A Hiperactividade vista à lupa

Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

 

de agradecimento sincero a todas as que me deixaram (mais uma vez!) o seu carinho e compreensão!

 

eu até costumo responder a cada comentário individualmente mas o meu tempo tem sido agora mais esticado do que nunca - no entanto a cada uma de vós, um beijo de gratidão! li cada comentário vosso com atenção e registei cada palavra!

 

A todas as que acompanham e vivem comigo através do blog a aventura de ser mãe de crianças especiais, só posso agradecer o facto de aqui pararem e mostrarem que é possível «sentir» e mesmo «entender» uma vida tocada pela «diferença»

 

Porque dizer que esta temática está na moda e que «todos» os meninos com problemas de comportamento são hiperactivos pode até dar respostas a quem não necessita delas - mas não satisfaz quem sente na pele a verdadeira inquietação e a falta de soluções!

 

As soluções mais difíceis de encontrar são as soluções familiares - podemos correr todos os médicos, escutar e aplicar as estratégias mais estudadas por técnicos, psicólogos e seguir um plano de medicação correcto mas se a família não dá as respostas adequadas, tudo se perde - não existe base! e sem ela, ao mínimo precalço, tudo se desmorona!

 

Todas as famílias reagem de modo diferente - e até diferem no modo como exprimem essas reacções!

Cá em casa houve de tudo - quem aceitasse resignadamente (como quem diz - nada a fazer!)

quem se revoltasse - porque tinha logo de ser assim? não podiam ser crianças menos «complicadas»?

quem desse um apoio verdadeiro e procurasse entender - vamos ver o que se pode fazer!

quem ouvisse e soltasse suspiros - está bem, está!!

quem não aceitasse de todo - isto é o quê? mania de querer ser «diferente»?!

 

Como em todos os assuntos da vida as reacções foram mudando - alguns membros da família passaram por várias «fases» e por vários «entendimentos»!

Outros nunca mudaram de opinião! uns continuam resignados, outros revoltados, outros suspiram (e muito!) e alguns não aceitam...

 

será sempre assim - dia após dia em cada família - numas mais do que noutras e com mais ou menos implicações

 

mas ninguém escolhe a família! pode é escolher a forma de viver em família - eu só sei viver a família como um todo!  custa quando vemos que o todo é uma palavra muito enganadora....

 

Um abraço apertadinho para todas, todas sem excepção - porque dão mais sentido a tudo isto - e para os familiares de todas as crianças que não têm apenas uma mãe - têm uma família!

 

 

 

sinto-me: tranquila e optimista
postado energia-a-mais às 13:18

De Antes assim... a 13 de Outubro de 2009 às 14:49
Amiga, as tuas palavras são sempre tão sábias e tocantes. Lamento que o conceito de família esteja cada vez mais desvalorizado, e que de onde se espera mais apoio e compreensão é muitas das vezes de onde vem a maior critica e desrespeito...
No outro dia queixava-me eu a um vendedor da minha mãe que o pipoca não parava, e ele, que tem um menino pouco mais velho que o meu, lá disse que o dele também era assim, e que saltava e pinoteava, vestia e despia, e era um custo fazer o que lhe mandavam, porque era hiperactivo. Mas sabes, disse-o com uma naturalidade que me fez lembrar de ti. Sem conotação negativa sabes? E eu, pelo facto de andar a aprender tanta coisa no teu blog, da vossa realidade, confesso que entendi aquilo como um comportamento normal, e ele percebeu que eu não estava a considerar aquilo falta de educação percebes? E abriu-se e fartamo-nos de conversar!
Obrigada por seres uma mãe e uma mulher tão especial. Lamento, e sei que é quase impossível ignorar o que tanto nos magoa, mas tenta amiga, os teus meninos sim, valem a pena, ou outros não!!
Beijinho grande

De cilinha a 13 de Outubro de 2009 às 14:49

Parece que sou a primeira hoje a comentar....
e para ser cincera ao ler o teu post ,fiquei sem palavras....amiga não sei que te dizer ....apenas que estou aqui deste lado para te apoiar , para te dar uma palavrinha de carinho e...força .....não me imagino sequer na tua situação ...sabes ,pensa que não foste tu que escolheste os teus filhos ,eles é que te escolheram a ti ..... amiga tens uma missão dificil, mas com a ajuda de Deus vais conseguir leva-la até ao fim .....

beijinho no coração....

De mother_24 a 13 de Outubro de 2009 às 14:50
Feliz ou infelizmente, a familia é sempre muito importante na nossa vida, querer que todos estejam sintonizados no mesmo canal é que é um caso bicudo, mas... concerteza a incompreensão de alguns compensa a compreensão, carinho, entre-ajuda de outros!

Seja como for, os teus meninos são especiais, não porque tem hiperactividade, mas porque são teus :)

jocas

De belbellita a 13 de Outubro de 2009 às 16:14
É lamentar como existe pessoas e sobretudo familiares que não entendem nem querem entender que existe crianças especiais! De facto quando o João estava na face de morder e tudo e todos lembrou-me se podia ser hiperactivo, mas pela a tua expriencia de vida e por mto que nos contes vejo de facto a desigualdade.
És uma grande Mãe e Mulher! Não sei onde consegues arranjar tanta força!
Tudo de bom para vocês.
Beijos

De mil sorrisos a 13 de Outubro de 2009 às 21:46
Recebendo e retribuindo o tal abraço apertadinho... Estarei sempre por aqui enquanto achares que vale a pena partilhares connosco as tuas aventuras e desventuras no reino da hiperactividade.
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))

De Pacotinhos de pipocas a 13 de Outubro de 2009 às 23:36
Teresa,

também eu te quero deixar UM ABRAÇO.

Porque ao que leio, te sentes triste e desiludida.

Bom seria se pudesses contar com o máximo apoio familiar.

Aliás, em todas as familias deveria ser assim, com ou sem Diferença ...

As crianças, não precisam apenas da Mãe ...


Coragem amiga.

Beijinho grande


Sandra


mais sobre mim
que querem saber?
 
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
17

18
20
24

27
29
31


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro