A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 15 de Setembro de 2010

 

uma alma caridosa (e experiente) poderá dar-me uma sugestão válida para isto?

 

sem ser atirar pela janela, vender na net, dar para adopção ou outra alternativa igualmente chocante....

 

como faço o  meu rapagão de 9 anos entender que não pode dormir comigo todas as noites?

 

 

é que já se me ocorreu tanta coisa e nada resultou...e todas as noites andamos nisto.....

 

já agora alguém que me explique também porque é que a «porra» do comprimido que toma para o fazer dormir melhor, só parece ter efeito, na minha cama?! é que assim que o mudo para o quarto dele, acorda de imediato, se o faço adormecer já na cama dele, então é mais que certo que às 2h da manhã ainda andamos às turras...

 

e por favôr, não venham com as tretas de que isso passa, são fases, ou que até sabe bem agora que vamos para o frio...porque sinceramente, para além da minha privacidade e da dele, um miúdo com quarto próprio, com idade em que está devia querer a sua independência...

 

ai que me dá uma coisa má, não tarda muito.... irra!

 

 

postado energia-a-mais às 11:05

De mamaepedro a 15 de Setembro de 2010 às 12:05
Pois... eu devo ir a caminho do mesmo problema, se bem que eu adormeço-o na cama dele e ele lá fica, mas precisa sempre de alguém para adormecer, eu sei, que se o habituarmos, ele acaba por adormecer sozinho, mas tenho sempre pena dele e a idade estipulada é aos 6 anos, pronto :p
O Rafa terá muitos pesadelos e vê em ti uma segurança? é que ele sabe se tu dormires no quarto dele depois te escapas para o teu quarto...eu decididamente não sou uma boa ajuda :)

Beijinhos

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 13:19
mas tu ainda tens a possibilidade de estipular a idade lol! sabes, eu antes deixava-o no quarto dele mas sempre me pedia para ficar até adormecer. E eu ficava, nunca me vinha embora do quarto sem me certificar que adormecera, até porque ele demora muuuuuito a ficar sossegado! Eu sempre fui muito «severa» no que diz respeito a dormir na cama dos pais, não quer dizer que não possam, mas por sistema não, só em certas situações. Enquanto mais pequeno não havia tanto problema, agora mais crescido parece ter uma fobia a ficar sozinho....fico possessa confesso!
beijos

De Existe um Olhar a 15 de Setembro de 2010 às 12:41
Uma perguntinha maluca: Tens algum espelho no quarto dele em frente á cama? Se tiveres muda-o, depois explicarei porquê, senão muda para uma dose de Zirteck, adormece de certeza ( estou a brincar).
Beijos
Manu

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 13:23
do espelho, fiquei intrigada, admito! mas não tenho! nem tenho espelhos nos quartos...(explica-me na mesma!) do Zirteck...lol! na verdade, a ele não faz qualquer efeito! mas olha se calhar vou eu tomar! pelo menos adormeço antes dele
beijos muitos

De C. a 15 de Setembro de 2010 às 12:50
Mas tu só fazes perguntas difíceis? Decididamente não sou a tua alma caridosa...LOL. E se ele dormir com uma peça de roupa tua, usada. O cheiro por vezes funciona! O óó do meu sobrinho de 4 anos é a t-shirt usada do pai. Pode fazer confusão, mas ele assim dorme muito bem. Experimenta, às tantas ainda te arranjei a solução! ( era tão bom...).
Se me ocorrer mais alguma ideia venho cá dizer-te ;)

beijocas e boa sorte para a próxima noite ( parte uma perna!)

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 13:25
looooool opá ele queixa-se de ter o nariz entupido...mas se já tentei tanta coisa e confesso que nunca experimentei a do cheiro da roupa, olha tou por tudo! tá decidido ele hoje vai dormir agarrado a uma camisola minha!depois conto como correu!
beijinhos

De C. a 15 de Setembro de 2010 às 16:12
OK, espero que resulte!
Beijocas ;)

De susana miranda a 15 de Setembro de 2010 às 13:04
Amiga,

Ele tem de entender que ambos necessitam próprio espaço (mãe vs filho), o Rafa tem dificuldades em adormecer mesmo com a medicação, à noite para ele é complicado, significa “ separação” apesar da mesma casa, quartos diferentes.

Penso que num post colocavas a questão da música, resultou? Para que tem sono leve uma música relaxante ajuda, ou música mais “ acelerada” .

Tenta na mesma com a medicação, no quartinho dele, não vai ser fácil… tens começar algum dia. Ficas um pouco com ele e reforças sempre “ tu és capaz ficar sozinho” “ a mãe está quarto lado”. Tens ter firmeza … :) )

Muitos Beijinhos

P.S é o que digo aos meus eh eh (era para ver sorriso nessa carinha).

Viste o mail.. tão chatinha (eu)

Susana Miranda

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 13:34
looool! és uma querida!
eu já lhe disse vezes sem conta que estou mesmo ao lado, que me pode chamar de noite se precisar, que lhe dou um voto de confiança...nada! todas as noites é uma luta! eu fico ao lado dele, ele parece dormir, eu vou para a minha cama, ele segue-me imediatamente...uff! a música resultou numa priemira fase, para se acalmar deixava ouvir dois temas da preferência dele. Mas depois começou a querer ficar a ouvir à maneira dele e tinha o efeito contrário!
e depois irrita-me estar sempre a perguntar porque é que as crianças têm de dormir sozinhas e os adultos, depois de casados, dormem juntos....
vi o teu mail! desculpa se ainda não te respondi, tenho novidades para te contar, hoje sem falta te mando mail!
beijinhos

De Jorge Soares a 15 de Setembro de 2010 às 13:55
Precisamente ontem falávamos sobre o problema das dificuldades em adormecer do N. a partir do momento em que começa a tomar a medicação.

A regra lá em casa e que é válida para os 3, é que há uma hora de ir para a cama, regra que sempre existiu e que sempre se cumpriu religiosamente, é claro que é válida seja a criança hiperactiva ou não, quando chega a hora de deitar, eles vão para a cama deles. Ponto final.

O que fazem na cama é com eles, se querem dormir dormem, se querem estar acordados estão é com eles, mas tem que estar na cama.

É claro que a reacção de cada criança é diferente, a mais velha dorme que nem uma pedra passados poucos minutos, o N. passa horas às voltas na cama, principalmente se está a tomar a medicação, a mais pequena, fala durante uns minutos, faz barulho, mas termina por adormecer. Mas a regra é sagrada, não podem sair da cama... e ficam lá sozinhos, nunca ficamos lá com eles, nunca adormecemos ninguém, e não há abébias.

Dito isto, regras, tudo passa por instituir regras e ter mão dura para que elas se cumpram. Depois do hábito instituído as coisas funcionam...e ainda há dois dias era uma da manhã e o N. estava acordado...e estava na cama desde as dez, mas não saiu de lá e não chateou ninguém.

A resposta para a tua pergunta é, regras, cria regras e sê inflexivel para que elas se cumpram.

Jorge

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 21:20
Olá Jorge,
li atentamente o teu comentário e gostaria de reforçar dois pontos que me parecem essenciais (corrige-me por favôr se estiver enganada). O teu N. não tem distúrbio do sono, certo? ou seja, os problemas em adormecer surgem apenas como consequência da medicação. Nas crianças hiperactivas, o período de «descompensação» pode originar uma impossibilidade de conciliar o sono. Muitas vezes pode ser alterado, fazendo um reajuste da dose e/ou do horário da toma. No caso do Rafa o distúrbio do sono foi detectado ainda antes do diagnóstico de hiperactividade.
Das regras, cá em casa nunca foi problema definir regras e mantê-las. Começei a fazê-lo aos dois anos e meio, quando ele foi encaminhado pelo pediatra (depois de ter feito vários exames geneticos) para psicologia. hora de dormir não era pacífica mas o deitar era feito às 22h e nunca podia sair da cama. Eu lia-lhe o que era estipulado antes de o deitar, nem mais uma página (ou ficaria até ser dia lol) e depois ia para o meu quarto. Como ele não adormecia, batia com a cabeça de uma lado e doutro da cama, virava-se vezes sem conta, mordia-se ou arrancava os cabelos. Esse comportamento durou até aos 4 anos. Sem nunca ter sido quebrada a regra, eu ia para o meu quarto, ele ficava na cama.
Depois de medicado para dormir, a coisa melhorou no sentido em que ele acabava por adormecer, sem acordar de noite, ou embora acordando, sem ir para a minha cama. Só que as coisas foram piorando, a hiperactividade dele, de tipo impulsivo, não lhe permite ficar imóvel. A regra mantêm-se mas ele tem dificuldade em cumpri-la, como a todas as regras aliás! Ele sabe que não pode vir para a minha cama, para a cumprir eu acabo por ir ao quarto dele, a coisa resultaria se ele não acordasse...mas ele acorda de hora a hora.
Queria voltar a fazê-lo cumprir a regra, o irmão cumpre essa regra e se acorda e quer ir à casa de banho, volta para a cama dele, sem problemas, embora possa ficar acordado algum tempo...
Não cumprir uma regra não quer dizer que ele esteja a ser desobediente, simplesmente existem regras que devem ser adaptadas, para que o faça cada vez melhor. Por exemplo, eu já o castiguei por isto e claro, não resultou...mas quando há uns dias atrás ele conseguiu ficar na cama dele durante toda a noite, a satisfação dele era tão grande e genuína que não parava de falar disso, quando lhe dei um grande beijo ele chorou de alegria...
Um abraço

De osmeuspestinhas a 15 de Setembro de 2010 às 13:56
Compreendo perfeitamente a tua angústia tive o mesmo problema ate bem pouco tempo atras com os 2 ,minha cama é que servia para dormirem nem mesmo indo adormeçe-los no deles.Nas férias optamos por restruturar os quartos ,ou seja 2 camas de solteiro num quarto onde o pai e a ma~e vão para cada cama até eles adormecerem ou pelos menos mais pequeno.De noite acorda e ja não vai para nossa cama mas temos que ficar lá com ele muitas das vezes ja nem volto para minha ou nem o pai acabando por ficar lá.Compreendo que tu sozinha seja mais dificil .
boa sorte amiga
bjs

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 21:25
pois é linda! claro que às vezes acabamos por facilitar, como dizes. Mas a mim mete-me impressão porque houve uma fase em que ele ficava e não saia da cama dele...
beijinhos

De luadoceu a 15 de Setembro de 2010 às 14:14
Amiga
Compreendo tua angustia
Não sei que solução a dar-te, porque tb a quero para minha filha de 13 meses.
Dantes a minha filha ia para cama, sempre ate as 21h00 da noite, começou a piorar apos os 12 meses e tb n sei pq.
Se les meus postes les minha angustia.
Ultimamente por minha culpa,a faço adormecer na minha cama,para acalma la, para depois ir para a dela, falo de noite
Repara que dorme sozinha na sua cama, desde os 3 meses e dois dias,mas tem sido um castigo,parece que a energia vem toda de noite.
Quero ter regras de horarios tb p dormir, para comer, ja tenho e consigo, mas a refilice e tanta, p acalma-la um castigo, q tb n sei p onde virar me e tem 13 meses e erro, mea culpa.
Uma criança deve ter regras, para aprender mais tarde a respeita-las e sobretudo a respeitar-nos,ter o espaço deles, visto já srerem homenzinhos e umas mulherzinhas,, nossa vontade se calhar não chega, obriga-los, para depois ter mas noites, acho pior, mesmo as vezes parecendo ser solução....
Sincera mais do que isto nao posso: peco, erro,má mãe,não te sei dar solução...m

Mas devem ter regras...ensinar a te las, dizer que devem ter seus espaço, aprender a esatr sozinhos, a serem independentes.....enfim...complicado

Bjinhos e felicidades...nao usando frases logotipos...ehehehe

De Angélica a 15 de Setembro de 2010 às 14:30
Olá, o meu filho toma exactamente a mesma medicação que o seu. Eu arranjei 1 colchãozinho e deitei-me ao lado da cama dele. Na 2 1as noites fiquei a noite toda. Depois passei a ficar até á meia-noite (o F deita-se ás 21h30m/22h no máximo), mais 1 ou 2 noites. Agora só fico no máx 30m a 1h até ter a certeza que ele está mesmo a dormir (faz um som caracteristico). Há noites em que ele acorda 1 a 2 vezes e eu vou lá dou-lhe 1 bjinho digo-lhe que estou ali ele fica. Quando começa com sono já não vai para o sofé, vai directamente para a cama dele. Foi gradual mas para a minha cama não voltou nem sequer para adormecer. Uma amiga minha tem um filhote hiperactivo e a solução para ela passou por produtos homeopáticos e osteopatia. Com resultados fantásticos mas mais lentos na actuação. Vou perguntar-lhe e depois venho cá dizer.

Bjinhos

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 23:02
Olá Angelica!
Obrigada pelas dicas! o colchão já funcionou cá em casa. Quando começou a ser evidente que o Rafa não conseguia permanecer deitado sem estar ninguém com ele, também usei essa tecnica e resultou. De há uns tempos para cá, talvez um ano, é que as coisas começaram a piorar porque ele acorda tantas vezes que eu teria que ficar a noite toda com ele...
dos produtos homeópaticos sinto curiosidade, embora já tenha tentado outras terapias alternativas mas sem resultados! gostava de saber mais,
beijinhos, obrigada pela visita

De Rafaela a 15 de Setembro de 2010 às 16:41
eu cá não te posso ajudar porque a [vou sussurrar] a leonor dorme comigo!! sim ouviste bem!! :) por isso talvez va para o mesmo caminho! :SS

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 22:43
loool! minha amiga, estás definitivamente tramada! se bem que já li especialistas afirmarem que o dormirem ate tarde com os pais, em nada interfere na sua independência e numa boa rotina do sono, eu não partilho da mesma opinião! e por isso é que fico «lixada» pois nunca, nunca incentivei os miúdos a dormirem comigo, mesmo quando em bébé o Rafa me fazia levantar 14 vezes por noite!
beijocas doces e bons sonhos

De Patricia a 15 de Setembro de 2010 às 23:33
Bem Teresa , 14 VEZES POR NOITE!!! E eu a pensar que as 8 vezes que nos nos levantavamos por noite para o nosso filhote...era muito! E eu me confesso...eu à 5 ª vez que me levantava..só não o trazia para a minha cama...porque ele nessa altura, entrava em panico, so de pensar que se ia deitar numa cama grande!!!

Como te disse o Jorge, o nosso filho foi imensamente complicado para dormir. E até aos 4 anos..acordava muitissimas vezes todas as noites e ainda hoje muitas vezes acorda, só que ja está habituado a ficar deitado à espera que o sono volte. Mas para nós...a única solução foi o cumprimento escrupuloso das rotinas de deitar.

Mas sinceramente Teresa. Será que é uma batalha...assim tão importante a ganhar ? Será que agora o mais importante, não é tu e ele conseguirem dormirem, e descansarem? Uma amiga minha, dizia-me que só deixou de dormir com os pais e a conseguir dormir sozinha, quando começou a namorar..lá para os 15 anos! TAlvez ainda tenshas que esperar um pouco...

De energia-a-mais a 16 de Setembro de 2010 às 11:32
Olha Patrícia, só te digo como uma leitora deste blogue já cá comentou «caramba, tem de ser tudo tão complicado?» Bolas, uma boa noite de sono é tão importante para todos...
Eu só insisto porque a exemplo de outras coisas, tenho medo que isto se torne um daqueles hábitos que se prolongue no tempo...confesso que não me apetece ter um matulão na minha cama, até porque o meu marido, coitado...teria de dormir no sofá!
beijinhos querida

De flordemiosotis a 15 de Setembro de 2010 às 19:57
Estive a ler isto tudo e não me ocorre mais nada a dizer senão um "Ai Jesus!". Porque é que é tudo tão complicado, caramba?
Beijinhos

De energia-a-mais a 15 de Setembro de 2010 às 22:46
Olá querida! sim, caramba, apenas queria ter uma coisinha em que não houvesse luta...será pedir muito?
beijocas, doces e fofas como a tua Mi!

De Maria Pereira a 16 de Setembro de 2010 às 12:48
Eu lá em casa n tenho esse problema. O mais novo não gosta de dormir com companhia na cama, a não ser que esteja doente e o mais velho gosta mas não se importa de dormir no quarto dele.

Mas tenho 2 amigas minhas que tiveram esse problema; uma passou a ir dormir no quarto dele, uma noite o pai e outra a mãe, até ele ter uns 12 anos. Outra amiga minha comprou um gato à filha, tinha ela já 14 anos, e só assim ela passou a dormir sozinha, agarradinha ao gato... Não sei se foi boa ideia foi foi logo mãe aos 17 anos, deve ter ido agarrar-se a outras coisas.... :) (humor negro!!!)

Bjs e espero que encontres uma solução mas acredito que não seja fácil


mais sobre mim
que querem saber?
 
Setembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
17
18

19
22

28
30


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro