Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

21.Jun.10

Cheio, cheio

 

 

tão cheio que não sei para este fds um post será suficiente!

 

Sábado

 

 

Festa da escola do Rafa - ele ainda está no terceiro ano mas foi apresentador do evento, juntamente com uma coleguinha de turma (havia ainda mais dois meninos que intercalavam nas apresentações)

 

O mais curioso é que acho que ele se esqueceu de que tinha dito à professora que teria essa função, por isso só na sexta feira chegou a casa com a novidade lol! além disso enganou-se no local da festa...{#emotions_dlg.sarcastic}mas pronto! como ele tem andado muito arisco a tudo, eu delirei! dei o maior incentivo, embora ele estivesse mais preocupado em saber se o calção que tinha de levar podia ser de qualquer tom de azul e se podia ser de algodão, tipo fato de treino....

 

Da festa - correu lindamente! muitas horas para que todos pudessem actuar e para que a cerimónia de finalistas tivesse tudo o que eles têm direito.

Engraçado que ainda há uns dias comentava no blogue da Abigai, a razão de se chamar finalistas a estes miúdos que saem do básico...mas ninguém pode negar que para pais, professores e para as próprias crianças, este é um momento de orgulho pelo terminar duma importante etapa! Tão importante que até teve direito à presença da vereadora da câmara para a educação e do próprio Presidente (emboraeste último, não por muito tempo, foi no entanto um apontamento que caiu bem, dado que o concelho investe muito na formação dos mais novos)

 

O Rafa, para além de apresentar participou no número de ginástica dos meninos do terceiro ano. Como é muito matulão ficou na base, enquanto tinha de segurar os colegas, desenhando as figuras que aprenderam. E tudo saiu bem! {#emotions_dlg.drool}

 

Embora estivesse um pouco nervoso, como tomou a medicação mais tarde do que o habitual, até se portou com segurança. O único reparo dele foi que não conseguiu provar uma das suas «iguarias» preferidas - os cachorros quentes! pois embora o lanche estivesse preparado para o final da festa, a verdade é que muita gente foi comendo durante as actuações e a comida foi-se acabando mais cedo!! enfim...

 

As peripécias maiores couberam ao Quico que desde cedo nos mostrou não querer ficar muito tempo confinado a um lugar de cadeira! passou grande parte da festa a correr (e a fazer correr) de um lado para o outro, brincou nos escorregas e baloiços do parque da escola e fintou alguns amigos que também lá estavam com o seu charme habitual! foi um fartote de brincadeira que nem por isso o cansou em demasia...asneirolas sairam algumas mas nada que não conseguíssemos controlar, o que no nosso caso é um motivo para comemorar!

 

O Rafa (com o avó) voltou à escola passado apenas uma hora de lá ter estado, cerca das 21h45 para assistir e participar no projecto de «Observação dos Astros» que já percorreu algumas escolas. Ele adorou, claro! Pôde observar a lua pois o tempo estava de feição, ficando super entusiasmado como sempre, por essa matéria - universo, dinossauros e corpo humano são os seus interesses.

 

 

 

Chegou a casa radiante, comentando que «a bandeira americana deveria estar do outro lado» porque ele não a conseguiu ver lol! e que as crateras eram muito pequenas «se são pequenas porque é que se chama crateras mãe?» opá tens de ser sempre perguntador?

 

Domingo

 

Estamos no meio das Festas da Cidade - literalmente! vivemos por estes dias, um atutêntico frenesim, de música, cores, luzes e gentes, muitas gentes...ora para dois miúdos que andam sempre a mil, isto é uma maravilha! mesmo que eu quisesse, nunca os poderia «enganar»! sabem sempre quando se passa algo. E claro, estão sempre a chamar para as barraquinhas, das pipocas, algodão doce, gelados, gomas, berloques variados e balões...ai minha rica carteira que se esvazia à velocidade da luz....Mesmo com travão, já lá vão uns valentes «cobres» pois esta gente que vive das festas e romarias tem de aproveitar agora à custa da rapaziada! De qualquer modo já lhes disse que só podem fazer farra na terça feira (noite dos martelinhos) que eles aguardam ansiosamente!

 

Domingo de tarde, a procissão solene! nós espectadores priveligiados, de tribuna VIP - o mesmo é dizer de uma varanda com vista para a rua principal onde passa a procissão em honra de São João. Momento solene que os meus filhos aproveitaram para «saudar» com grandes manifestações sonoras, fazendo perguntas maravilhosas com «mãe porque é que aquela senhora tem o vestido todo sujo?» (Quico referindo-se ao manto de uma das figurantes) ou o delírio que foi quando avistaram a cena da cabeça decapitada de são João depositada num tabuleiro....pois, tão a ver os comentários deles? e o pior é que o silêncio era tal que se ouviam as moscas, ou seja, era impossível ignorar os gritos estridentes de «mano, ó mano, anda ver, mano, uma cabeça, que nojo mano!» ou o Rafa a gritar «opá, olha ali Quico, e se ela rolasse pela estrada?» e as mil pergunats sobre a história às quais nós tinhamos de responder de imediato!

Eu e a minha mãe tentando desviar a atençaõ deles mas nem amarrados eles ficam quietos! e os vizinhos na assistência, claro! que em dia de festa tdos se aventuram nas janelas....poisss

 

E pronto, parece que afinal lá fiz um post único...resta afinar a voz, aquecer o coração, pôr a bela da bandeira em destaque e aguardar os coreanos! a ver se é desta que entoamos a canção da vitória e se o pròximo post traz a marca dos festejos - Força Portugal! {#emotions_dlg.portugal}