Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

13.Jul.10

atordoada

 

 

é como me tenho sentido nestes dias...e não há maneira de me passar!

 

para tal, em muito contribui a azáfama cá por casa que continua «galopante»! as obras de remodelação ainda não estão concluídas e há sempre muito para limpar e principalmente para proteger!

 

 

Proteger é aliás a palavra de ordem - proteger paredes, proteger o sofá novo e proteger a minha cabeça lol!

 

Andamos efervescentes e os miúdos notam isso a «milhas» - sentem que podemos entrar em rota de colisão e aproveitam para nos desafiarem a toda a hora! é cada vez mais difícil controlá-los com a presença dos meus pais (quando estou sozinha as coisas correm melhor - voz grossa, firmeza, nada de facilitismos - pareço uma militar)

 

Com o Quico não se pode dar um segundo de tempo e um milímetro de espaço - ele aproveita como ninguém para fazer asneirolas - o que mais tem saído da cabecinha dele:

 

  • jogar tudo o que pode pela janela da sala, uma vez que quer ver como reagem os cães no terraço
  • entornar todos os líquidos que se encontram nas respectivas embalegens ou copos ou jarros
  • chutar com força uma bola insuflável que encontrou e que quer colocar por cima da estante, de modo a usar o «bendito» escadote das obras
  • atirar com os óculos da avó ao chão
  • chamar nomes a toda a gente e principalmente na rua

Conclusão - mesmo com rédea curta, não chego para todas as «encomendas» e ele vai-se safando com algumas...mas tem ficado com o rabo a arder e com cortes nas cobiçadas goluseimas dadas pela avó paterna às quais ele tenta desesperadamente chegar!

 

O Rafa, tem um acordo assinado comigo em como vai passar a  última quinzena do mês no campo de férias - até lá só tem uma hora de net e uma de psp, as manhãs são passadas com alguns trabalhos do livro de actividades de férias para o 4º ano e as tardes preenchidas com algumas saídas para exercício - quando o mano adormece mais cedo, caminhadas para os dois (eu e ele).

Actualmente faz medicação pelo que se torna bem mais fácil lidar com as suas variações de humor - mesmo assim, lá pelas três da tarde está já bem agitado e muito mais respondão...o apetite anda péssimo, nunca consigo que coma durante o período em que está com o efeito da Concerta, pelo que passa o dia sem se alimentar, dando-lhe depois uma fome descontrolada por volta das 19h...mas penso que deve estabilizar em breve (de qualquer modo já é normal após uma pausa mais prolongada isto acontecer, sendo que após três semanas a tomar certinho, embora com menos apetite, ele volta a comer razoavelmente durante o dia).

 

E pronto - estamos em contagem decrescente para o final das obras, esta deve ser a última semana a mexer em baldes, tintas e afins, depois temos de nos entreter com outras coisitas hehehe!