Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

14.Jun.09

Na ressaca

destes últimos dias, cá ficam alguns apontamentos

 

Começamos pelo Pai que esteve em casa entre quarta e sexta feira:

ora como não podia deixar de ser tivemos muita euforia, muita algazarra e muito divertimento! Os miúdos lá se confrontaram vezes sem conta para terem o Pai nem que fosse por mais um segundo, o Pai esteve mais calmo desta vez, pois acabou de ler o livro de cabeceira da mãe....e tirou de lá algumas dicas, hehehe! Brigada amor, sei que estás a esforçar-te!

 

Com as festas por perto, a regra foi não fugir à regra e deixar os putos participarem nas actividades preferidas - insufláveis, muita correria e muita gritaria a acompanhar o karaoke!

O Quico teve a sua estreia nos insulfláveis dos mais crescidos - foi vê-lo entre os maiores, escorregando com muito empenho, vê-lo saltar com todo o entusiasmo, deixando pasmada a assistencia...saiu de lá encharcado, com o cabelo colado à testa e com o ar mais feliz do mundo! Sei que ainda é pequenito mas tirando alguns sustos de um ou outro salto mais espectacular, quase nos esqueciamos que nem fez ainda três anos, tal era o à-vontade dele!

O Rafa como sempre teve momentos mais complicados, pois para ele tudo è oito ou oitenta...quer ir mas demora uma eternidade para sair de casa (ou porque não se veste, ou porque está a jogar com a bola ou porque vai ao quarto e quer trazer mais brinquedos...) quando chega, atira-se de cabeça, passa por cima de tudo, depois tem de ser sempre o primeiro, saltar mais alto, escorregar mais depressa....mas tudo em grande velocidade, sempre a ir de um para outro insuflável, tentando experimentar todos ao mesmo tempo...depois para o tirar de lá, nova aventura...enfim o Rafa no seu melhor!

 

Sexta foi o último dia do papá em casa, por isso tiveram direito a deitar mais tarde (o que cá em casa significa muito para além da hora decente...) Mesmo assim, no sábado de manhazinha  já estavam bem acordados para se despedirem e mandarem muitos recadinhos para que volte depressa!

 

A festa do avô foi bem ao nosso estilo, só os dois netos faziam tanta algazarra que mais parecia que o avô tinha um grupo de amigos a festejar no recinto das festas! mas deu para cantar umas quantas versões diferentes do parabéns a voçê, conseguimos  entregar a prenda sem a ter aberto antes e tirando as birras para ver quem partia o bolo, quem abria a champanhe, quem soprava as velas...tudo correu dentro do esperado! Apenas se partiu um copo o que mostra que estamos a ser mais cuidadosos!

 

Um último apontamento para o dia nada fácil de hoje - o Rafa teve muita dificuldade em adormecer na noite passada (por volta da uma ainda andava de um lado para o outro), pois o avô tinha dito que o levava à piscina caso o tempo estivesse de feição...ora mesmo com o sol meio escondido o meu filhote não desarmou e lá nos fez cumprir a promessa...o pior é que para o levar até lá, tivemos de andar sempre a mil, por um lado para que os nossos horários não fossem alterados, por outro para que ele ainda aproveitasse o pouco sol em tempo útil! Pelo meio andamos atarefados com o Quico que se recusou a fazer sesta, com as compras que tinha mesmo de fazer e  com as tarefas de casa que ficaram um pedaço mais atrasadas nestes dias!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.