A Hiperactividade vista à lupa

Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2012

 

 

segundo um estudo apontado pela TVI as mães portuguesas são das que menos tempo dispõe para elas próprias - menos de 30 minutos diários (o que dá para a higiene pessoal e pouco mais...). Para além de serem das que mais horas trabalham fora de casa, são seguramente das que mais trabalham em casa, gastando o seu tempo entre as tarefas domésticas, as rotinas de compras, desdobrando-se em atender às várias necessidades de todos os membros da família, chamam a si o papel de mãe, esposa e gestora. São ainda as que mais investem em aprofundar o relacionamento com os filhos, com a sua educação, com as suas atividades extra curriculares, com as suas preferencias... No entanto como o dia das mães portuguesas só tem 24H o tempo para se dedicarem com qualidade, acaba por ser reduzido!!!

 

Isto é, comparando com o que se passa nos outros países europeus que também entram no dito estudo, manifestamente ingrato! mas não é isso que pensam as mães portuguesas - apesar deste esforço que as obriga a abdicarem de si como seres individuais, as mães nacionais são as mais agradecidas - bastando um sorriso dos filhos para que se sintam compensadas....

 

O que é que se me oferece dizer sobre isto? bem, que ou as mães portuguesas são verdadeiras heroínas, ou são realmente pouco exigentes em termos pessoais. 

 

...e não meus ricos filhos, a mãe não se contenta só com o vosso lindo sorriso!!!

 

 

postado energia-a-mais às 11:30

De Maria Pereira a 23 de Fevereiro de 2012 às 12:26
São nºs e os nºs valem o que valem... por experiência própria digo q gostava de ter mais tempo para mim, tomo um banho de espuma (que adoro!) muito raramente, faço a depilação a correr e pinto as unhas às vezes no emprego, carregando nas teclas do computador apenas c uma mão enquanto a outra seca.... mas gosto e muito de ter pouco tempo para mim por ter 2 filhos. Durante 8 longos anos tive todo o tempo do mundo para mim e para o meu marido... agora vou aproveitar ao máximo os meus filhos, q estão a crescer depressa demais e um dia deste vão voar para longe do ninho e se eu tiver saude (e algum dinheiro...) vou poder ter mais tempo para mim de novo!!!

Bjs grandes

De energia-a-mais a 23 de Fevereiro de 2012 às 12:59
pois minha querida! os minutos que temos são preciosos...olha bem sei que os filhos preenchem a nossa vida mas garantidamente temos de saber orientar as nossas prioridades - sei por experiência como é fácil anularmos os nosso sonhos e expectativas em função dos nossos filhos e acho mesmo que muitas mulheres «acordam» tarde demais...
Beijinhos muitos

De C. a 23 de Fevereiro de 2012 às 13:07
Eu gostava de ter mais tempo para os meus filhos...o ideal seria trabalhar a meio tempo ( o que se torna impossível do ponto de vista financeiro). Posso dizer que enquanto vivi em França a minha mãe trabalhava + de 8 horas, eu tinha mais actividades e mesmo assim passava mais tempo a brincar e cozinhar com a minha mãe do que faço com os meus filhos! Como? Pois, em França tudo está organizado p+ara ajudar a vida familiar em conjunto com a laboral. No nosso país de sol...a coisa é bem diferente. Cada coisa para o seu lado.
Abraço!

De energia-a-mais a 23 de Fevereiro de 2012 às 13:18
Concordo contigo nesse ponto - a vida laboral não está ajustada às necessidades familiares...mas vou picar-te a ti mamã de 3 - então e tempo para ti própria? só querias mais tempo para o poderes dedicar aos filhos? ai, então o que pedes para ti?
beijocas

De C. a 23 de Fevereiro de 2012 às 15:04
Pois...sabes que sou sortuda. Tenho direito a banho de espuma 1x por semana, faço ginástica durante 30mn por dia em que o pai toma conta das crianças, ele ajuda-me nas tarefas de casa. Não me posso queixar muito. Mas sim, não me importava de ter mais algum tempo para mim.
:) Acho que gostava mais de ter tempo de namorar o marido, pois chegamos ao fim do dia KO e acabamos por não ter os momentos a dois que desejávamos.

Beijocas

De energia-a-mais a 23 de Fevereiro de 2012 às 15:19
hehehe! o que te digo minha querida é que nos contentamos com pouco!
beijinhos e aproveita tudo o que puderes!

De sentaqui a 23 de Fevereiro de 2012 às 13:29
Temos pouco tempo para nós, dedicamos mais tempo aos filhos, grande verdade, por isso lembrei-me e fiquei chocada , quando um dia destes um certo cardeal, disse que as mulheres deviam passar mais tempo em casa a cuidar dos filhos. Podemos não, passar tanto como queríamos, mas o que passamos é de uma entrega total e mais vale pouco, mas bom, que julgo ser o teu caso.

Beijinhos

De energia-a-mais a 23 de Fevereiro de 2012 às 13:48
Completamente verdade amiga! e depois parece sempre que fica um sentimento de culpa (das mulheres!) por saber que ainda falta tempo - para eles!
Beijos muitos

De mil sorrisos a 23 de Fevereiro de 2012 às 20:28
Quisera eu ter mais "dias de Laura" como lhes chamo... De qualquer maneira, parece-me que é primordial ter tempo de qualidade com eles, mesmo quando este é manifestamente pouco comparado com o desejável. O que acontece é que há casos em que isso não acontece, o pouco tempo que existe para eles é canalizado para outras coisas, enfim...
beijos e mil sorrisos
:o))

De energia-a-mais a 23 de Fevereiro de 2012 às 22:25
tens razão claro, o importante é que o tempo que se passa entre familia seja bem aproveitado! no entanto o que o estudo demonstra é que a vida das mulheres no geral e das portuguesas em particuar não é mesmo nada fácil, especialmente em conseguir ter tempo disponível apenas para o que bem lhe apetecer - mesmo que seja não fazer nada!
beijinhos


mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
17
18

19
25

26
28


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro