Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

10.Fev.12

O nosso bacalhau

Estavamos a tomar o pequeno almoço e o meu pai chegou com o jornal para ir lendo enquanto espera pelos miúdos para os levar à escola. No JN vinha esta notícia:

 

 

«A indústria portuguesa do bacalhau corre o risco de ir por água abaixo se a Comissão Europeia aprovar a introdução de químicos (fosfatos) na transformação do bacalhau seco. "É um golpe nórdico para eliminar o nosso bacalhau tradicional", acusam os portugueses.

 
foto RICARDO ESTUDANTE/GLOBAL IMAGENS
Querem acabar com o bacalhau português
Seca de bacalhau na Gafanha da Nazaré
 

A Comissão Europeia está a discutir uma proposta que visa a possibilidade de introdução de químicos (fosfatos) no processo de transformação do bacalhau seco, alegadamente com o objectivo de evitar a oxidação. A Associação dos Industriais do Bacalhau (AIB) considera que, a concretizar-se, poderá ser o fim do tradicional bacalhau português e a derrocada de uma indústria que soma 83 empresas e que empregm 1800 pessoas.»

 

Depois de ler isto o Rafa grita

 

«Avô, por favor hoje tens de fazer pataniscas, avô!!! por favor faz pataniscas...antes que nos tirem o bacalhau!!!»

 

Hoje vamos comer pataniscas com um arrozinho de legumes {#emotions_dlg.sarcastic} pelo sim pelo não!