Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

25.Abr.12

Revoluciona.te

 

 

sou das que acha que o 25 de abril tem de ser muito mais do que uma data de calendário

 

os meus pais desde cedo me incutiram o respeito pelo que o 25 de abril representava, ao longo dos anos muitas foram as lutas que o meu pai, sindicalista e acérrimo defensor dos direitos dos trabalhadores travou e que acabei por viver também de forma intensa à medida que ia crescendo e que me tornava mais consciente. Recordo cada história repetida sobre o 25 abril e sobre os capitães que deram o «corpo ao manifesto» para que o povo tivesse voz. A Liberdade é o valor mais precioso do ser Humano. Deixar morrer o 25 de abril é deixar morrer a liberdade....

 

 

cantei-a muitas vezes em menina e faço questão de a trautear aos meus filhos. As canções que marcam a revolução fazem parte do meu imaginário. São elos que unem uma nação e que motivam, mostram a força das palavras que podem ser mais certeiras do que armas!
tenho pena que nos tempos que correm, as pessoas se tenham acomodado, deixam-se «guiar» como cordeirinhos, fazendo parte de um sistema que beneficia apenas quem comanda...
Será que não existem motivos e atropelos que cheguem para que se lute por um futuro melhor? mais digno? e porque é que cada um de nós não faz a sua própria revolução? as coisas só funcionam quando as pessoas se decidem a avançar!
agora que se está a voltar ao tempo em que direitos essenciais como a educação e a saúde estão a ser entregues nas mãos de uma elite mais afortunada, agora que os trabalhadores viram ser retirados direitos conquistados pela geração anterior, agora que aumentam os casos de pobreza extrema....não será altura de fazer algo para mudar o rumo?
por este andar, num país que confunde apatia com «pacifismo» e que se transformou num marasmo, as gerações futuras (as dos meus filhos incluídas já) nunca saberão o que foi o 25 de abril do longínquo ano de 1974...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.