Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

27.Fev.12

«oscarizice» aguda

 

tem efeito contagio e mesmo do outro lado do mundo, assiste-se em direto à entrega das estatuetas mais cobiçadas

 

imagem tirada da net

 

eu confesso que já fui mais ligada a este evento, mantendo-me acordada para assitir ao desfile na «red carpet» e com entusiasmo crescente até ouvir a celebre «and the oscar goes to...»

embora apreciadora do bom cinema e admiradora de bons atores/atrizes alguns deles «hollyoodescos» e «oscarizados» (Tom Hanks e Meryl Streep são dois deles) agora já não sinto o fscínio daquele brilho que me cheira a falso, numa altura em que a ostentação está em desuso e em que as piadas parecem não ter tanta graça...será da idade? da desilusão da fase em que vivemos? ou outra coisa qualquer...na verdade não importa...vejo os resumos de quem ganha ou quem perde e pouco mais sei sobre a cerimónia em si.

 

De qualquer modo foi noite de Oscars e eu à volta com um post para publicar pela manhã, lá fui pensando no assunto...e inevitavelmente estabeleci a minha linha de comparação. É que aqui em casa este fim de semana merecia também uma das estátuas!

 

vejamos: temos não um mas dois «os artistas» e a «Invenção do Quico» (em vez do Hugo) que começou por fazer uma birra monumental contra  a presença do avô, partindo depois para a destruição de tudo o que lhe aparecia pela frente, deu comigo em doida e a apostar no papel de «A dama de Ferro». Nunca pensei que teria de viver o meu fim de semana como um «cavalo de guerra», mas quando se tem «Descendentes» como os meus, podemos contar com aventura na certa! e se eu e a avó não nos transformamos em «As serviçais» da casa, foi apenas porque com muita garra decidimos que ou a coisa acalmava ou íamos passar a «Meia noite em Paris» que é como quem diz, batíamos com a porta!

Ainda tivemos de passar pela fase do «Extremamente Alto, Incrivelmente Perto» algo que para os miúdos significou uma espécie de elogio por se esforçarem a cumprir com as regras... e como esta é uma autêntica e genuina «Árvore da Vida», no final de domingo ainda tive de ajudar o Rafa com um trabalho de inglês onde deveria referir a sua árvore geneológica, embora ele só se lembrasse vagamente de que a professora tinha marcado um TPC que deveria ser feito em folha A4....