Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

29.Abr.13

mãe de três

 

não, não fui protagonista de uma daquelas histórias mirabolantes de mulheres que são mães sem nunca terem percebido que estavam grávidas!

 

acontece que cá em casa, aos meus dois rapazes tenho de juntar a minha avó...e garanto-vos que ter de cuidar de alguém cuja idade vai para além dos 90, é em tudo idêntico a tratar de mais uma criança

 

 

nem posso distinguir a não ser pelo facto de ela ser a única que não sofre de PHDA...definitivamente! aliás muito do trabalho que tenho para que os três não estejam constantemente «pegados» é porque acabo por ter de andar a duas velocidades - tipo isto:

 

avó vagarosamente vem explicar que os seus «calos» adivinham mudança de tempo, por norma chuva - e se digo vagarosamente é porque é mesmo de-va-gar...ao mesmo tempo, no mesmo instante, o Quico arrasa com mais uma brincadeira de rompante que exige a minha total atenção. A velocidade do Quico é a de um tornado, a da avó (bisa) é a de um caracol. Para completar o Rafa teima em falar a toda a pressa, como sempre faz, o que deixa a minha cabeça em rodopio - ele fala do jogo de pc e dos óculos e do amigo que mandou uma mensagem pelo face e dum tema novo que ouviu duma banda sonora dum jogo e de um monte de outras coisas incluindo anedotas, etc, etc....

ora entetanto cada um deles sente que não está a ser o centro das atenções e fazem cada vez mais «perrice» uns aos outros a ver se alguém desiste. Mas vão ficando cada vez mais arreliados e giram à minha volta se me desloco o que me obriga a pensar numa maneira de me ver livre dos três.

Sempre que disputam o meu tempo, a coisa acaba mais ou menos deste modo - o Quico farto de ser interrompido pela persistência da bisa, grita, o Rafa grita mais alto para que ele se cale, a bisa amua e desata a rezingar, eu zango-me com todos, os dois mais novos arranjam novas distrações e a mais velha distrai-se a fazer novas queixas...

 

ao longo do dia há muitas destas situações e num fim de semana a coisa pode ser desesperante, principalmente quando se lembram de mim a cada segundo!

 

Quico : «mãeee, anda ver o meu salto de ninja»

 

bisa: «sabes, deu na TV uma historia dum senhor que acho que se fazia passar

 

Rafa: « os meus óculos ficam logo sujos quando lhes toco, limpa-os tu mamã, sabes melhor, olha o líquido, vou buscar, tá no meu quarto, sai velhinha, deixa-me passar...»

 

bisa: «por padre, imagina! não era padre, vai ter às igrejas e reza missa, faz casamentos...

 

Quico: «já consigo saltar daqui mamã, olha que alto e consigo trepar nesta porta, olha, olha pra mim mamã!»

 

bisa: «olha, faz tudo como os padres, mas descobriu-se porque agora, disseram na televisão...

 

Rafa: «sabes o S. tem um jogo muita fixe que comprou em saldo e era muito barato, mas foi na net acho eu, vou ver se encontro aqui, anda ver mãe»

 

bisa: «até já esteve preso, só que continua a fazer a mesma coisa...isto, realmente, olha lá se ele tem medo do que faz, 

 

Quico: «podemos fazer panquecas mamã? podemos? please!!! é domingo!!»

 

Rafa: «a sério!!! e o domingo passou tão rápido...como é que pode?!»

 

 

finalmente segunda feira yes!

{#emotions_dlg.emplastro}

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.