Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

01.Set.09

O que realmente aconteceu

 

 

ontem foi de gritos! e realmente GRITAMOS

 

gritei eu

os miúdos

os meus pais

e até a bisa, coitada!

 

O Rafa tem andado inconstante como o vento cá da zona, ora soprando de Norte, ora de Sul, ora virando furacão...

 

O Quico refila cada vez mais, mantendo afincadamente os seus pontos de vista (ok, doutor, tem razão quando diz que me vou ver de cabeça perdida com ele...)

 

O dia começou com uma monumental birra do mais novo apenas porque...sim! porque lhe apeteceu, porque acordou com os pés (e tudo o resto) de fora...ora isto às seis da manhã, ter um miúdo aos berros, sem saber se quer o leite, se quer água, se quer ficar na cama ou se salta para a da mãe e por aí adiante, sempre em registo de alta voz, pode afectar a disposição de qualquer um....

 

Lá vou aguentando como posso mas uma hora depois, quando o mais velho se junta à festa, logo o esforço triplica!!! os dois pegam-se tanto que nem na mesma divisão da casa, os posso ter....

Sair com um e deixar o outro, é sempre a minha opção, só que nem sempre é viável, pois nunca se decidem - os dois querem sair mas de repente os dois querem ficar, um não se consegue vestir e anda nú pela casa, o outro não se deixa vestir, atira com tudo o que encontra para cima de quem está mais perto...

 

Não consigo manter a ordem e o Rafa tira-me qualquer possibilidade de tentá-lo! para lhe mostrar o meu desagrado acabo por colocá-lo de castigo, dizendo-lhe que levo apenas o irmão e ele ficará em casa, só que depois disso ele deixa de entender que está de castigo pois afinal também não se importa de ficar. a ver televisão..grrrrrr!

Castigo seguinte, desligo a TV - passo a meia hora seguinte a lembrá-lo que desliguei a TV e que ele deveria estar chateado (no mínimo) por não poder ver o seu programa favorito, enquanto ele se delicia a fazer pinos e a incentivar o mais novo a saltar dos móveis da sala!

 

Proximo castigo - ele não poderá andar de bicicleta (coisa que ele insistentemente tinha pedido) Passei quase uma hora a lembrá-lo disso enquanto ele cismava em retirar dos armários todo o conteúdo, apenas para descobrir a flauta que usou na escola. Quando tudo estava caótico, ele esqueceu a flauta e tive de passar mais de uma hora a lembrá-lo que tinha de voltar a arrumar tudo para dentro do armário....isto com o Quico sempre a «ajudar», batendo no irmão e mantendo em pé de vento todo ambiente....

 

A coisa continuou assim até ao culminar do vidro partido, com muitas situações críticas até para o mais calmo dos seres...

 

E se querem saber o que se tem passado com as compras do material escolar, livros e demais parafernália de acessórios para o recomeço das aulas, leiam o meu próximo post!

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.