu? bem, lá andei a ginasticar o dia todo, pois não dá para estender a toalha e ficar de papo ao sol! devo ter perdido mais um kilito o que no verão é sempre da praxe....

 

Hoje vamos ficar por casa, temos coisitas a fazer por cá, amanhã, logo se vê! nada de planos, certo?

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 07:55

Quinta-feira, 02 de Julho de 2009

na zona de Cortegaça - praia do distrito de Aveiro

 

 

 

Miúdo altamente eléctrico, capaz de destruir os guarda-sóis, resguardos e outros acessórios, por excesso de entusiasmo, vai estar na zona durante o dia de hoje

 

Aconselha-se os frequentadores dessa praia a terem cuidado com o local para estenderem as toalhas pois correm o risco de serem trucidados pela energia a mais, de um puto de 8 anos capaz de atirar com areia, bolas e baldes à distância!

 

 

sinto-me: a contar com um belo dia
tags: ,
postado energia-a-mais às 11:07

Sexta-feira, 04 de Julho de 2008

A semana nem correu mal de todo (comparando com outras bem piores que já vivi!) mas eu sabia que ainda estava para chegar alguma coisa. E não é que estava mesmo?!

Quem passa por aqui sabe que o meu filhote mais velho aceitou entrar para um campo de férias (pela primeira vez este ano). Tem andado de certa forma entusiasmado e ainda não falou em desistir, o que é bom sinal! Os monitores do campo (alguns já nossos conhecidos) já me disseram que o pior é terem de estar sempre a dizer ao Rafa o que vai fazer a seguir (o pensamento dele está sempre mais á frente) e tentar com que aprecie cada actividade sem pensar na seguinte (eu já sabia que ia ser assim...)

Para este dia, tinham planeado uma ida á praia. Apesar do tempo por aqui não estar grande coisa, fomos avisados que a saída se mantinha, pelo que tive de preparar o Rafael para estar no campo ás 08:15H. Como já tinha ido buscar a minha mãe e deixá-la  no emprego, os minutos estavam contados e não podia haver atrasos nem de segundos. Ora o que faltava logo pela manhã era uma GRANDE BIRRA que começou pelos ...tchã, tchã...CALÇÕES DE BANHO!. O que acontece é que desde há umas semanas, o meu filho se recusa a vestir cuecas, boxers ou calções de banho com licra ou algodão. Diz que lhe metem muita impressão, os nervos bulem e como ferve em pouca água, faz birras descomunais e sai de casa  sem os ditos (entretanto comprei de tecido, boxers porque calções para o banho não dá!) Claro que enquanto  gritou, esperneou, atirou com os calções pelo ar, chamou nomes a toda a gente, tentou bater no irmão, etc, a minha paciência foi esgotando. Tentei chamá-lo á razão mas quando começou a dizer que já não ia, fiquei em pânico e  acabei por dizer que levasse os calções de saída sem os de banho por baixo e que tivesse cuidado na hora de ir á água.

Bom, lá o consegui meter no carro no último minuto que assegurava chegar a tempo, eles iam de comboio, por isso, e porque a estação é mesmo ao lado das instalações do campo, já todos estavam preparados quando entramos em cena.

Estava eu para fazer as despedidas quando ele se lembra de dizer que afinal não queria ir «mas porquê filho, se todos os teus amiguinhos vão, não tens com quem ficar!»/«fico em casa...»/ «não em casa não ficas porque a mãe hoje tem coisas marcadas e não pode ficar em casa»...o diálogo arrastou-se com argumentos vários que se foram esgotando e levaram a um apoteótico final, com o Rafa pendurado na janela do carro a gritar que não queria ir á p.... da praia (depois de vários monitores terem tentado a sorte e das minhas habituais ameaças) e eu a arrancar em grande espalhafato! Os miúdos puseram-se entretanto em fila junto á paragem do comboio e eu fui obrigada a parar porque a cancela fechou. Estava um carro apenas á minha frente e vários foram chegando atrás, eis quando senão o Rafa abre a porta do carro e sai disparado para a linha do comboio gritando que se eu queria então ele ia á p..... da praia, c........ (ainda não lhe passou esta dos palavrões). Claro que tive de correr atrás dele, até porque tive receio que fosse atravessar mesmo sem olhar, só que com a aflição deixei tudo como estava, o carro com a chave na ignição, vidros abertos, enfim como nos filmes! E foi mesmo assim pois o comboio chegou nesse instante, o Rafa entrou com o pior dos humores, sem se despedir, as cancelas levantaram,  e eu tive de voltar ao carro para ouvir outra série de palavrões e raspanetes de furiosos condutores (apressados) que queriam era saber quem tinha sido a engenhosa que espetara com o carro naquele lindo sítio!

 

 

sinto-me:
postado energia-a-mais às 23:43

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro