Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

23.Mai.13

à letra (mesmo)

 

 

o Rafa tem destas coisas

 

nunca percebe uma segunda intenção, mesmo quando é obvia ou quando se trata de um provérbio conhecido, por exemplo

 

Para ele tudo tem um significado literal - desde muito criança e até hoje, com ele não se pode simplesmente «mandar uma boca» do tipo «o gato comeu-te a língua?» - ele olha para nós e responde entre o incrédulo e o abismado «claro que não, ela está aqui ó... e nem sequer temos gatos...»

 

É uma caraterística dele. Faz parte dum rol de caraterísticas do tal gene que lhe provoca a PHDA e uma série de comorbilidades de que ainda não temos total conhecimento...mas a que já nos habituamos.

 

Só que nem toda a gente entende. E por isso admito que outros se admirem quando um miúdo de doze anos responde ingenuamente à comum pergunta «...não sabes o que é bom para tosse?» assim: 

 

«sei, é um xarope que a minha mãe compra na farmácia, agora não me lembro o nome mas é mesmo bom...»


{#emotions_dlg.sarcastic}