A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

 

ainda não me consegui recompor....juro!

 

estou aparvalhada com a reacção do meu piolho! nunca tinha tido uma experiência destas...apesar de já o ter levado ao pediatra varias vezes e de ele me ter habituado a ser bem diferente do mano!

 

mas quando se trata de tirar sangue - algo que assusta até os adultos, e dado que com o Rafa tudo é tão difícil, estava preparada para no minímo ter de pedir reforços (até levei o avô...) e muito pontapé!

Mas o que aconteceu surpreendeu até os enfermeiros....

 

O Quico portou-se maravilhosamente! deu o braçinho sem nenhum problema e ficou a olhar e a trocar conversa enquanto faziam a colheita - nada de choros, birras e nem lhe meteu impressão quando tiraram a agulha e colocaram um penso!!!!

Se nunca tivesse passado pelas experiências com o Rafa, diria que uma mãe que as contasse, estaria a ser «exagerada!»

A minha visão das coisas é cada vez mais clara - só uma criança com um distúrbio de comportamento como o do Rafa, faz semelhantes crises - o normal (mesmo tendo em conta as tais birras típicas e os choros apreensivos) é que se a criança tem um ambiente calmo e seguro à sua volta, aceite sem dramas...

 

Como alguém comentou (Mamã e Tesourinhos) as primeiras vezes podem ser mais complicadas mas acabamos por deixar fazer o necessário! Também acredito que haja quem passou por dias difíceis e tenha feito cenas hilariantes (mas na altura terríveis!) no entanto o complicado no Rafa é que esse comportamento «dificil» existe sempre, em qualquer situação - a consequência é não conseguir fazer nada até final (como não ter feito a recolha de sangue, não ter tomado a última vacina ou não ter deixado tratar o dente após 5 visitas ao dentista...) por desistência até dos profissionais - olham para mim impotentes e sugerem que volte noutra altura!

E embora agora tome medicação, isso só permite que o leve até aos locais, não que resulte em pleno (pelo menos sem grande esforço físico e psicológico!) Felizmente ele não tem tido problemas de saúde graves mas penso sempre no terrível que seria ter de o hospitalizar ou fazer um curativo mais complicado....

 Lembro-me bem da «bela» cena que fez no hospital quando teve de lá ficar por um dia em observação e a soro, por causa de uma gastro...foram precisas 4 pessoas para lhe conseguir segurar o braço de modo a colocar o cateter e ele tirou-o tantas vezes que até eu levei raspanetes do médico de serviço (que acabou por desistir e o deixou vir embora com milhentas recomendações e soro para dar à colher...)

 

Mas estou contente por o meu menino mais novo ter outro entendimento das coisas! pelo comportamento dele ser mais adequado e por verificar que o esforço que fazemos em casa para levar uma vida «normal» adaptando as regras a todos, estar a dar resultados tão bons com o Quico!

 

 

Adenda - desculpem a minha ausência dos vossos blogues e por não me ter sido possível responder aos vossos comentários individualmente...estes dias foram mais ocupados e tive provas no curso! mas espero retomar as visitas bem rápido

 

 

 

sinto-me: optimista!
postado energia-a-mais às 07:54

De mother_24 a 16 de Dezembro de 2009 às 09:52
Ah ganda kiko!

Até eu fiquei supreendida :D

jocas grandes

De energia-a-mais a 16 de Dezembro de 2009 às 10:19
um querido! tou no céu - só por um bocadinho lol! mas consegui ver o céu!
jocas gordas

De a 16 de Dezembro de 2009 às 10:13
Vês? Sofreste por antecipação. Eu já te tinha dito que o Quico era um menino "normal". As supostas crises, não são crises. São apenas comportamentos que, para ele, são perfeitamente normais atendendo a que vive com o irmão que é hiperactivo. Não stresses querida. Vive um dia de cada vez.
Beijokinhas e muita força

De energia-a-mais a 16 de Dezembro de 2009 às 10:23
lol! não é bem o sofrer...o que dá jeito é ir preparada para o pior e depois acontecer uma boa surpresa! porque a hiperactividade (mesmo que por aproximação ou factores externos) provoca consequências a todos os níveis
Beijinho grande e obrigada pelo apoio amiga

De Abigai a 16 de Dezembro de 2009 às 10:33
Olá Teresa, isso foi exactamente o que me aconteceu com o Gabriel, estava preparada para o pior e correu muito bem (estava medicado). No resto acho que é um pouco como o Rafa, não pode ter sequer um arranhão que é o fim do mundo, não deixa tocar, não deixa ver, grita como se o tivessem a matar. Até cortar as unhas dos pés é uma aflição. Aqui há dias, estava uma sobrinha minha em casa, e eu na casa de banho a tentar cortar as unhas ao rapaz, os gritos eram tantos que a moça veio a correr pois pensou que tivesse acontecido alguma desgraça, até já me aconteceu uma vizinha vir ver o que se passava! O meu medo é se um dia acontece algo pior, um corte mais profundo ou algo do género, não sei como vai ser, nem um penso rápido lhe posso por quando se magoa...
Parabéns ao Quico por se ter portado tão bem! Vais ver que com ele vai ser diferente, não vai ter as mesmas dificuldades do Rafa. Agora apenas segue o exemplo do irmão, o que é normal...
Bjs,
Anabela

De energia-a-mais a 16 de Dezembro de 2009 às 11:05
das unhas...é tal e qual! o Rafa deixa andar tanto tempo sem cortar que chegam a dobrar! é horrível!
o que me admirei do Quico foi ver como ele parece entender tudo muito melhor! o Rafa age sempre de modo tão impulsivo que chega a ser irracional...
beijocas grandes amiga!

De osmeuspestinhas a 16 de Dezembro de 2009 às 13:12
que bom á grande Quico :)
bjos

De energia-a-mais a 16 de Dezembro de 2009 às 20:58
Portou-se à grande o meu menino!
beijinhos

De C. a 16 de Dezembro de 2009 às 13:14
Ora vês!!! E tudo correu bem :D. Há que ser sempre positiva, e agora o quico até te deu mais força para isso. Foi e será sempre um príncipe :).
O Rafa é especial, tens de continuar a ter paciência e lidar com ele de forma especial. Desejo que tudo continue a correr bem por aí. na minha casa estão todos a ficar com a euforia do natal, e ainda falta vários dias!
Beijocas

De energia-a-mais a 16 de Dezembro de 2009 às 21:07
Tu já me conheces! sei reconhecer que os meus meninos são diferentes e cada um tem as suas características...e sim tenho de lidar com o Rafa de modo «especial»!
beijos grandes miga e obrigada pelo carinho!

De mamaepedro a 16 de Dezembro de 2009 às 15:10
Ganda Quico ;o)))
Assim tb é já mais uma prova (digo eu) que não tem o problema do irmão

Beijokas

De energia-a-mais a 16 de Dezembro de 2009 às 21:11
olha penso que é pelo menos uma grande diferença!
beijocas

De mil sorrisos a 18 de Dezembro de 2009 às 16:22
Eu sabia que ele estaria à altura do econtecimento. Boa, Quico!
Beijos e Mil Sorrisos
:o)))


mais sobre mim
que querem saber?
 
Dezembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
19

20
23
25
26

27
28
29
30
31


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro