A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Eu gosto de cozinhar. A sério! Foi uma das coisas que herdei como terapia para curar uma anorexia (isso é oura história, qualquer dia conto...). Outra coisa que me ficou desse período foram alguns hábitos que eu entendo como saudáveis (desde que não descambem outra vez para o fanatismo, pois como os que passaram por isso, sabem, um ex-anorectico é como um ex-viciado, se facilitar cai no vício outra vez). Mas por que é que começo este post desta forma? Porque alguns desses hábitos estão a dar-me muito jeito agora que tenho crianças em casa e pelo menos no caso do mais velho, necessito de controlar o que come (tal como em todas as outras coisas o Rafa é descontrolado na comida - pode comer tâo rápido e tanta quantidade que por vezes acha que não jantou e quer voltar a comer!)

Assim eu gosto de controlar as calorias do que come, o modo como cozinho, não misturo certos alimentos, não comemos carne vermelha, uso muito a soja e derivados, banimos ao máximo gorduras, sal e fritos e comemos peixinho e frutas. Claro que tenho de puxar pela imaginação para dar isto aos miúdos e eles acharem fixe!

Aqui deixo então um dos pratos que os miúdos adoram e de vez em quando vou dando outros (era giro se alguém que lesse isto pudesse trocar umas receititas lol!!

 

Este é para que comam atum (peixe muito bom) e também porque ás vezes não apetece comida de faca e garfo (principalmente á noite ou fins-de-semana):

 

Tarte de Atum Saudável

 

3 latas de atum ao natural (apenas com água)

1 cenoura grande ou 2 pequenas

1 pacote de natas vegetais (soja)

4 ovos

1 embalagem de massa quebrada (é muito menos calórica que a massa folhada)

 

Abre-se a embalagem de massa e espera-se uns minutos, depois forra-se uma tarteira, picando a massa com um garfo (a massa já traz o papel vegetal e não precisamos colocar manteiga). Escorre-se as latas do atum e ripa-se a cenoura como para as saladas. Batem-se os ovos (eu costumo pôr um pouco de noz-moscada e uma pitada de sal) e junta-se a nata vegetal.

Coloca-se o atum e a cenoura dentro da tarteira,  vira-se por cima a mistura de ovos e natas. Vai ao forno cerca de trinta minutos a 180º

Bom apetite!

 

sinto-me: com fome!!
postado energia-a-mais às 23:19

Desde Abril de 2007 que o Rafa está a ser acompanhado pelo actual médico, Dr. Luís Borges, neuropediatra e pela Drª Isabel, psicóloga do desenvolvimento que trabalham em conjunto. A periodicidade das consultas depende de vários factores, como a reacção á medicação, alterações súbitas de comportamento, ou consultasde rotina. No último sábado, dia 14, aproveitando a presença (rara por motivos unicamente profissionais) do pai, fomos a uma consulta familiar, pai, mãe e os dois rebentos. Este post relata os acontecimentos tal como sucederam

 

11:00H - o Rafa foi avisado por nós de que iria a uma consulta, assim que chegasse do treino/jogo dessa manhã ao qual ele não podia faltar por ser contra as escolas do FCP.

Explicamos que era com um dos seus médicos preferidos, embora tivesse de passar pela Drª primeiro, o que o deixa sempre enervado por achá-la muito «mandona». Acabamos por conseguir uma promessa «a ferros» de que não haveria birra quando chegasse a hora

 

12:30H - o almoço foi um pouco á pressa e depois de uma luta titânica para conseguir vestir os dois pimpolhos, seguimos para a clínica

 

14:00H - chegamos e demos logo nas vistas, pois os miúdos estavam eufóricos. Passei para cumprimentar uma senhora que conheci pelo net e que acabou por vir também com o filhote  a uma consullta - ela já estava despachada e tinha ficado na esplanada para me cumprimentar (beijinho Ana) e almoçar. O Rafa aproveitou para se dar a conhecer pessoalmente com muitos gritos e arrastando o irmão pelo braço, correndo sobre uma rampa de metal destinada a cadeiras de rodas que existe no acesso á clínica. O irmão ia de  rastos e ...adorou!!

 

14:15H - depois de termos confirmado a nossa presença, aceitamos esperar pela nossa vez na esplanada (as consultas são muito demoradas) e sermos avisados quando subir, pois as crianças estavam demasiado agitadas

 

14:20H - o Rafa engalfinhou-se com dois miúdos num divertido jogo de bola ao qual o Francisco queria aderir. tivemos de arranjar uma outra bola e o pai passou a ter de beber o café por entre os passes a que o mais pequeno obriga

 

14:45H - reparo que os calções azuis do Rafael já estão laranja do pó do piso onde joga e salpicados de verde da relva. Reparo que o mais pequeno está tão transpirado que parece ter tomado banho. Tento não levar muito a sério, apesar de reparar no olhar reprovador de alguns casais que tomavam os seus cafés, pensando que teriamos saído de algum manicómio

 

14:50H - os miúdos que jogavam com o Rafael foram chamados para irem embora e o meu filho ficou sem companhia. Depois de ter arrastado as mesas da esplanada, de tet arreliado o irmão que entretanto tinha pedido um gelado e estava sentado(!) junto ao pai e de ter entrado aos gritos no café pedindo um gelado de limão, decidiu que não podia estar sem fazer nada(!) e que ia subir. Antes que pudessemos reagir já ele tinha entrado na clínica por isso apressamos o pagamento e lá fomos nós

 

14:55H - os meus filhos já se instalaram o que fez com que muitas cadeiras tivessem mudado de sítio, o ruído aumentasse uns 100 décibeis, a máquina da água vertesse para o chão e não para os copos (obra do Francisco) e o chão fosse invadido pelos meus filhos a rebolarem (é a última habilidade do mais pequeno, consegue rebolar tão depressa como o irmão e por isso não se furtam a um desafio)Fez também com que uma pessoa tivesse pedido na recepção para que a chamassem quando estivesse mais perto da hora pois ia ter de sair por não aguentar tanta agitação (oopss!!)

 

15:20H - a Drª Isabel aparece na recepção, alertada pela barafunda da sala e verifica a ordem das consultas

 

15:25H - A Drª chama-nos para entrarmos e confessa que alterou a ordem das consultas por entender que tinha chegado o limite de tempo de espera para os meus filhos

 

15:30H - o Rafa está a ver se impõe o seu ponto de vista pois não quer colaborar com a Drª. Ela ignora-o e ele acaba por fazer alguns, depois recua e quer brincar com a tonelada de carrinhos que tinha colocado na minha mala. Ela passa-nos o sermão do costume lol!! mas lá vai dizendo que é muuitooo difícil trabalhar/educar uma criança como o Rafael. Entretanto o Francisco está a ter a primeira quebra desde as 06:45H...e encosta a cabeça no pai

 

16:00H - o Rafa lá foi fazendo o que lhe era pedido e depois fomos encaminhados para o Dr. Luís que entretanto já passara para nos cumprimentar. Depois de conversar um pouco com o médico o Rafa passa a brincar com os vários instrumentos de trabalho do consultório e o Francisco arrebita. Somos avisados de que a medicação vai ser alterada (já é a quarta vez que isso acontece no último ano). O meu filho deixa um medicamento mas passa a tomar outro para a ansiedade e para a falta de sono, substitui o Ritalina pelo Concerta (o que ele acha bem pois esse concerta o cérebro) e daqui a oito dias faz a primeira avaliação.

 

16:30 - a consulta está a terminar mas antes o Rafa tem de se pesar e a balança desperta-lhe a curiosidade o que provoca mais um momento de pânico para mim e para o meu marido quando vimos que tinha desenroscado os parafuso que seguram a barra. Controlada a situação e já com o mais novo a ajudar, o Rafa discute com o médico porque quer levar alguns dos brinquedos e mais uma vez o Dr Luís olha para mim e me avisa de que vou ficar num 8 antes dos 40...(obrigadinha Dr. lol!!)

 

16:45H - vamos entrar no carro e agora começa o tormento «ó mãeee tou com muita fome, temos de ir ao shopping, eu quero..., tem de ser, tem de ser, tá bem? ó paii, o Francisco também quer, pois queres? / á papa, á papa, mãee..»

sinto-me: incapaz de pensar
tags:
postado energia-a-mais às 13:29

mais sobre mim
que querem saber?
 
Junho 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13

15
16
17
21

22
25
26
27
28

30


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro