A Hiperactividade vista à lupa

Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2013

 

vale quase zero...

 

e no país do FMI , valerá abaixo disso - tal como diz Bagão Felix num artigo da Visão desta semana, muito em breve, já em 2015 «a pobreza passaria a ser um estado e não uma situação transitória». Para o FMI há que cortar em todas as pensões acima de €266 (ou seja a pensão mais baixa) atirando para a miséria 88% de todos os pensionistas nacionais - que vivem com menos de €500...

 

E se o Jorge aqui  dizia que se sentia pobre o que dizer da «refundação» pensada pelo Governo com a ajuda dos técnicos milagreiros do FMI?! 

 

Para muitos portugueses, a perda da dignidade há muito que se nota. Os empregados ganham um salário cada vez mais baixo que não chega para dignificar o trabalho que realizam...e para a maioria dos desempregados o subsídio nem chega para garantir o mínimo de dignidade!

 

Que fique em registo para memória futura que eu, licenciada, tenho o «privilégio» de ser uma desempregada, a desempenhar trabalho de interesse comunitário num CEI e a receber do estado um subsídio que passa a ter, a partir deste mês de janeiro de 2013, o valor absurdo de €393,9!

O peso deste subsídio para as despesas do estado é como se imagina, enoooorme! E portanto à taxa de 6% que aplicaram (desconto para a segurança social, sobre um subsídio pago pela segurança social com os descontos que fiz antes do desemprego, certo?) vão os senhores governantes «refundadores» do estado inspirados pelo FMI cortar ainda mais. Porque afinal os desempregados não podem viver «à pala» do subsídio e devem ser «incentivados» a voltar ao trabalho! Mas no portugal do FMI não existem mais empregos pois não? não é apontada nenhuma medida concreta para a «refundação» da economia - nem para a criação de emprego. Apenas a teoria de que estes cortes vão permitir «desbloquear a economia...com efeitos positivos na confiança dos investidores, no emprego na área privada e na competitividade». E já agora, como vai poupar o país do FMI, se os desempregados aumentarão em catadupa com os cortes na função pública (e com os milhares de professores dispensados), anulando a poupança anunciada com os cortes nos subsídios?! e para onde vão esses desempregados todos? ficarão eles sem direito a subsídio para que a poupança se mantenha afinal?!

Eu não posso ficar indiferente, este é o meu país e a minha vida e a dos meus filhos está em jogo! não podemos ignorar, olhar para o lado, achar que vamos acordar e isto foi só um sonho mau...ou, como ouço ainda muita gente dizer - isto vai melhorar, não pode ser sempre mau. Pois acordem! não vai melhorar, não! vai piorar até um nível insustentável, para lá caminhamos a passos largos...e se nada fizermos, vamos cair no abismo mais cedo do que muitos julgam (ainda).

E quando ouvimos os números dos que sairam do país (aumento de 85% no último ano) e um primeiro ministro a dizer que no governo «nunca se incentivou» a emigração, não será tempo de mandar o homem para a china? (que me desculpem os chineses...) 

 

Na verdade, é tanto o disparate que já nem sei o que dizer - este governo tem de cair! já! a solução para sair da crise não pode passar por nos matar a todos à fome, quem continua a acreditar que é este o caminho só pode estar doente!


Porque para mim a dignidade continua a não ter preço!




postado energia-a-mais às 09:06

mais sobre mim
que querem saber?
 
Janeiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
19

20
22
25
26

27
28
30
31


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro