A Hiperactividade vista à lupa

Sexta-feira, 28 de Setembro de 2012

 

 

não, não estou a falar do meu «não» emprego na escola, que aliás vai correndo bem, graças a uma camaradagem com as minhas «não» colegas, pessoas simpáticas, eficientes e que me fazem sentir integrada 

 

Falo do trabalho em linha que tem de existir para dar conta do «recado» em casa. Ora vejam....

 

agora que as crianças começam a entrar no ritmo certo, tudo parece correr melhor! pois...só que essas crianças não são as minhas...por cá continuam a fazer birras, a quererem brincadeiras até altas horas, a manter pouca roupa no corpo e muita genica matinal...aqui continuamos a estabelecer um pacto com o verão e a fazer da banheira piscina, das almofadas dos sofás escorregas e das bolas, aliadas que servem para combates de irmãos! somos obrigados a ter uma linha de trabalho contínua para que a casa funcione...{#emotions_dlg.sarcastic}

 

os meus pais asseguram grande parte dessa linha - o meu pai leva os miúdos à escola, primeiro o Rafa e depois já comigo, o Quico. No início da manhã o esforço para os levar até ao carro continua a ser enorme, tal como no ano anterior. O Quico tem alternado dias em que sai alegremente de casa com o peito inchado por fazer parte dos crescidos, com dias em que se agarra a mim e chora desalmadamente ou corre em sentido contrário ao da sala de aula...O Rafa, continua a ser um bebé grande com fitas em que entram dores de barriga assustadoramente providenciais, birras por causa da roupa e muita resistência a sair de casa. Entretanto a linha não pode parar. Como não posso almoçar em casa, o meu pai assegura que exista sempre almoço fresco para a bisa e eventualmente para o mais pequeno. Além disso, terças e quartas o Rafa não almoça na cantina da escola pois não tem aulas de tarde.

Depois das 15h a minha mãe contribui para a linha, fazendo os lanches e ajudando na logística da casa, com roupas e louça para que não se acumulem . Asseguram assim que o Quico não tenha necessidade de estar muitas horas na escola (só o inscrevi em duas AECs) e que o Rafa possa passar as duas tardes em casa.

Depois das 18h já chego eu e a produção em linha é reforçada - sigo para as compras, os meus pais preparam-se para irem embora, coloco a janta a fazer, começo a dar banhos (a primeira é a bisa, segue-se o mais novo e depois supervisionar o mais velho - assim, tudo em linha, única forma possível de conseguir manter o ritmo) assim que tiro o mais novo da banheira, ultimo o jantar, depois é verificar que todos se sentam a comer, coisa rara por cá, correr atrás de um ou de outro para que terminem o jantar, começar a arrumar, aproveitando a «embalagem». Deixar todas as divisões da casa operacionais pode demorar umas duas horas e para que a linha não fique «congestionada» vou impondo ordem para que façam os TPC (aventura digna do relato de um post). 

Depois de mais umas quantas tentativas deles para se manterem activos, o final da linha consiste em - comer cereis, beberem água, lavarem os dentes e deitarem....claro que isto na prática não segue uma linha assim tão exata {#emotions_dlg.lol}

Logo que caem na cama, arreliam-se um ao outro, eu imponho silêncio....muitas vezes, até resultar. Depois de estarem realmente a dormir a linha abranda, apanho os últimos brinquedos, deixo as roupas para o dia seguinte, preparo as lancheiras, venho matar o vício do blogue e siga....

 

....para linha!

 

postado energia-a-mais às 09:13

De sentaqui a 28 de Setembro de 2012 às 11:44
Manter esta linha parece-me uma tarefa hercúlea que exige de ti uma energia que por vezes me pergunto onde a vais buscar em quantidade suficiente para manter tudo alinhado.
Grande mulher!
Beijinhos Teresa

De energia-a-mais a 30 de Setembro de 2012 às 23:06
tento...mas quantas vezes desalinho tudo! o que me vale é que sou flexível o suficiente para não traçar a linha em recta...
beijocas

Teresa

De Dadinha a 28 de Setembro de 2012 às 18:50
Teresa, tens todo o meu respeito e admiração.
És uma valente.
Que bom ter conhecido (virtualmente) uma pessoa como tu, com a tua bagagem e forma de viver a vida com todas as suas contradições.
Os teus filhos só podem sentir-se orgulhosos de ti como mãe e pessoa.
Beijinho grande, descansa e diverte-te no fim de semana.






De Teresa a 29 de Setembro de 2012 às 16:07
Teresa

A propósito dos cereais à noite.
Uma das coisas que me foi recomendada pelo médico em relação ao meu N: foi abolir os cereais, refrigerantes e minimizar as guloseimas ao máximo. E quando der uma guloseima (rebuçado, goma, gelado) ser sempre ao fim do almoço. Após as 18.00h o consumo de alimentos ricos em açúcar devem mesmo ser evitados para melhorar o sono e a agitação ao fim do dia.
Alem disso foi-me sugerido que ao pequeno almoço incrementasse-mos a dose de proteína e hidratos de carbono de absorção lenta em vez de cereais, papas ou bolachas.
Bjs
Pat

De energia-a-mais a 30 de Setembro de 2012 às 23:13
Excelente dica! eu tento dar-lhe poucos açúcares refinados, nada de corantes e raramente comem bolachas ou papas. Os cereais são integrais e já tentei retirar-los à noite mas acho que para ele (Rafa), é uma questão de rotina, interferindo na rotina, interfiro na sua forma de se organizar. Além disso como jantam cedo, acabam por ter de comer algo antes das 22H ou passariam muitas horas sem nada do estômago...
mas essa questão é realmente importante, acredito que para muitas crianças possa fazer a diferença para uma boa noite de sono!
beijo

Teresa

De energia-a-mais a 30 de Setembro de 2012 às 23:07
Obrigada querida, espero que tenhas tido um bom fim de semana!
beijo

Teresa


mais sobre mim
que querem saber?
 
Setembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
14
15

16
18
19
21
22

23
25
26
27
29

30


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro