Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

06.Dez.11

sim nós podemos

 

 

usar e abusar da frase «olha que o Pai Natal não te traz prenda nenhuma  se ficar triste contigo»

 

 

pelo menos até percebermos que os miúdos acreditam mais no facto do Pai Natal não ter dinheiro para pagar aos duendes que o ajudam a fazer os brinquedos, do que na balança do bom comportamento

 

O Quico diz que este ano só vai querer uma prenda - porque o pai natal «está mais pobezinho...» se bem que até existem alternativas «ele podia pedir dinheiro não era mamã?» - bem, talvez haja uma «troika» natalicia lá para os lados da lapónia....

 

O Rafa que vive mais pela quantidade do que pela qualidade, tem alguma dificuldade em entender a redução do número de prendas «podias dar na mesma, compravas mais por menos...» não há por aí um slogan assim?

 

Este domingo aventurei-me a ir com eles almoçar fora e ver o filme de que eles me falaram mal souberam da estreia, uma espécie de prenda familiar (embora sem o papá presente)

 

 

foi do melhor! apesar da muita ginástica para os manter controlados, conseguimos passar um dos momentos mais divertidos dos últimos tempos! o filme é fabuloso (recomendo sem receio) e a prática foi-me ensinando como é possível planear as coisas de modo a disfrutar da companhia uns dos outros (bem mais fácil a três do que quando existe ajudas extra, confesso!)

 

imagem retirada da net

 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.