Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

16.Fev.12

da escola (mais uma)

 

 

recados tão «básicos» que irritam {#emotions_dlg.annoyed}

 

do Rafa

 

«o seu educando atrasa-se sistematicamente a entrar na aula de educação física, demora muito tempo para trocar de roupa. Tem de o alertar para esse facto e providenciar para que não tenha tanta dificuldade em se vestir e calçar...»

 

e este

 

«o seu educando não conseguiu passar uma frase do quadro porque esteve o tempo todo a afiar o lápis...»

 

recado meu aos recados

 

o meu educando sofre de PHDA patologia que entre outras caraterísticas o faz ter dificuldades de motricidade «fina» ou seja nota-se por exemplo no vestir e no calçar e ter dificuldades de concentração que se nota por exemplo no facto de perder muito tempo a executar uma tarefa que não era importante (afiar o lápis) e não conseguir terminar a tarefa que era exigida (copiar a frase do quadro)

Agradeço que tenham com o meu educando a capacidade de flexibilizar as regras e sobretudo de ajudar a que cumpra com as suas tarefas escolares

 

isto para além do Quico continuar a ter momentos de «bradar aos céus» e ter ficado de castigo na pré porque simplesmente tem formas «diferentes» de interpretar as brincadeiras...safa-o a A. a sua «namorada» auxiliar do ATL! mas para o ano tenho dúvidas de que a coisa corra assim tão bem...

 

tou irritada...tou!

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    energia-a-mais 21.02.2012

    Olá Diana! bem, infelizmente no alentejo ainda não estamos representados. Mas a verdade é que os núcleos de apoio (como este que estou a coordenar aqui no norte) nascem sobretudo da iniciativa de pais que arregaçam as mangas e vão à luta. No fundo são grupos dinamizados por alguns pais que mesmo sem outro tipo de ajuda decidem avançar e criar espaços de apoio. Se quiser posso dar-lhe indicação de como pode proceder para dinamizar aí na sua zona uma ação de formação com a APDCH. Tem é de me dar o seu email para podermos comunicar e combinar estas questões.
    Em relação à campanha nas escolas, aqui na minha zona estamos com um projecto aberto à comunidade escolar - são ações que contam com a orientação do nosso psicólogo e que procuram dar resposta às questões que nos chegam dos professores. Muitos já se encontram bastante sensibilizados para este problema e querem colaborar. Também temos um Guia para professores com excelentes dicas e procedimentos básicos para colocarem em prática na sala de aula - posso enviar-lhe alguns destes guias se quiser.
    Sinta-se à vontade para intervir sempre que quiser, é uma mãe com muita força, beijinho grande para si e para o seu menino!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.