A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 07 de Agosto de 2013

 

o (re)viver desta Feira Medieval 


 

 

 

 

 

 

os meus miúdos encaixam na perfeição na época recriada! comer com as mãos, misturar-se com os animais, brincar com espadas, escudos e correr e saltar em liberdade - tudo o que eles gostam {#emotions_dlg.happy}

 

 

e por lá andamos uma destas noites, sob o reinado de D. Afonso II, vibrando com a luta na campanha de Alcácer

 

         

 

e ainda tivemos tempo para apreciar a gastronomia de sabores intemporais apesar das longas filas que obrigaram a muita coordenação minha com o avó para nos revesarmos de modo a conseguirmos aguentar a já habitual impaciência dos meus rapazes....

 

 

 

 

uma viagem que vale a pena!

 

 

 

postado energia-a-mais às 09:04

Quarta-feira, 29 de Agosto de 2012

 

 

dos poucos sítios em que os meus putos se aguentam sem «triparem» demasiado, é por entre a bicharada {#emotions_dlg.lol}

 

De tal modo que posso dizer que já percorremos uma grande parte dos locais a Norte do país, onde é possível ver bichos & companhia...alguns deles ja visitamos mais do que uma vez, claro! é o caso do Zoo da Maia  (clique no link)

 

Da última vez que por lá passamos não ficamos com a melhor das impressões. O Zoo estava em fase de reestruturação, muitos dos animais não podiam ser visitados, achamos o local muito sujo e degradado, os miúdos viram tudo em menos de 20 minutos...Entretanto soubemos que o Zoo sofreu obras, recebeu novos animais e prometia novidades, por isso arriscamos e foi por lá que andamos no passado domingo

 

 

 

 

 

francamente está melhor, mais cuidado e mais aprazível

 

 

os novos felinos fizeram as delícias do Quico

 

 

 

 

 

 

o «reptilário» está bastante melhor agora e é o local dos animais preferidos do Rafa

 

 

 

 

o show do «nico», único leão marinho do Zoo foi bastante animado

 

 

 existe um espaço para brincadeiras extra

 

 

e no geral posso dizer que gostamos mais desta vez! Para quem aprecia o género animal, este é um sítio onde pode passar uma tarde agradável agora que estamos a chegar ao final das férias de verão, numa região que merece ser visitada e que apresenta cada vez mais diversidade

 

postado energia-a-mais às 09:10

Terça-feira, 14 de Agosto de 2012

 

alucinantes...assim se vai passando o mês de agosto cá por casa!


Também com um filho diagnosticado com PHDA e outro que leva todas as caraterísticas, qualquer semelhança com a realidade (dos outros) é pura ficção!

 

 

 

 imagem tirada da net

 

 

 

Embora habituada a viver a mil, os dias de férias são para mim uma tortura. São longos, cansativos e super agitados. Demais!! As manhãs despertam cedo e terrivelmente implicativas - para dar um exemplo:

 

6h45 - o Rafa salta da cama e acorda-me, seguindo logo a acordar o mano...disputam de imediato um lugar no PC para ver quem joga primeiro...brigam para ver quem come os cereais primeiro e para ver quem chega o comando da TV primeiro...e depois seguem-se as tardes! loooongas...e cansativas, em que por mais incentivos que vá dando, as únicas coisas que fazem são brigar entre eles e chatear toda a gente...enfim! As horas que passo a separá-los e a tentar que façam alguma coisa, desgastam-me e deixam-me com pouco tempo para viver este período em família.

Finais de dia são para esquecer, cada vez o ritmo aumenta mais e não abranda antes da noite já bem entrada! embora a medicação do Rafa seja tomada por volta das 21h, o adormecer chega lá para a meia noite!

E as rotinas? é que nem querem saber de coisas tão básicas, como tomar banho (porquê mãe? eu nem vou para a escola...) vestirem-se ou deixarem o ar de selvagens em fúria....para o Quico comer é algo que impede saltos e brincadeiras (nem que seja por um segundo) e portanto prescinde disso...

 

De vez em quando atrevo-me a mudar o palco de tanta agitação. E assim, em vez de ficar-mos por casa, lá nos aventuramos numa praia, numa piscina, parque ou qualquer outro sítio que tenha espaço para correrem e sobretudo água para se banharem! aliás, na água conseguem parecer «quase normais» não fosse o entra e sai constante - tipo: mergulho, areia, toalha, areia, mergulho ininterruptamente por mais de 4 horas....e os desatinos com que brindam quem está com eles ou quem fica de mirone....

 

o linguajar anda do melhor! os meus filhos decididamente estão-se a «marimbar» para códigos e acordos ortográficos. Entre eles e deles para nós (e para outros) prevalece o mais puro e duro calão. Mas do norte, claro! que nisso eles são menifestamente defensores da «língua materna». O Quico usa todos os palavrões sem demonstrar réstia de pudor...o Rafa nem pestaneja. Eu antes corava....agora - tapo os ouvidos (o que não ouço não me atinge!)

 

 

e pronto - querido mês de agosto, vê lá se chegas rápido ao fim, sim?



postado energia-a-mais às 09:03

Terça-feira, 07 de Agosto de 2012

 

 

por Terras de Santa Maria

 

Uma viagem de Verão que pode ser fabulosa, basta que se goste da época medieval, se feche os olhos e se deixe embrenhar no espírito que reina naquelas paragens!

 

por estes dias, santa maria da feira recebe a Feira Medieval (clique no link) e para nós que somos fãs do formato, este é um programa que vamos repetindo a cada ano - sempre com novas descobertas.

 

Os miúdos adoram estes encontros com uma época cheia de interesse histórico mas onde a azáfama é o que mais fascina, talvez porque para os meus rapazes sera bem mais simples viverem sem as «etiquetas» modernas lol!

 

Apreciamos os teatros que surgem de repente, com figurantes metediços e que nos fazem «viver» na pele de personagens medievais. Adoramos as recriações históricas, as tomadas do castelo, a bravura dos combates, a possibilidade de fazer-mos parte dos torneios!

 

 

 

Assista ao ‘Verão Total’ da RTP  imagem tirada do site oficial

 

 

 

E para quem gosta da comida de espeto, não deixem de provar as sandes de porco, acompanhadas das mais variadas sangrias (acho que nunca bebi tão boas) e adocem a boca com os crepes gulosos, de sabores únicos. 

 

Para a criançada existem motivos mais do que suficientes para usufruirem de uma bela jornada em que podem ser pagens, rainhas, bobos ou o que a imaginação ditar (e os fatos existentes para aluguer permitam!)

 

Uma escapada de verão a não perder!



 

postado energia-a-mais às 09:05

Sexta-feira, 03 de Agosto de 2012

 

a imaginação!



Para muitos adultos as férias são o pretexto para se «agarrarem» ao livro que querem mesmo ler...para as crianças é quase sempre o contrário - férias são sinónimo de «deixar os livros para trás das costas». Mas é possível fazer do prazer da leitura uma diversão até para as crianças. Mesmo as que sofrem de PHDA lol!

 

O segredo? a história não pode ser longa, tem de ser divertida, despertar a imaginação e levar à ação! E quem diria que um livro de poesia (para crianças) pode condensar todos estes atributos?

 

Eu já conhecia o autor ALMA LUSITANA (clique no link) pseudónimo de um conterrâneo, cuja obra me foi apresentada pela sua maninha (uma das minhas grandes amigas) a Sandra! desta vez ela levou-me a conhecer esta delícia, editada recentemente pela CHIADO EDITORA (clique no link)

 

 

 


através de maravilhosos personagens conta-se uma história com o tamanho/tempo certo, cheia de diversão (a poesia brinca com as palavras) e que puxa pela imaginação! e como o cenário é uma Cozinha Encantada, logo nos leva à ação! O que acontece numa cozinha? Magia é a resposta!

 

Ora lá fomos inspirados para a cozinha e depois da leitura fizemos uma bela sopa fria, receita da minha infância (que é mais uma espécie de sobremesa) com arroz e banana - um outro prazer que nos refresca o verão!

 

Cá vai a receita:

 

250 gr de arroz (preferência carolino)

100 gr de açúcar (ou mel)

4 iogurtes naturais

 

Coloque o arroz a cozer em líquido suficiente na proporção de duas partes de água para uma de leite. O arroz deve ficar bem cozidinho (vá acrescentando líquido se necessário) mas sequinho. Enquanto ferve deve ir mexendo e juntar o açúcar.

Depois de pronto, retire do lume e deixe arrefecer um pouco. Junte então os iogurtes, mexendo bem, divida por taças e coloque no frigorífico, aguarde pelo menos 4 horas antes de servir.

Na hora de levar à mesa, parta umas rodelas de banana e disponha por cima enfeitando cada tacinha.

 

É uma receita que as crianças podem preparar e que para além de nutritiva é fresca pelo que pode srvir de refeição ligeira após um dia de brincadeiras!

 

 BOAS LEITURAS E BOM PROVEITO!

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 09:05

Terça-feira, 24 de Julho de 2012

 

nem só de praia, campo ou rio se faz o verão

 

mesmo cumprindo os «critérios» destas férias - perto e barato(no nosso caso mesmo gratuito pois somos clientes BPI), podemos ir longe na imaginação (não fosse a imaginação andar em baixa e podiamos ir mesmo muuuito longe!)

Desta vez, aproveitando o último dia de férias com o pai, resolvemos levar os miúdos a Serralves. Local de eleição nos meus tempos de estudante, já hà muito não me passeava pelos seus jardins, nem me deleitava com as suas exposições.

Embora tudo seja vivido na nossa família num modo muito particular (quem tem uma criança com PHDA sabe bem as dificuldades de andar fora de casa, principalmente em sítios onde existem muitas pessoas e muitas regras a cumprir...) quero que as minhas crianças usufruam de várias actividades lúdicas, artisticas, culturais, enfim, tudo o que sejam experiencias que a meu ver enriquecem qualquer vida.

 

Assim, depois de muito benzer (como quem diz, muita concentração nos pormenores para que hajam o mais civilizadamente possível em público) lá nos arriscamos a entrar na fundação.

 

Aos domingos, o programa Famílias em Serralves foi o mote para os levar a ver uma experiência na área das energias renováveis. A entrada permite disfrutar dos jardins, passear ao longo da quinta até ao Lagar, local onde voluntários conduzem as crianças e famílias por diferentes temas. 

A aventura ficou registada em fotos e muito na nossa memória, por entre corridas no parque, a cara de espanto do Quico perante as esculturas, a alegria das suas brincadeiras, a curiosidade e traquinice da experiência que tiveram oportunidade de realizar

 

 

impressionado pela grandiosidade

 


 correram pelos «labirintos» de vegetação

 

 

 

observaram os animais

 

   

 

entusiasmaram-se com os carros fotovoltaicos

 

 

 

 

 

tiveram direito a lanche após a construçao de um mini forno solar

 

 

 

o Quico fartou-se de esperar e comeu a salsicha antes mesmo de ela estar tostadinha pelo sol {#emotions_dlg.lol} 

 

Mesmo sem contar com a terrível provação de os manter na ordem, fazê-los obedecer à mais simples regra, o ter de fazer toda a viagem (ainda que curta) em constante tensão, vale a pena aproveitar! aconselho vivamente a quem estiver no norte uma passagem pela Fundação Serralves para um dia diferente que também pode para muitos, ser bem relaxante 

 

 

 

postado energia-a-mais às 13:46

Terça-feira, 10 de Julho de 2012

 

 

ou o retrato possível do verão possível...

 

podia falar de muita coisa. Tanto que tem acontecido nesta sucessão de dias em que tenho andado menos assídua por cá. Podia descrever muitas cenas desde as mais doidas às mais originais. Retratos de uma vida tocada pela PHDA. Qualquer que seja o cenário, a perturbação do Rafa continua a ser a principal tela onde se misturam as mais variadas cores, os mais diferentes tons, os traços mais vincados.

 

Mencionei por alto no post anterior que o pai está por cá estes dias. Um acidente (não grave do ponto de vista físico) acabou por «obrigar» a férias antecipadas - só as esperávamos a quatro lá para finais de julho. Aliás esperava colocar o Rafa num campo de férias (tanto para o ocupar como para me desocupar a mim por um par de horas por dia) e esperava fazer o Quico participar nas idas à praia com o CAF da pré. Mas as voltas da vida trocaram-me os planos (como se isso já não fosse algo habitual puff...). Portanto mais cedo que o previsto vi-me com os três homens da minha vida ao mesmo tempo no mesmo espaço. Sem actividades planeadas e sobretudo sem a minha preparação mental. Garanto que isso faz toda a diferença para o retrato final.

 

Deixei-me guiar ao sabor dos dias (e guio-me como os antigos, olhando pela janela de manhãzinha - se o sol espreita ou se está envergonhado, para assim decidir se saímos ou ficamos dentro de portas) que tanto podem começar com uma birra monumental como com um vendaval de vozes, correrias e gritos por entre espadas, escudos e pistolas de brincar. Quase sempre seguimos o ritmo alucinante dos miúdos e acabamos por fazer mais num único dia, que muita gente fará em todo o verão - exemplo? podemos fazer os 2800 km de parque biológico de Gaia, ver todas as criaturinhas que por lá circulam em semi liberdade, visitar as exposições patentes, fazer o percurso das quintas, olhar pelos binóculos até o mais pequeno insecto

 

 

e mesmo assim, chegar a casa, fazer o jantar enquanto eles montam um cenário de índios, dar banhos como se estivéssemos a assistir a competições olímpicas de mergulho (com apetrechos apropriados e tudo) e ainda dar uma volta pela cidade em bicicleta, terminando a noite com o verdadeiro espírito guerreiro em alta - sendo que eles nos declaram guerra sem tréguas porque simplesmente não querem ir para a cama...

 

E o que dizer do retrato de um típico dia em casa - depois de decidir-mos por entre muita discussão entre irmãos qual o filme que vamos ver, as pipocas divididas até ao último grão de milho, as bebidas religiosamente verificadas (não vá um copo estar mais cheio de chá gelado que o outro), os lugares ganhos quase em batalha campal - o melhor é sempre o lugar que pertence ao outro (mesmo que o sofá enorme possa levar com mais três pessoas) lá começa o fadário de ver e rever as cenas, na guerra por quem tem o comando, quem decide o volume do som, quem orienta a imagem (agora em versão LCD mini, pois que ainda não se prevê nova aquisição que reponha a que destruíram). Fatalmente o filme será interrompido mil vezes antes do fim, recomeçando sempre tudo de novo, enquanto o Quico assobia, grita estridentemente, salta por cima do sofá ou se posiciona em frente à TV e o Rafa grita histericamente, belisca o irmão, pontapeia tudo, manda calar aos berros, solta uns palavrões...Findo o período de histeria colectiva, pais e filhos olham uns para os outros, decidem que o filme já não interessa nada, calma relativa enquanto o mais velho muda o rumo do assunto arrastando o pai para o pc e o mais novo insiste em jogar às lutas ou brincar aos cães...

 

e lá vamos compondo este retrato que apesar de todas as nuances, tentaremos que tenha sempre bem delineadas as figuras principais!

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 09:12

Domingo, 19 de Julho de 2009

 

assim se chama a iniciativa que pretende dinamizar nesta época do ano, a cidade de S.j.Madeira. No centro da praça principal, as noites dos meses (supostamente!) mais quentes são animadas por espectáculos vários, que trazem muita gente às esplanadas e entusiasmo extra à miudagem cá de casa!

 

O Rafa não parou enquanto não lhe prometi que o deixava sair nas noites de fim de semana. O Quico, quer sair em qualquer noite....por isso já tinha planeado a coisa - banhos mais cedo, jantares mais práticos e roupas fáceis de vestir. Sei que se deixar «rolar» passamos o tempo em sucessivas birras e perdemos a possibilidade de gozar mais tempo lá fora...

 

Fiz uma lista e distribui as tarefas do Rafa, tudo muito bem explicado, para não perder tempo depois.  Seguir a lista significava desenrascar-se sozinho e tinha direito a € 1,5 para usar na nossa saída, em bebidas ou gelados. Por cada tarefa que não acabasse sozinho retiravamos € 0,20.. assim, vestir, lavar os dentes, calçar-se e pentear-se eram responsabilidade dele (embora com alguma ajuda, caso necessário).  Consegui desta forma, finais de dia menos complicados dentro de portas, embora mais cansativos lá fora, pois tive de acompanhar todas as correrias, saltinhos, jogos de bola e gelados, hehehe!

No Domingo à tarde em vez de dois, foram três, pois tivemos a companhia de um amiguinho do Rafa, o que não me desagrada, pois que assim consigo dar algum descanso ao Quico....

 

O Quico foi na verdade o protagonista deste fim de semana...parece que tem por objectivo, fazer-me reviver o que passei com o irmão quando tinha a idade dele! Está tão difícil de entender, faz tantas asneiras por segundo e tem uma vontade tão vincada que me fez perder a cabeça por várias vezes...

ele abre a torneira da banheira e pôe-se lá dentro com roupa; ele lava o chão da casa de banho com a vassourinha da sanita; ele joga pela janela objectos vários; ele tira todos os tachos dos armários; ele parte todos os fios, pulseiras ou brincos, meus, da avó ou da bisa; ele grita, esperneia, chama nomes feios, desliga-nos a TV, pôe ao chão os telemóveis e faz grandes xi-xis em todo o lado, menos no local próprio.....quando não está ocupado com isto, é a inconstância total - ora parece um belo anjinho, ora um diabrete graduado....

 

Dei voltas e voltas ao miolo e ainda não tive uma inspiração divina para acabar com esta fase de  eu-sei-que-sou-o-mais-novo-mas-agora-a-atenção-é-só-para-mim!

Se isto continua pela semana fora, acho que tenho de pedir baixa da família inteira, lol! Claro que no meu caso, a baixa obrigaria a looooongas saídas de casa!!!

 

 

sinto-me: a sair da guerra do fds!
tags: , ,
postado energia-a-mais às 23:14

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
Olá,Desculpe intrometer-me mas será que me podia f...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Os que me visitam
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro