Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

17.Out.08

Á espera

de segunda feira. Para ver no que vai dar a ida de uma mãe á escola, por causa de um episódio que começou hoje!

Então é assim, parece que o meu filhote é o campeão de «Parkour» lá do sítio...(socorro! nem sabia que raio era isto, tive de ir pesquisar na net!) Um bando de gente idiota, inventou um jogo idiota em que fazem coisas idiotas como saltar por cima de muros e escadas, trepar paredes sem ajuda de instrumentos e coisas assim...ora, miúdos que gostam de se manter actualizados (!) sabem logo como se joga e por isso, nos recreios da escola, fazem mil tropelias e verdadeiros campeonatos....(por isso as pernas do Rafa têm andado com mais nódoas negras!) As auxiliares (embora não saibam o nome do jogo sabem que os miúdos andam excitados com isso e redobraram atenções. Mesmo assim, putos como o Rafa não se intimidam e vai de formar equipas entre as duas turminhas do segundo ano!

 

 

 

Sempre que se cruzam miúdos de equipas diferentes, começam as rivalidades (normais?!)

Por norma, notam-se mais línguas de fora e uns «piropos» assim para espicaçar o adversário. Mas claro, o meu filho não é a norma...para ele tudo é intensidade, principalmente quando se acha injustiçado...

Agora vem a parte mesmo má   

apanhei o Rafa e fui buscar o Francisco, na entrada do infantário vejo uma mãe, caminhando tranquilamente com o seu rebento pela mão. O meu saltitante lá ia pedindo para lhe fazer pão com paté quando chegasse a casa, eu vou para responder, olho para o lado e...

 

vejo o Rafa a pregar uma grande estaladona na cara do outro miúdo. Não, é pior do que isso, foi sonora e bem colocada, o outro fica vermelho e desata a chorar, a mãe do outro fica atónita com ar de que acha-que-entrou-nos-apanhados-da-sic...e o Rafa?! Já tá junto ao portão, gritando «é para não te armares...»

Claro que tive de o chamar, claro que ele nem me ouvia, claro que a mãe do miúdo tava vermelha de raiva, claro que tive de explicar tudo como se fosse a primeira vez...

Depois disto tudo e de ela achar que decididamente o filho dela é um «bolas» (foi o que ela o chamou, explicando-lhe que ele tinha de dar troco) e antes que o meu respondesse novamente, lá me disse com ar de quem já sabe o que fazer que «na segunda feira lá estará na escola para falar com a Directora e que isto não pode continuar...»

 

Bom, por essa razão, tenho de arquitectar o meu plano de defesa, o que não é fácil, visto não ser de facto a primeira vez e o meu fim de semana não ser propriamente para reflexões....

Estou portanto á espera...e assim ficarei!

  

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.