A Hiperactividade vista à lupa

Segunda-feira, 14 de Junho de 2010

 

 

 

 

 

 

sardinhada da época

 

 

foi nos anos do avô e feita com muito carinho, porque gostamos da bela sardinha e porque também festejamos o Stº António, pois somos naturais de um concelho que o tem como padroeiro

 

 

 

E que boas estavam! O Rafa adora-as, o Quico ainda não aprecia o sabor mas acha imensa piada por estarem inteiras, pensa que estão vivas e fala com elas

 

 

Também enfeitamos a casa com o belo  que esperamos que dure até ao São João!

 

Mas os festejos mais rijos foram os do aniversário do Vô Alberto! Claro que mais de 90% da animação veio dos dois enérgicos pestinhas da casa. De tão entusiastas fizeram com que o Avô festejasse de uma só vez 4 aniversários....as vezes que entoaram a cançoneta da praxe e fizeram zunir o brinde!

Se tivessemos filmado a cena, seria possível ver dois «monstrinhos» que nunca se calaram, saltando em cima das cadeiras, tentando comer de tudo (principalmente o Rafa) ao mesmo tempo, virando e revirando as prendas do aniversariante, beliscando-se um ao outro, fazendo brindes com ice tea e muita pirueta para chamar a atenção. Também se poderia ver os adultos a fingir que nada daquilo incomodava  e que era possível manter uma conversa...e até a tentarem comer alguma coisa das muitas iguarias (isto sou eu a dizer que sou boa na cozinha)

E depois houve a grande cena de quando os dois chamaram o avô para a parte vazia da sala, o sentaram numa cadeira e com toda a pompa, fizeram rebentar um tubinho cheio de papelinhos coloridos e fitinhas de cores várias (coisa chique que se compra nas lojas de chineses...) e que deram um toque de maravilhosa barafunda ao que restava do espaço da festa

 

Enfim, para não variar muito, tivemos de tudo este fds, desde gritos, birras e afins, a histerismo por causa das barraquinhas de festa e respectivas rifas, uma zaragata entre irmãos que acabou com um nariz a sangrar e uma infinidade de correrias....

 

Mas o importante é que consegui manter o Rafa medicado, o Quico embora levando umas palmadas (que ele está indomável e respondão que só visto) andou bem disposto e falador e deixei-me contagiar pela alegria da ocasião e carreguei as pilhas - sim que eu pra carregar nem preciso de muito lol!

 

 

Agora que entramos na última semana de escola antes das grandes férias do mais velho, tenho de arranjar maneira de conservar a minha disposição, pois que tempos difíceis se avizinham - já vos disse que para mim férias significam tortura?

 

 

 

postado energia-a-mais às 09:31

De Patricia a 14 de Junho de 2010 às 12:10
olá Teresa

A mim o neuropediatra aconselhou-me a dar ao meu filho doses maciças de desporto. Assim em Julho inscrevi-o nas ferias desportivas, onde estão garantia actividades desportiva das 9.30 as 17.30 todos os dias. O ano passado foi um sucesso e esse ano vou repetir.

Será que com o teu Rafa um programa assim não resultava??
Quanto a ferias de familia, vamos acampar...o que tambem resulta muito bem, porque espaço fechado só existe para dormir!!

Patricia

De energia-a-mais a 14 de Junho de 2010 às 12:57
Olá Patrícia,
O Rafa tem andado num campo de férias, nos últimos dois anos. Muitas actividades, idas à praia e à piscina, é um campo que funciona só no mês de Julho. Mas este ano ele não se quer inscrever, tem sido uma luta - a tal questão de quererem fazer sempre coisas diferentes, acha que já não há nada de novo no campo...
Por cá só temos férias com o Pai nos primeiros 15 dias de agosto. Nunca fizemos férias fora, as tentativas sairam sempre «furadas». Acabamos por ficar em casa e fazer umas saídas a parques naturais, quinta de santo inácio e coisas do gênero! andamos sempre a correr, os miúdos nunca se cansam e nós ficamos mais cansados do que antes das férias lol!
Mas o campismo parece-me uma excelente opção e até era capaz de resultar!

Beijinhos

De mil sorrisos a 14 de Junho de 2010 às 13:23
A festa do avô deve ter sido animada. Já as férias e a tortura que se avizinha, compreendo-te perfeitamente... Sem ocupações tão rígidas em termos de horário e disciplina, tudo deve ser bem mais complicado...
beijos e mil sorrisos
:o)))

De energia-a-mais a 14 de Junho de 2010 às 20:34
super hehehe! a tortura das férias começa logo no dia 1...quando o Rafa tenta arranjar ocupação que lhe valha!
Beijocas

De Patricia a 14 de Junho de 2010 às 14:32
Teresa
Se não tiveres experiência com tenda a acampar. Sugiro-te a opção dos bungalows. a maior parte dos parques de campismo, agora tem bungalows para alugar. E funciona também bem. Porque eles passam literalmente o dia na rua. E como podes cozinhar..não existe o stress diário das refeições em restaurante.
Ai perto na Galiza ...existem muitas opções viáveis, mas em Portugal, nos parques da orbitur tambem!
Bjs
Patricia

De Patricia a 14 de Junho de 2010 às 14:38
Teresa

Mais uma coisa...
E agora imagina...o que é um hiperactivo com uma irmã da mesma idade que a actividade predilecta é estar sossegadinha sentada ou deitada a ler um livro.
Para juntar à grande festa existe uma 3º criança...muito mais pequena...que parece ficar em grau de actividade no meio dos outros dois, ou seja activa qb. Logo ferias...com cansaço garantido...mas com animação e felicidade sem fim!

Patricia

De energia-a-mais a 14 de Junho de 2010 às 20:44
Patrícia,
a ideia dos bungalows parece-me bem atraente. Embora tenhamos uma casa à disposição na zona de praia, que já usamos algumas vezes, só que sempre temos de regressar após dois, máximo três dias, pois o Rafa nunca quer ficar no mesmo sítio (fora da casa dele) muito tempo... Outra tortura é a viagem necessária para cgeramos ao destino de férias, ele não consegue andar de carro muito tempo (diga-se meia hora já é um suplício) deposi nunca leva o cinto, não vai sentado, leva a cabeça fora do vidro ou os pés para cima, paramos de 5 em 5 minutos...ou porque o pai se irrita e grita e pára o carro, ou porque ele ameça sair mesmo em movimento, ou porque quer vomitar, enfim - um filme! e o mais novo acompanha!
Agora imagino que em tua casa também não seja fácil conciliar as coisas com 3 crianças e suas diferenças - pobre mana, sei bem o que sofre o Quico...nunca pode estar sossegado com o Rafa por perto. E sei que se não tivesse um irmão hiperactivo, o Quico seria uma criança com outro ritmo...enfim! o que nos vale é a tal felicidade que sentimos com toda a animação que proporcionam!
Beijihos e obrigada mais uma vez pelas sugestões, eu vou pensar a sério qual tentar estas férias!

De energia-a-mais a 14 de Junho de 2010 às 20:48
...desculpa os erros, eles andam aos saltos em cima da minha cama e o Rafa quase mata o irmão....enfim! coisas normais lol!
beijinhos

De Patricia a 14 de Junho de 2010 às 22:39
Olha Teresa

Penso que o caso de hiperactividade do meu filho deve ser menos severa que o do Rafa. Nunca tivemos qualquer problema em ir de ferias ou andarmos de carro, ele como é muito observador vai entretido a ver a paisagem.... Também com uns avos a morar a 200 km de distancia e outros a 300 Km...se as viagens fossem difíceis era muito complicado. Quando os 2 mais velhos tinham 6 anos, fomos ate Paris de carro à disneylandia. Iamos parando e acampando ao longo do caminho. Foram 15 dias de vida de saltimbancos inesquecíveis.
O Nuno adora a novidade e faz amigos em qualquer lado..por isso as ferias funcionam muito bem.

E vai pensando nas ferias... Sair de casa e da rotina faz sempre bem!

De energia-a-mais a 14 de Junho de 2010 às 23:27
Pois, cada caso é um caso. Existem diferentes tipos de hiperactividade em diferentes graus - o Rafa está diagnosticado como hiperactivo impulsivo em grau severo, inserido num comportamento disruptivo de oposição/desafio. Tem comportamentos típicos de outros distúrbios como as fobias e as manias ou rituais. É sempre complicado fazer qualquer viagem de carro, nem que seja para a escola a 5 minutos de casa! se vires no blog, descrevo algumas cenas que se vão passando sempre que saímos. Por isso tenho tanta dificuldade em andar com eles longe daqui...
e tens toda a razão sair da rotina só nos fazia bem, se não for eu a tentar dinamizar isto, o meu marido acomoda-se (pois enfrentar tanta birra e desatinos ainda por cima com medo das multas, não é fácil)
Beijinhos

De Patricia a 14 de Junho de 2010 às 23:42
Já pensaste em irem de comboio?
E como funciona o rafa nos passeios da escola...quando existe deslocação em camioneta?


Se ele funcionar bem...vão de camioneta...

Patricia

De osmeuspestinhas a 14 de Junho de 2010 às 16:04
Uma festinha animada q.b.
Férias =sinonimo de cansaço mental(eu que o diga tb)conciliar os miudos com os avós uma semana para cada um.E almoço outra tortura,imagino tu
Boa sorte então
bjinhos

De energia-a-mais a 14 de Junho de 2010 às 20:47
Sim, querida, festa bem animada! as férias, pois, sabes bem o que me (nos) espera não é? seria tão bom umas férias a sério!
beijinhos e vamos sonhando?!


mais sobre mim
que querem saber?
 
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

19

20
24
26

27


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro