A Hiperactividade vista à lupa

Quinta-feira, 12 de Abril de 2012

 

 

a vida dá umas quantas voltas e deixa-nos de voltas trocadas

 

pensava eu que teria esta semana uma preocupação maior com a reentrada das crianças na escola e com as voltas típicas destes recomeços...mas enganei-me. Foi o avô que nos trouxe uma maior aflição, embora o seu problema de saúde já fosse conhecido - uma úlcera no estômago obriga a cuidados regulares, desta vez um agravamento súbito levou a uma ida às urgencias do hospital, a meio da madrugada de segunda feira. 

 

Como já aqui referi várias vezes, os meus pais fazem parte da nossa vida, são os nossos esteios, suporte familiar mais que querido! a eles recorro com frequência diária e mesmo agora que estou sem trabalho fora de casa (excepto o voluntariado que faço na APCH) e tenho por isso mais disponibilidade de horários, eles permanecem como apoio, quer com as crianças, quer com algumas tarefas caseiras. Por tudo isso este súbito afastamento do avô trouxe muitas quebras na rotina e os miúdos teimam em me fazer perguntas a toda a hora, querem fazer visitas ao meu pai, resistem como podem e sempre com a agitação própria que os carateriza!

 

Agora que as coisas estão a acalmar, não posso deixar de me REvoltar com a situação sentida na pele de quem tem de recorrer a um hospital público e se dá conta da enorme disparidade de valores suportados pelo utente, depois das mexidas deste governo. Fico a pensar nos milhares de portugueses que não tendo posse nem para comer, se deparam com uma situação de doença (que por si só já é debilitante) e acabam por ter de escolher entre comer no dia a seguir ou fazer os tratamentos e exames necessários...o meu pai teve de pagar por exames no hospital mais de 30,00€. Nos bombeiros foram 12,00€ e pelos medicamentos mais de 60,00€...Só para começar...seguem-se consultas no centro de saúde (5,00€) e consequentes exames e seguramente mais medicação. Isto sem contar com as deslocações....

Mas que raio de país é este que caminha para um fundo poço sem fim à vista? como podemos ficar calados perante esta usurpação dos direitos de um estado social? um estado que ainda diz ter proteção social para os mais desprotegidos?!! isto é proteger quem sempre trabalhou, pagou os seus impostos e sempre viveu com o que era seu??!!

Não consigo esconder que não apoio nenhuma destas medidas a pretexto de uma crise que não foram os comuns dos portugueses que criaram. O que me idigna é que nenhuma destas medidas de austeridade são acompanhadas de um reforço das proteções e do desenvolvimento de políticas sociais. Pelo contrário, assiste-se a uma constante tentativa de privatizar bens essenciais e que deveria ser de acesso gratuito por serem o garante de um serviço para todos (não apenas para os que podem pagar). Quer no contexto da saúde, como na educação e no trabalho estamos a regredir e a ficar ao nível da célebre máxima de Salazar «ao povo basta-lhe pão e vinho» de resto que morram ignorantes e analfabetos e de preferência sem chegar à idade da reforma (muito menos antecipada) que é para não dar muito gasto ao estado!!!! porra de país

 

pronto desabafei!!!

 


postado energia-a-mais às 10:42

De Maria Pereira a 12 de Abril de 2012 às 17:11
O importante é que o teu pai esteja melhor e espero sinceramente que o problema tenha sido ultrapassado. Mas concordo contigo, andamos nós a pagar impostos, Segurança Social e afins e qd precisamos de cuidados de saude ainda temos de pagar mais??? Aumentem os impostos em coisas não essenciais, tirem as regalias aos politicos como estão a tirar ao povo, ponham mais impostos nos ricos... pois, isso não fazem.... Acabo este comentário como tu, porra de pais!!!

Bjs e as melhoras

De Susana Miranda a 12 de Abril de 2012 às 17:40
Rápidas melhoras para o teu pai.

É de lamentar e revolta…como escrevi mail a minha mãe também, recorreu a semana passada, a um hospital público, os valores suportados pelos utentes…dos exames do hospital foram 50 euros, como veio recurso “centro saúde” taxa 5 euros, carta com urgência para hospital, o valor da urgência não pagou, acrescenta valor dos medicamentos. Hoje novamente médico da caixa…repetição análises, exames e coloscopia. Agora não é pelo hospital…pois!!!!

Sinceramente, nunca imaginei este cenário tão nefasto em que nos deparamos. Cada dia é uma surpresa…pela negativa. Uma das palavra tantas vezes proferida ““EQUIDADE” !!!!!!!!

Não para todos:
…Emprego
…Saúde
… Educação

Tens razão…somos pacíficos …algo que os nossos antepassados não eram.
Termino o comentário, também como tu Porra de País!!

Beijos com carinho
Susana Miranda



De sentaqui a 12 de Abril de 2012 às 19:59
Lamentável o que descreves, embora infelizmente não é novidade e casos como o do teu pai são o pão nosso de cada dia.
As injustiças sociais são gritantes e não se vê uma luz ao fundo do túnel.
Resta-me desejar-lhe rápidas melhoras e que a tua já famosa paciência nunca se esgote. Valem os desabafos, que esses por enquanto não pagam imposto.

Beijinhos

De mil sorrisos a 12 de Abril de 2012 às 20:49
As melhoras do teu pai. O melhor mesmo é as pessoas não terem necessidade de recorrer ao serviço nacional de saúde... Que a saúde nunca nos falte, digo eu, para não sermos vítimas destes escândalos!
beijos e mil sorrisos
:o)

De Patricia a 16 de Abril de 2012 às 22:13
Espero que o avo do Quico e do Rafa esteja já em franca recuperação!!
Patricia

De Diana a 22 de Abril de 2012 às 22:26
Amiga Teresa...
Também eu tenho andado com o meu pai no hospital, tem cirrose hepática e diabetes...é uma vergonha aquilo que estão a fazer ao povo português....
Porra de país...

Bjinhos e as melhoras


mais sobre mim
que querem saber?
 
Abril 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
16
18
19
21

22
23
28

29


disseram agora
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
Boa tarde. O dr. Luís dá consultas em braga, aveir...
Boa tarde, é possível dizer-me onde dá consulta o ...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro