A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 03 de Novembro de 2010

 

serei eu, pronto! na volta, eu é que estou a pensar errado....

 

nem deveria talvez comentar este assunto por cá...mas, cá vai, afinal, o blog também serve para isto...

 

Como pode haver gente (leia-se pais) capazes de fazerem duma festa de aniversário de uma criança, uma «montra» de vaidades? uma «prova» do que se tem, ou se julga ter, ou seja, do que se aparenta ser? sim, porque cada vez mais estou convencida de que actualmente as aparências são o mais importante e que os valores estão definitivamente em segundo plano! quem tem sucesso é quem aparenta ser uma pessoa de sucesso! mesmo que nunca o seja...

 

Ora, transportando isso para o assunto do título/tema, veja-se o exemplo das festinhas das crianças. Na minha infância, uma festa de aniversário era um motivo de grande alegria, os meus pais sempre tiveram o (feliz) hábito de celebrarem as datas de aniversário. Claro que o que mais importava era mesmo o convite à família mais próxima, o viver em conjunto de um dia de boa memória, com o cheirinho maravilhoso do bolinho caseiro e dos demais petiscos feitos em casa, com uma prendinha muitas vezes simbólica mas à qual davamos sempre um valor inestimável!

Sei que os tempos mudaram, as mães e pais de hoje labutam muito e tal, nem sempre com muito tempo em casa e além disso as famílias já não são o que eram...mas será que é necessário recorrer a «caterings» ou pagar uma exorbitância para festejar num local cheio de actividades (tantas que os miúdos convidados até se baralham) no meio de funcionários que os aniversariantes nem conhecem (nalguns sítios os pais nem podem acompanhar de perto a festa!) e sempre com horas contadas?  e atenção que tem de ser original e de preferência onde nunca tenha sido a festa de outro colega

Será que não podem esses pais, conseguir tirar um tempinho que seja, para fazer um bolinho simples mas de sabor intenso, feito com o amor que só os pais podem ter? um lanchinho é assim tão difícil de organizar? o espaço de casa não será suficiente e acolhedor? e os pais não terão ideias originais? (parabéns C. porque sabes do que falo!)

 

Opá e será que os miúdos que vivem dessa forma, vão mais tarde dar valor ao que realmente importa, saberão aproveitar as coisas mais simples e tirarão prazer da vida (que para muitos não será certamente um mar de rosas?)

 

E isto vem a propósito do convite que o Rafa recebeu para uma festa de uma coleguinha de escola a realizar no sábado - num centro comercial fora da nossa localidade, para onde os meninos vão jogar «bwolling». E claro que o convite deixou todos os miúdos de cabeça à roda...e claro que todos estão entusiasmados pois muitos nunca tiveram sequer essa oportunidade antes...e para muito é uma angústia! sim porque também existem na sala do Rafa, meninos que não têm possibilidade de «acompanhar» os outros...meninos de pais com menos posses que não têm dinheiro para fazer uma viagem até ao porto num sábado à tarde!

será que os pais da aniversariante sabem que na passada sexta feira uma mãe daquela sala me veio a casa já tarde da noite a pedir 5€ para comprar «brufene» para a miúda? e que outra mãe foi este mês pedir a uma instituição social, mercearia para conseguir dar de comer aos filhos? e que outros perderam a casa e tiveram de se mudar para um bairro social?

 

Será o exemplo da festa muito «forte» para passar aqui no blog? talvez, nem costumo ter este tipo de comentários...mas entristece-me cada vez mais, ouvir tanta gente falar de crise mas ver certas coisas. Porque achava muito mais sensato aproveitar este tempo de vacas «menos gordas» para mostrar aos miúdos que a vida não é fácil e muitos não têm o essencial!

Nós vamos pensar no assunto da festa - não digo que não o deixe ir, mas já lhe expliquei se alguns meninos da sala não puderem ir por falta de dinheiro, porque podem até ter vergonha de não conseguirem dar uma prendinha, isso é injusto e quem pode fazer dessas festas, deve ser o primeiro a certificar-se de que é festa para todos!

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:44

mais sobre mim
que querem saber?
 
Novembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
16
17
19

21
23
25
27

28
30


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro