A Hiperactividade vista à lupa

Terça-feira, 30 de Junho de 2009

tou cansada, chateada, absolutamente danada....

 

o meu marido diz que tou a chegar ao ponto de «suspiro», aquele em que bufamos por tudo e por nada...aguento-me à base de gelatina, única coisa que ainda tolero, pois os nervos complicam-me com o estômago e decididamente as dores de cabeça instalaram-se em definitivo, com licença permanente....

 

e isto porquê? porquê????

porque aguentar dias e dias disto, tá-me a deixar a cabeça em água

 

  • o Quico anda impossível - definição de impossível: não pára quieto nunca, nem para comer, muito menos para se vestir, tomar banho ou deitar...ao menor sinal de pausa, às vezes forçada, ele usa dos pulmões (e tem um belo par....) Grita tanto que chega a ser necessário tapar-lhe a boca!! grita comigo, com o irmão, com os avós, com os vizinhos, com os senhores do café, grita com todos e até com ninguém....testa o meu limite a toda a hora, recusa comer, recusa a roupa, recusa ir para a escolinha, implica porque quer ir à rua brincar mesmo de noite...a rapidez com que faz asneiras não nos deixa margem de manobra...entro em casa, ele está na sanita usando a água para molhar a escova de limpeza da dita, fazendo-a depois passar por paredes, chão, etc, reiro-lhe a escova, dou-lhe uma palmada ele vai para o quarto, retira os tubos de pomadas e cremes de corpo e lá os espalha pelo quarto todo, estou a limpar aquela confusão ele lança-se para cima de um banco e vai puxar os livros da estante, consigo evitar que caiam em cima dele e logo o ouço saltar na minha cama aos gritos de «sou o moleza»!

 

Os dois irmãos em conjunto fazem saltar a tampa a qualquer um...dizer que brigam pode não dar  a imagem correcta - eu brigava com o meu irmão mais novo - estes trucidam-se um ao outro...cada segundo que passam juntos é uma tortura para eles e para nós...esmurram-se, beliscam-se, pontapeiam-se e gritam....MUITO!

 

  • o Rafa anda impossível - definição de impossível: não pára quieto nunca, nem para comer, muito menos para se vestir, tomar banho ou deitar...ao menor sinal de pausa, às vezes forçada, ele usa dos pulmões (e tem um belo par....) Grita tanto que chega a ser necessário tapar-lhe a boca!! grita comigo, com o irmão, com os avós, com os vizinhos, com os senhores do café, grita com todos e até com ninguém....testa o meu limite a toda a hora...

De manhã, quando me sento no trabalho, já levo duas horas de pressão, nervos e muitos gritos...mesmo que não seja eu a gritar!

Claro que isto tem as suas vantagens, trabalhar sob pressão não me assusta, lol! também reforça a minha capacidade criativa e imaginação! e estou muito mais organizada - anoto tudo e faço listas.....

 

e a neura até nem costuma demorar a passar! mas hoje tou, tou mesmo com uma grande neura - agravada pelas pouco mais de três horas de sono, porque a noite foi agitada, ora um ora outro a precisar de conversa e de indução de sono!

 

espero que passe ARRE!!

 

sinto-me: a precisar que me agarrem!
tags: ,
postado energia-a-mais às 12:36

De Cindy a 30 de Junho de 2009 às 14:19
aiiiiiiiiiiiiii! nem sei que te diga.
Um beijo bom cheio de força!

De energia-a-mais a 30 de Junho de 2009 às 14:56
obrigada pelo miminho! eu ás vezes nem sei o ke pensar, lol! não me ouço....
Beijocas

De C. a 30 de Junho de 2009 às 14:51
Já pensaste em tirar férias sem filhos? Assim para recarregar energias e tal. Sempre podes pensar nas colónias de férias...
Verdade seja dita, não sei como aguentas. Tens sorte em não ter a "D.Depressão a bater-te à porta". nunca tive, mas se estivesse no teu lugar tinha ( acho eu).
pensa num Fim-de-semana de silêncio..hum...relaxa...sol e praia...hum...tão bom....
ACORDA!!! Vá volta à realidade que logo há mais brincadeiras com os príncipes!!!
( hoje estou má...eu sei)

De energia-a-mais a 30 de Junho de 2009 às 15:02
eu sei...preciso de férias sem filhos, sem ruído, sem patrão e com muito descanso! tá bem, não posso....mas não perco a esperança! mas não sejas mazinha eu não sei se aguento, lol!

De Mamã e Tesourinhos a 30 de Junho de 2009 às 14:57
Teresa,

Nem sei como aguentas. És realmente uma Mulher de muita força!

Admiro-te muito por conseguires navegar este barco que, a cada dia que passa, parece cada vez mais difícil!

Mas ânimo! Nada de baixar as defesas!

Fica bem.
Bjs.

De energia-a-mais a 30 de Junho de 2009 às 15:08
ai amiga, eu lá tento mas às vezes vou-me assim um pouquito abaixo e claro que tenho os meus dias cinzentos! quando isso acontece, leio a história de uma menina de 8 anos e da sua luta (inglória) contra a leucemia, a batalha diária da família e a dureza do relato faz-me pensar que os meus probelmas são pequeninos, reais - mas pequeninos comparados com a dor de perder um filho! e lá tento dar a volta outra vez, pensando que cada dia com eles é uma dádiva, mesmo que me façam perder as estribeiras!
Beijos grandes para ti e teus tesourinhos!

De osmeuspestinhas a 30 de Junho de 2009 às 15:28
Ai Teresa não sei mais que dizer-te é dificil mesmo muito dificil de suportar e sozinha pior ainda e com dois desses é dose dupla ,mas ainda bem que v~es as coisas pela positiva aprecio te pelo aquilo que nos fazer fazer ver (que nem sempre vemos)o quanto é a vida bela mesmo cheia de espinhos (tal como é a tua )
bjos e força nesta etapa e controla as feras

De energia-a-mais a 30 de Junho de 2009 às 16:02
olá linda! a vida nem sempre é fácil de controlar mas podemos escolher o modo como vemos as coisas, não é? e para mim, o mais importante é dar aos meus filhos todo o apoio e respeito para que também saibam respeitar a vida!
Beijinhos aos pestinhas e aquele abraço para ti!

De maebabada a 30 de Junho de 2009 às 17:03
nem sei que dizer...eu sou pouco resistente ao barulho, quando oiço muita gente a falar alto fico confusa, parece que nem consigo pensar..olha...ja pensaste em fazer um quarto completamente almofadado sem brinquedos nem nada com que se possa magoar, por uma musica calma que eles também consigam ouvir e fechar a porta 5 minutos...pode ser que resulte, se não para eles, pelo menos para ti:o))

beijocas

De energia-a-mais a 30 de Junho de 2009 às 18:05
adorei a sugestão! eu já tinha pensado nisso - isolar uma divisão da casa....a ver se pelo menos eu e os vizinhos temos descanso, lol!
Beijocas, tou a tentar recuperar a calma....

De Cor a 30 de Junho de 2009 às 20:59
Se eu pudesse ao menos contribuir para te aliviar um bocadinho, fazia-te uma taça de gelatina todos os dias! Tenho mesmo admiração por ti! Beijinho :)

De energia-a-mais a 30 de Junho de 2009 às 23:11
lol! eu aceitaria! mas mesmo não podendo comer a gelatina, eu aceito o miminho e espero apenas as visitinhas!
Obrigada, beijinhos

De Maria Pereira a 1 de Julho de 2009 às 11:40
Espero que hoje já estejas um pouco mais calma e não em ponto de gelatina Por muito fortes que sejamos, que é o teu caso, temos sempre limites e dias em que os problemas são mais dificeis de enfrentar.

Para de ajudar deixo-te miminhos e beijocas grandes

De energia-a-mais a 1 de Julho de 2009 às 13:05
Brigada amiga! Tou mais calma, sim! e o Rafa inicia hoje o campo de férias, por isso vai ficar mais ocupado com outras actividades..beijinhos muitos!

De cilinha a 1 de Julho de 2009 às 22:38
hiiiiiiibTeresa nao sei mesmo o que te dizer , mas a esta hora ja deves de estar melhor , porque quando escreveste isto estavas mesmo em baixo ..... muita força amiga....

beijinhosssssssss


mais sobre mim
que querem saber?
 
Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12

15
20

21
23
25
27

28


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro