A Hiperactividade vista à lupa

Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2009

 

cá de casa

 

do Quico

o meu rapaz mais novinho tem andado sem parar! anda tanto que parece ter engolido uma bateria auto carregável...salta, esperneia, dá cambalhotas, trepa móveis e parapeitos de janelas.

Não pára quieto no banho, a vestir-se ou em qualquer situação...e a comer? Poisss....esse é um grave problema! Ele recusa comer...tem umas três semanas que não faz uma refeição...nem no infantário lhe conseguem dar a comida!

Estou obviamente preocupada, embora tenha passado por fases semelhantes com o Rafa. Só que o Quico tem peso baixo e nestes últimos dias nota-se cada vez mais magro e pálido - apesar da genica diária e da força que contiua a demonstrar...mas nem o leite bebe e isso sempre foi o seu melhor sustento...

Por isso e para descargo de consciência pedi ao pediatra que lhe passasse vários exames e para terça feira temos análises e raio X...

De resto o retrato do Quico é fantástico - está cada vez mais autonomo e noto uma diferença grande em relação ao irmão - não me chama tantas vezes lol! é cada vez mais doido nas brincadeiras mas consegue parar a brincar com carros e bonecos...

Usa cada vez mais vocabulário, sabe aplicar correctamente várias palavras mais complicadas e sabe o significado de muitas que ainda não pronuncia correctamente...

Adora o irmão mas mantêm uma relação de amor/ódio que acaba por trazer muita briga entre os dois - atira com tudo o que tem à mão e nunca desarma para desespero do Rafa...

Para além disso é um menino sensível que faz de tudo para impedir que o irmão tenha atitudes menos correctas comigo - entra em histerismo quando o vê bater-se comigo e desata aos gritos de «Rafa faz sparates..isso é feio!»

Eu derreto-me com os seus mimos e deliro com a sua alegria contagiante! é corajoso e brincalhão! faço portanto um retrato feliz com as tais nuances de quem (con) vive com a hiperactividade!

 

do Rafa  

o meu filhote tem dois momentos diferentes ao longo do dia...sob o efeito da medicação temos um menino mais dentro da sua idade, mais calmo, conversador e bem disposto! Sem medicação o Rafa fica agressivo, birrento, implicativo e disperso...não para nem um segundo, fica totalmente histerico com as diferentes situações!

As birras são o pão nosso de cada dia - cada vez tem mais força, cada vez se irrita mais, cada vez fica mais complicado de controlar!

O retrato que faço é de um menino que tem de ter apoio total para se conseguir manter mais estável ao longo do tempo...para cada passo de sucesso ele dá dois atrás, por isso é preciso ter calma e confiança

 

De resto o Retrato global é o de uma família que aprendeu a gerir os seus recursos e os seus sentimentos.

O dia a dia de desgaste mantém-se mas o facto de termos noção das dificuldades faz antecipar e evitar alguns «problemas» para conseguir uma rotina própria!

 

 

 

sinto-me: a retratar!
postado energia-a-mais às 10:19

De Abigai a 14 de Dezembro de 2009 às 10:43
Olá Teresa,
Fico muito feliz por saber que o Quico está mais autónomo, brinca, é meigo e sensível, etc... é bom sinal, penso eu, poderá não sofrer do mesmo e ser terrível e activo apenas por imitação do irmão. Só o tempo o dirá mas pelas diferenças que notas já é uma luzinha....
Mas o facto de não comer é realmente preocupante, acho muito bem dazer exames e averiguar... nunca se sabe.
Quanto ao Rafa, é como o meu Gabriel, existem 2 meninos num só, não é? É como as promossões dos supermecados, leva dois paga um, lol! Eu com o meu, as vezes até fico mal, poucos acreditam quando conto o que faz e o quanto me desespera, a maior parte das pessoas (escola, colegas, etc...) convivem com ele medicado e pensam que é uma criança calma, meiga e obediente! Eu cá não o conheço assim... é meigo e amroso, lá isso é, mas de calmo e obediente, não sei... não conheço! Acorda a falar e nem a dormir se cala, vestir é um filme, tomar o pequeno almoço desesperante e obedecer um utopia, sem resposta é que nunca fico, tem que ter sempre a última palavra!
Bjs,
Anabela

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 11:14
Olá Anabela! sim é verdade que para os outros o Quico é um menino irrequieto e uma «peste» como dizem por exemplo na piscina :D mas eu que tenho um plano de comparação com o Rafa, vejo diferenças importantes (isso não quer dizer que não me veja aflita com ele lol!) Quanto ao Rafa é como dizes temos 2 ao preço de 1! se bem que o meu mesmo medicado tem lá as suas coisas...na escola não fica sentado mais do que 20 minutos e os intervalos são mais frequentes, o efeito só se nota realmente durante a manhã, a tarde já é complicada...mas enfim! pelo menos nesse periodo aceita melhor o que lhe dizem e faz os trabalhos pedidos!
Beijocas grandes e boa semana

De osmeuspestinhas a 14 de Dezembro de 2009 às 11:02
Que bom que o Quico já é um homenzinho.Qto ao não comer realmente assim é desesperante
bjos e as melhoras

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 11:19
se desespera! eu não sei que mais tentar...ele nem os petiscos que os miúdos gostam leva à boca...olha vou ver se lhe faço análises e se se descobre alguma coisa!
jocas boas

De maebabada a 14 de Dezembro de 2009 às 11:44
sem duvida que a energia do quico deve ser enorme, mas também, secalhar por aproximação com o rafa. é bom que ele tenha noção da agressividade do irmão e do que se deve ou não fazer, penso eu que será um bom sinal.

Quanto ao rafa, tu melhor que ninguém deverá saber as dificuldades dele e o orgulho que sentes nos seus avanços.

beijocas

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 20:16
fazes um bom retrato da situação amiga! eu entendo que o Quico se compara ao irmão e tem capacidade de se culpar por atitudes menos boas, pelo que acho um sinal positivo!
O Rafa, bem ainda tenho muuuuuito que andar! mas avança...
beijos muitos

De mamaepedro a 14 de Dezembro de 2009 às 13:36
Mas como é que ele ainda tem energia sem comer nada de jeito? Deves estar a passar-te, não? Já é mto tempo mesmo

Beijokas

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 20:31
bem é isso que não entendo - onde é que ele vai buscar as reservas? vou ter de me certificar do que se passa...
beijos muitos

De mil sorrisos a 14 de Dezembro de 2009 às 14:56
Eu acho que é exemplar a forma como geres tudo, à custa da tua própria vida e com sacrifícios pessoais de algumas coisas, com certeza. Saber é poder, nesta e noutras situações. O conhecimento e a compreensão da hiperactividade são fundamentais para uma gestão correcta de tudo...e parece-me tanto!
Beijos e Mil Sorrisos
:o))

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 20:34
não é fácil mas consegue-se...o pior é quando a forma como as coisas têm de ser feitas não combina com o resto da sociedade! o desgaste faz parte
beijocas boas

De mother_24 a 14 de Dezembro de 2009 às 15:14
Pois, o pior é qd deixam de comer... acho q o desgaste fisico de andar atrás deles para n se aleijarem, ou de levar horas a adormecer é menos desgastante de que o querer ver comer e eles n estão prái virados :S

já o rafa, pois n é fácil ter de estar disponivel para ele 24h sobre 24h por dia

jocas

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 22:16
poisss, o Rafa até aos 4 anos era igual ao irmão - via-me aflita para ele comer mas depois começou a experimentar mais variedade e lá foi comendo um pouco melhor, entretanto a grande alteração deu-se com a risperidona - ao fazer essa medicação o apetite passou a devorador!
agora o Quico faz-me maluca parece nunca ter fome...
beijos grandes

De trocalinhas a 14 de Dezembro de 2009 às 16:59
Que linda maneira de descrever os seus meninos, fiquei emocionada Teresa, fiquei tb preocupada com o Quico, espero que não exista nenhum problema, mas a Ana ainda hoje não gosta de nada e ás refeições pouco come, está 2 minutos á mesa não estou a exagerar, mas ela é gordinha por isso não me preocupo bjos e uma boa semana

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 22:21
Obrigada Leonor! eu realmente acho que se conseguisse fazer o Quico sentar-se para comer ou pelo menos parar o tempo suficiente para eu tentar seria capaz de lhe dar qualquer coisa....mas com ele sempre a correr e a saltar é ainda mais difícil! O Rafa tal como a Ana não está à mesa só que come melhor, embora em movimento lol! e está bem fortezinho!
jocas boas

De a 14 de Dezembro de 2009 às 17:04
Olha amiga, acho que já te disse que o Quico é apenas um menino que tem como modelo o irmão mais velho que, por sua vez é uma criança hiperactiva. Afinal para ele tudo aquilo é normal.
Já o Rafa, admito que para ele necessites de toda a tua energia. Mas com o teu apoio, com o teu amor inesgotável, vais fazer com tudo valha apena.
Beijinhos

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 22:26
Olá! eu acho que pode passar por ai...de facto tenho de ficar atenta é para que ele não transporte para outros contextos (como a escola) a tensão de viver com um mano sempre a mil....
Quanto ao Rafa é claro que esta fase é muito importante mas a vantagem é que ele está medicado desde cedo e pode conseguir maior equilibrio mais tarde!
beijos muitos amiga

De cilinha a 14 de Dezembro de 2009 às 19:42
olá Teresa !!!

gostei muito do retrato que fazes dos teus filhos ...

o Quico esta a crescer e ja se nota.... mas isso de ele nao comer é bom que vejas o porque ,porque se ele não pára e não come é natural que estejas preocupada ...

o Rafa é como tu dizes é preciso ter calma e confiança,mas por aquilo que contas ele vai ter de viver sempre com a medicação...

sabes o que eu penso , que com o crescimento deles as coisas podem melhorar...vamos ver né....

beijinhos e uma boa semaninha...

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 23:05
Olá Cilinha! eu estou ansiosa pelas análises do Quico...espero que não esteja anémico ou tenha problemas de maior..mas acho estranho nunca ter apetite!
deles espero também que venham a acalmar com a idade e que possam ser mais independentes sem ter de tomar medicação para dormir ou para estarem tranquilos...vamos com calma!
beijos grandes

De António a 14 de Dezembro de 2009 às 22:36
Olá Teresa,
Eu acho que todas as crianças passam por essa fase de "enjoo" da comida, mais ou menos longa. Não se preocupe, que isso passa, mas faz bem em levar o Quico a fazer análises, pelo sim, pelo não.
O meu, que tem seis anos, ainda tem às vezes essas fases e continua com a bateria carregada. No resto do tempo, tem hábitos alimentares esquisitos. Se pudesse, comia a toda a hora grão de bico, batatas com azeite e um naco grande de broa. É uma mania. Mas a verdade é que há comida bem menos saudável... e por isso, volta e meia, cozo-lhe batatas com grão de bico, pronto. Mas não toca em carne e em peixe. Quando vou com ele a um centro comercial, come arroz branco e batatas fritas, sem mais nada. Já aprendi a esperar que ele cresça e ganhe juizo...;). Guerrinhas à mesa não vale mesmo a pena.

De energia-a-mais a 14 de Dezembro de 2009 às 23:13
Olá António! Começo pelo fim - tem razão guerras à mesa são inúteis! eu já aprendi isso e a tolerar essas tais manias «esquesitas» também - as do seu menino até nem são das piores! o Rafa também não come peixe e a carne só de frango e em casa...mas gosta de comida substancial como feijão e batata assada, arroz e massas...
Mas claro que gostava de ver o Quico comer pelo menos uma sopa ou fruta e leite...afinal ele tem necessidade desse tipo de alimentos para se desenvolver...
agora dava jeito que parassem enquanto comem, certo? lol!
um abraço

De Anónimo a 16 de Dezembro de 2009 às 16:30
Olá outra vez, Teresa!

Tem razão quanto à sopa, fruta e leite. As proteinas que consumiriam na carne que recusam, já estariam pelo menos no leite. O meu Rui é fanático por meloa e come bananas. As avós conseguem mantê-lo sentado mais do que dois minutos seguidos, a contar-lhe histórias, e uma delas até consegue que ele coma sopa de couves e feijão, coisa impensável em casa. E depois dão-lhe chocolates meio às escondidas, convencidas de que faríamos uma guerra terrível se soubéssemos ;). E na escola come tudo o que lhe colocam à frente. Manias.

Um abraço.

De energia-a-mais a 16 de Dezembro de 2009 às 20:02
Olá António
cá por casa quem consegue fazer parar o Quico por algum tempo é o avô :D
mas ele come tão pouco que assusta e normalmente dá tanta cambalhota pelo meio que a comida é logo transformada em energia lol!
O Rafa tal como em tudo o resto tem duas fases distintas ao longo do dia - enquanto fica sob o efeito da medicação não consegue comer...por isso o almoço é muito frugal e se almoçar na cantina da escola pede aos colegas para que comam por ele! também costuma dar o lanche da manhã aos colegas (só soube este ano...) Mas assim que o efeito passa, devora tudo o que lhe apareça à frente e assalta a despensa até ir dormir...manias - a de misturar batata frita com chocolate (e cá em casa a fornecedora é a bisa lol!)
e o seu menino como tem andado? ja foram à consulta de desenvolvimento?
td bom, um abraço

De António a 16 de Dezembro de 2009 às 22:25
Teresa,
Ainda não fomos com ele à consulta de desenvolvimento. A verdade é que pensámos entretanto mudar de pediatra, porque a primeira não dava resposta tão rápida quanto queriamos a algumas questões, só que o pediatra onde pensávamos ir é caríssimo, e vamos voltar à primeira. Temos de ser um pouco mais pacientes.
Agora anda no judo, porque nos disseram que é bom para crianças agitadas como ele. Mas estou sempre com medo que magoe algum miúdo, porque não sabe controlar bem a força que tem, e tem muita força. Mas como esse é um ambiente controlado, pode ser que lhe faça bem, de facto. É sobretudo uma criança nervosa e impaciente, que reage mal à frustação. que de vez em quando morde, bate e arranha, embora cada vez menos o faça a outras crianças. é sobretudo com os pais e com ele próprio. E depois assusta-se muito quando nos magoa e chora e pede desculpa agarrado a nós.
Há dois sítios onde ele é capaz de estar sossegado e em paz: o jardim botânico, onde passo com ele muitas tardes, e as igrejas, qualquer uma: respeita o silêncio desses locais mais do que muitos adultos e gosta muito de ver santinhos e já tem até um anjinho protector ;) Tenho aprendido muito com ele: a tolerância, a paciência, a compreensão. Tem sido uma óptima lição de vida. E também nunca conseguirei agradecer-lhe o suficiente ter descoberto o seu blog. Obrigado. Um abraço. Você é uma pessoa e uma mãe maravilhosa e mito me tem ajudado.

De energia-a-mais a 17 de Dezembro de 2009 às 10:08
Olá António
O seu menino parece ser uma criança sensível! será bom que consigam fazer com que ganhe segurança e trabalhem a sua auto estima. Estas crianças necessitam de se sentir seguras e que o ambiente lhes transmita confiança! Mas acredito que sejam capazes de o fazer pois é sem dúvida um pai atento e bem formado!
Acho óptimo que consiga manter esses momentos de serenidade com o R mesmo em locais que são tão plenos e tranquilos! o Rafa fez comigo reiki e adorava e respeitava o silêncio (pelo menos na fase inicial...) Agora quanto ao judo é uma boa opção pois permite que aprenda a controlar a energia que tem - eu sempre digo ao meu «tens um energia fantástica, só precisas de a aprender a controlar e enquanto mais pequeno tens de deixar que te ajudem!»
De tudo o resto - não tem nada que me agradecer - eu sim, agradeço a maneira como respeita e partilha esta tarefa tão difícil de ser pai!
bem haja, abraço grande!


mais sobre mim
que querem saber?
 
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
19

20
23
25
26

27
28
29
30
31


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro