Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

03.Mar.10

como o caranguejo

vamos avançando, não necessariamente para a frente!

 

Do Quico

 

está uma criança muito esperta e despachada! nestes últimos seis meses adquiriu imenso vocabulário, expressa-se sem dificuldade, embora ainda com algumas palavras a saírem enroladas em «quiquês»!

Conhece bem as denominações de tempo (ontem, hoje e amanhã) e sabe aplicá-las correctamente, também distingue os dias de semana com os fins de semana.

Já sabe imensas cores e consegue reconhecer algumas letras - a,o, s,v...conta correctamente até 10 e já dá um jeito até aos 15.

Adora brincar ao faz de conta - os cenários favoritos são - polícias e ladrões, mães e filhos, donos e cães e todos os personagens dos seus bonecos favoritos (ben 10, winx, avó detective e tudo o que meta dinossauros e dragões) e pai natal!

Dá muitos miminhos e beijocas doces a todos, especialmente à noite!

Gosta de rezar ao anjo da guarda para que vigie o pai e pede sempre para cantar as músicas que mais gosta na hora de deitar

Adora a piscina e já se aventura «sozinho» se bem que não faça exactamente aquilo que lhe é pedido pela professora...

Usa muitas vezes «obrigado» e «por favor» connosco e com estranhos

 

 

Continua a sair «molhado» do infantário quase todos os dias! controlar o xixi em casa não apresenta dificuldades mas parece que no infantário se sente mais intimidado ou nervoso ou então tenta mostrar dessa forma o seu desagrado em lá estar...

Dar-lhe uma refeição, quer em casa, quer no infantário continua a ser desesperante - ou recusa, ou está aos saltos, ou não engole ou cospe fora...

Fica super irritado/frustrado quando não se consegue vestir sem ajuda, capaz de fazer uma birra tremenda e ficar roxo de tanto se enervar

Mostra uma apetência extra para os maiores disparates ou perigos, como querer saltar das janelas para ser igual ao super homem, correr pela estrada fora aos zig zagues entre os carros ou pendurar-se em todos os móveis, barras e muros que encontra

Aprende todos os palavrões usados pelo irmão e copia-os já com alguma mestria

Bate muito e com muita força

Não se intimida com estranhos

 

Do Rafa

 

Teve excelentes resultados escolares nas últimas fichas de avaliação - 100% a matemática (único da sala dele), um pouco menos a estudo do meio - 79% e a língua portuguesa 86%, sendo um dos melhores alunos

Mostra uma apetência acima da média para o inglês, tendo sido premiado com uma estrela que significa «excelente aluno»

Tem uma verdadeira aptidão para a informática, mexendo no computador com um à vontade notável, a professora pede-lhe para resolver certos problemas que surgem com os computadores dela e dos outros meninos

 

 

Ora toma, ora recusa tomar a medicação o que não é nada bom para a sua estabilidade. Desde o post em que referi que tinha tomado, apenas voltou a tomar duas vezes. Hoje mesmo liguei ao médico para me aconselhar se lhe poderia dar o risperdal à noite, em vez de manhã, uma vez que ele se queixa de ficar indisposto chegando ao vómito facilmente. Vamos tentar assim, durante uma semana...

Ainda está pouco autónomo nas suas tarefas de rotina, como vestir-se ou fazer a sua higiene básica - se não ando colada a ele a insistir, ele não termina nunca!

Diz palavrões com uma facilidade só explicada pela impulsividade que o domina - é aliás impulsivo em tudo, no falar (muito e muito alto, quase atropelando as palavras tal a pressa em dizer tudo ao mesmo tempo), no comer (como se não visse comida há uma semana, devora tudo com sofreguidão e com tanta pressa que vai com as mãos ao prato, quem o vir comer vê uma criança sem «maneiras» à mesa) no modo como mostra contentamento ou tristeza!

Reage sempre com muita violência a qualquer frustração e mesmo às pequenas contrariedades

Reage com violência em relação ao irmão, nunca mostrando aquela maturidade já esperada para a sua idade...

 

Continuamos a ser afectados em todos os aspectos da nossa vida pelo factor da hiperactividade do Rafa. Somos aprendizes diários e temos conseguido dar alguns passos importantes para a frente, embora tal como o caranguejo, nem sempre de modo linear

 

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.