Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

14.Jun.10

a primeira

 

 

 

 

 

 

sardinhada da época

 

 

foi nos anos do avô e feita com muito carinho, porque gostamos da bela sardinha e porque também festejamos o Stº António, pois somos naturais de um concelho que o tem como padroeiro

 

 

 

E que boas estavam! O Rafa adora-as, o Quico ainda não aprecia o sabor mas acha imensa piada por estarem inteiras, pensa que estão vivas e fala com elas {#emotions_dlg.lol}

 

 

Também enfeitamos a casa com o belo  que esperamos que dure até ao São João!

 

Mas os festejos mais rijos foram os do aniversário do Vô Alberto! Claro que mais de 90% da animação veio dos dois enérgicos pestinhas da casa. De tão entusiastas fizeram com que o Avô festejasse de uma só vez 4 aniversários....as vezes que entoaram a cançoneta da praxe e fizeram zunir o brinde!

Se tivessemos filmado a cena, seria possível ver dois «monstrinhos» que nunca se calaram, saltando em cima das cadeiras, tentando comer de tudo (principalmente o Rafa) ao mesmo tempo, virando e revirando as prendas do aniversariante, beliscando-se um ao outro, fazendo brindes com ice tea e muita pirueta para chamar a atenção. Também se poderia ver os adultos a fingir que nada daquilo incomodava {#emotions_dlg.annoyed} e que era possível manter uma conversa...e até a tentarem comer alguma coisa das muitas iguarias (isto sou eu a dizer que sou boa na cozinha)

E depois houve a grande cena de quando os dois chamaram o avô para a parte vazia da sala, o sentaram numa cadeira e com toda a pompa, fizeram rebentar um tubinho cheio de papelinhos coloridos e fitinhas de cores várias (coisa chique que se compra nas lojas de chineses...) e que deram um toque de maravilhosa barafunda ao que restava do espaço da festa

 

Enfim, para não variar muito, tivemos de tudo este fds, desde gritos, birras e afins, a histerismo por causa das barraquinhas de festa e respectivas rifas, uma zaragata entre irmãos que acabou com um nariz a sangrar e uma infinidade de correrias....

 

Mas o importante é que consegui manter o Rafa medicado, o Quico embora levando umas palmadas (que ele está indomável e respondão que só visto) andou bem disposto e falador e deixei-me contagiar pela alegria da ocasião e carreguei as pilhas - sim que eu pra carregar nem preciso de muito lol!

 {#emotions_dlg.tongue}

 

Agora que entramos na última semana de escola antes das grandes férias do mais velho, tenho de arranjar maneira de conservar a minha disposição, pois que tempos difíceis se avizinham - já vos disse que para mim férias significam tortura?