A Hiperactividade vista à lupa

Sexta-feira, 11 de Dezembro de 2009

 

 

muito positiva e enriquecedora

 

foi o que ganhei com a minha participação no mini-fórum organizado pela REANP (Rede Europeia Anti Pobreza).

 

O que tenho a dizer

 

da organização

 

excelente o local escolhido

o modo como receberam os participantes

o modo como organizaram o tempo

uma atenção que considerei muito boa - o Museu da Chapelaria nos ter oferecido uma visita guiada ao local na pausa do almoço

 

da metodologia

 

acho que só o facto de permitirem que os destinatarios do trabalho das redes sociais, nomeadamente as famílias e os jovens, tivessem voz activa neste fórum, demonstra que existe uma consciência real e que os técnicos e dirigentes se empenharam para conseguir mais e melhores resultados

os grupos de trabalho (dirigentes, técnicos, famílias e jovens) estavam bem conseguidos e os pontos que se pretendeu trabalhar foram bem estruturados

 

  da conclusão

 

seguindo o guia de reflexão:

  1. principais problemas que afectam as crianças e jovens
  2. principais factores na origem desses problemas
  3. actuação desenvolvida para os combater
  4. principais resultados dessa actuação
  5. pontos fortes e pontos fracos
  6. propostas para a melhoria da actuação

cada grupo deu o seu melhor e sairam diagnósticos muito interessantes e propostas de actuação a pensar num futuro positivo para as nossas crianças e jovens

 

Como para mim, o importante é entender que cada um de nós como cidadão, tem um papel activo e deve ser responsabilizado pelo envolvimento social e cívico, considero que foi explícito para todos a necessidade de um compromisso sério para passar da teoria à prática!

 

e tenho um repto para vós leitores - que peguem no guia de reflexão e façam o mesmo exercício pensando em cada caso concreto que conhecem - os vossos filhos, os filhos de amigos, vizinhos, grupos e comunidade.

No meu caso, como mãe de uma criança com hiperactividade, lançei os seguintes pontos:

 

problemas - numa fase mais precoce (infancia) - falta de resposta dos infantários/creches e escolas básicas na proposta de diagnóstico e intervenção

marginalização pela escola e pelos grupos de pares

desgaste familiar

incapacidade de relacionamento social

falta de competências parentais

numa fase posterior (adolescência) - desadequação relativamente aos planos curriculares (não há alternativas à tipificação)

comportamentos aditivos (drogas e alcool)

marginalização pela escola e pelos grupos de pares

desinteresse e abandono escolar

falta de perspectivas de futuro

 

como factores de risco - falta de intervenção adequada, falta de acompanhamento familiar e por parte dos técnicos, falta de alternativas e metodologias na escola e em casa, pouca formação dos pais e educadores, precaridade económica (desemprego, baixos recusrsos economicos), desinteresse pela educação, pouco investimennto nas relações afectivas e pouca comunicação intra familiar e com a comunidade, falta de regras, pouco reconhecimento da autoridade, sensação de impunidade, desresponsabilização

 

E voçês o que acham?

darei conta das propostas noutro post a publicar, dado que este já vai longo...

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 11:37

De Abigai a 11 de Dezembro de 2009 às 12:10
Olá Teresa, parece-me que disseste tudo, muito pertinente e interessante.
Continua assim!
Bjs,
Anabela

De energia-a-mais a 11 de Dezembro de 2009 às 12:52
Olá Anabela! talvez daqui a algum tempo, quando o Rafa entrar na fase da adolescência, eu me aperceba de outros pontos significativos, por enaquanto estes são os que reconheço!
Beijinhos

De maebabada a 11 de Dezembro de 2009 às 12:22
acho fantastico que tentes sempre ter uma voz interventiva, podes não mudar o mundo mas pelo menos o mundo vai saber que tu existes:o))

beijcoas

De energia-a-mais a 11 de Dezembro de 2009 às 12:57
bem eu ainda tenho aquela ideia de que se nós quisermos, fazemos o mundo mudar! Basta que cada um faça a sua parte em função dos outros! mas claro que o meu papel será bem pequenino em comparação com o de quem tem o poder na mão lol!
jocas e bom fds!

De mil sorrisos a 11 de Dezembro de 2009 às 12:31
É a nossa Teresa em grande plano. É de louvar o teu interesse e disponibilidade para estas coisas. Acho excelente esse guia de reflexão, uma vez que nos faz pensar em todos os contextos que condicionam os nosso filhos/jovens. Só tendo consciência deles podemos tentar mudar o rumo às coisas e melhorar.
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))

De energia-a-mais a 11 de Dezembro de 2009 às 13:01
acho que esse é que é o grande desafio de cada um de nós! Deixar de olhar para o umbigo e tomar consciência da realidade à nossa volta! assim evitamos criticar por criticar e podemos actuar de facto!
beijocas e bom fds!

De trocalinhas a 11 de Dezembro de 2009 às 16:38
Não sei o que dizer mas queria dizer alguma coisa, ou antes tenho tanto que dizer mas se calhar não sei é por onde começar 1º vou dar-lhe os meus parabéns por arranjar sempre um "buraquinho" para lutar por aquilo que acha necessário, qualquer que seja o assunto tem de ser falado, discutido vezes sem conta é preciso bater sempre na mesma tecla, cansar quem tem o poder de mudar as coisas é preciso que hajam mais Teresas, mais uma vez parabéns bjos

De energia-a-mais a 11 de Dezembro de 2009 às 21:57
Leonor obrigada! acho que tenho obrigação de aproveitar as oportunidades, quanto mais não seja porque outros se interessaram pelo Rafa senão nunca teria conseguido passar da fase de incertezas...
beijos muitos

De Maria Pereira a 11 de Dezembro de 2009 às 17:18
Acho que fazes muito bem em chamar a atenção para esses pontos, os quais tem a ver com a tua experiência de vida.

Uma beijoca e bom fim de semana

De energia-a-mais a 11 de Dezembro de 2009 às 22:08
Olá amiga! Pensei muito em ti durante este fórum! Sabes uma das pessoas presentes no meu grupo (destinatarios - famílias) era representante de família que adoptara uma criança e abordou temas bem pertinentes que afectam crianças e jovens adoptados. Entendi bem melhor esta realidade por ter este conhecimento em 1ª mão!
beijos e bom fds!

De Pacotinhos de pipocas a 11 de Dezembro de 2009 às 20:06
Vim só deixar um beijinho e desejar um BOM FDS!

Tenho de voltar com mais tempo para ler tudinhoooo


De energia-a-mais a 11 de Dezembro de 2009 às 22:10
grande fds para ti amiga!
beijos muitos

De Isa_ a 11 de Dezembro de 2009 às 20:09
mt gostam os carrascos de posteriormente vir ajudar as suas vitimas!

De cilinha a 11 de Dezembro de 2009 às 21:26
Teresa ... ja tudo foi dito o que havia por dizer ....

como sempre, és uma MULHER ,que estas sempre ondes deves de estar... acho que os pontos que apresentas-te ,sao bons e principalmente sendo tu uma pessoa com experiencia de vida que tens ..

que tudo te corra como desejas amiga , porque mereces...

beijinho e um bom fim de semana.

De energia-a-mais a 11 de Dezembro de 2009 às 22:12
Olá Cilinha! beijinhos para si e um excelente fds! agradeço o seu carinho mais uma vez!

De Abigai a 11 de Dezembro de 2009 às 21:36
Só cá voltei para desejar um bom fim de semana.
Beijinhos,
Anabela

De energia-a-mais a 11 de Dezembro de 2009 às 22:03
Anabela aproveita bem também! beijocas grandes

De Lena a 12 de Dezembro de 2009 às 17:40
Oi Amiga, desculpe a ausência de comentários, tenho passado sempre rapidinho para ler as novidades mas a falta de tempo para escrever tá sendo grande, prometo que tentarei escrever por aqui mais vezes. Beijos grandes e boa semana.


mais sobre mim
que querem saber?
 
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
19

20
23
25
26

27
28
29
30
31


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Passam por cá - desde 18/11/09

blogs SAPO


Universidade de Aveiro