A Hiperactividade vista à lupa

Domingo, 09 de Outubro de 2011

 

 

as rotinas durante e após cada vinda do pai a casa é do pior que há....

 

ponto 1 - o dia em que o pai chega faz toda a diferença na continuidade de uma rotina diária que, quando não é levada com pulso de ferro, facilmente descarrila! que isto dizer que o pai chegando num dia de semana, como numa sexta feira por exemplo, é quase certo que os miúdos se vão desorganizar...e isso foi o que aconteceu na passada sexta - quando acordaram viram o pai em casa e num dia de escola isso é (quase) sempre fatal!

Quando eu não estava a trabalhar, conseguia, com esforço e persistência é certo, levá-los nem que fosse após uma luta de horas. Mas o pai nem sempre consegue ter esse pulso firme e como tive de sair para o trabalho antes das nove, a confusão instalou-se. O Rafa iniciou de imediato os seus «ataques» incontroláveis de histerismo, misturados com os inevitáveis sinais de ansiedade - transpirava tanto que a camisola do pijama ficou literalmente encharcada, os vómitos era audíveis a quilómetros, a tensão por ver os ponteiros dos minutos a ecoarem pelo quarto era demasiada. Quando demos por ele, estava tão transtornado que nem o percebíamos a falar - tudo porque o Rafa não queria ir à escola, claro, dado que o pai estava em casa!

 

O mais pequeno mantinha-se prudentemente afastado, receando a explosão iminente do mano - mas igualmente determinado a ficar em casa, fosse qual fosse o desfecho! deixei-os com aquela sensação estranha de que o pai já tinha perdido a batalha - e depois das nove, tive a confirmação com uma lacónica SMS do pai «ficaram em casa»...

 

ponto 2 - programar uma saída a quatro pode ser um verdadeiro tormento - primeiro querem, depois já não, depois querem mas não se decidem onde, depois cismam com um lugar qualquer, normalmente não possível, depois já não querem outra vez...enfim! como já não íamos ao cinema juntos, fazia muito tempo, resolvi que esse podia ser um bom destino. No entanto as opções aqui na zona não eram famosas e a deslocação de carro, por curta que seja logo traz as habituais cenas de «terror». O pai continua a não conseguir fazer uma viagem sem constantes paragens, discussões, arranca, parar outra vez....uma eternidade para se chegar ao final - quem consegue sobreviver a isto está preparado para enfrentar qualquer coisa!

 

ponto 3 - ter mão nos dois pestinhas em lugares públicos continua a ser um desafio digno das melhores medalhas de mérito! um segundo de distração e já os dois aprontaram alguma coisa...o Rafa consegue ser tão rápido que nem o mais rápido dos nossos pensamentos chega a tempo de o impedir de fazer o que ele decidiu fazer...o Quico tem uma capacidade de inovação nas asneiras que nem o mais capacitado dos argumentistas lhe acompanha o ritmo...posso dizer que a agitação do Arrabida Shopping teve um ponto alto no sábado à tarde!

 

ponto 4 - depois de tudo por que passamos para ir, temos de voltar a passar tudo para voltar! e não, não regressam mais cansados...a energia continua a mesma!

 

ponto 5 - tentar suportar a despedida do pai, exige muito e desgasta muito! e organizar a vida depois destes «tsunami» não é mesmo nada fácil!

 

p.s: voltaram hoje à escola, eu estou de férias esta semana, aproveitando para organizar também o início das atividades do nucleo da APCH, a semana vai ser certamente dura...

 

tags: , ,
postado energia-a-mais às 23:32

De mil sorrisos a 11 de Outubro de 2011 às 21:26
Imagino que esta ausência/presença do pai seja difícil de gerir por eles e até por ti... De qualquer maneira, não tenho a mais pequena das dúvidas que acabam por conseguir tirar o melhor partido possível dos momentos vividos a quatro...
beijos e mil sorrisos
:o))

De energia-a-mais a 12 de Outubro de 2011 às 11:11
pufff! nada fácil até porque o tempo é sempre curto para tudo o que se quer fazer...aproveita-se o que se pode!
beijocas

De Nadia a 12 de Outubro de 2011 às 00:24
VALENTE! Super Mulher e Mãe! Eu tombo com 1/4 dessa agitação...
Bjs e frui desta semanada ;))

De energia-a-mais a 12 de Outubro de 2011 às 11:12
lol! temos de ser valentes nos tempos que correm, cada vez mais!
beijos doces

De sentaqui a 12 de Outubro de 2011 às 22:54
Cada vez que leio um post sobre a forma com que lidas com os teus meninos , mais admiração sinto por ti.
Mãe e mulher coragem!
Por vezes pergunto-me como aguentas, mas depois lembro-me que Deus não nos dá mais do que aquilo que podemos suportar.
Beijinhos

De energia-a-mais a 13 de Outubro de 2011 às 11:13
Bom, acho que todos têm uma missão por cá, talvez a minha seja testar a paciência!
beijocas, obrigada pelo carinho

De geriatriaaminhavida a 13 de Outubro de 2011 às 10:46
Vida dura a vossa!
E mais dura a tua que passas a maior parte dos dias sem o apois do marido.
Mas a vida é mesmo assim, não é?
Boa semana de preferencia sossegadita.

De energia-a-mais a 13 de Outubro de 2011 às 11:15
Acabamos por não viver propriamente num casamento - privar os miúdos desse contato diário com o pai é o que doi mais...infelizmente condicionantes da vida levam-nos a tomar certas opções, só espero que no fim do caminho essas opções não se revelem demasiado pesadas!
beijos


mais sobre mim
que querem saber?
 
Outubro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
15

16
17
19
21
22

24
26
28
29

30


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro