Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

21.Set.09

Quero mesmo

 

que conheçam um pouco melhor como é ser Hiperactivo pela vida fora....

 

Muitas vezes e até por «defeito» da informação que passa nos órgãos de comunicação, dá-se a ideia de que a hiperactividade é uma doença ou transtorno, típica da infância e que eventualmente acaba por «passar» com a idade.

Já referi diversas vezes que isso não é verdade - algumas características comportamentais da infância, afectadas pelo transtorno, são atenuadas pela idade mas surgem sempre outras e a instabilidade continua a existir nas diferentes fases da vida!

 

É por isso que após pedir permissão resolvi publicar o testemunho da Ana Leonor de 20 anos que ao visitar este blog, quis partilhar o seu percurso, dando a todos os pais de hiperactivos (e não só) uma visão na primeira pessoa.

Agradeço-lhe por isso e conto com ela por cá, sempre que lhe apeteça!

 

aqui está a Ana no primeiro comentário que fez ! a nossa «conversa» fê-la abrir-se mais e por isso gostaria que vissem este!

 

Como ela própria afirma é difícil parar por isso deixo-vos com a sua atitude  tão própria!

 

Acredito que muitos jovens passem por fases complicadas, até porque nem sempre são entendidos até no seio da família!

Que os pais passem também por fases complicadas, pois não é nada fácil acompanhar tanta energia, tanta mudança ao longo do crescimento....

E quantos e quantos acabam por se desviar? muitos certamente, a hiperactividade na adolescência....ui que fase!!!!

 

E ao reparar no discurso da Ana Leonor não encontram tudo mas tudo o que faz parte da energia-a-mais de um hiperactivo?

 

Fases?!....poissssss!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.