Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

26.Abr.10

em Liberdade

 

total! que nem passarinhos - só indo ao ninho para comer e pouco mais....

De resto aproveitamos este fds de sol para correr, saltar e jogar a bola, correr, saltar e jogar a bola, correr, saltar e jogar a bola...e tou que nem pooooosso!

 

eles? querem mais liberdade deste tipo - respirar fora de portas, dar asas à imaginação e muita libertação de energia!

 

e tivemos tempo para tudo isto:

 

sexta feira - ida ao médico, de rotina, o que fez sair da rotina todo o centro de saúde...é lá que trabalha a avó, o que para eles é mais um motivo de excitação (o outro é não irem à escola...).

O Quico levou na cabeça um chapéu de vicking que guardamos de há dois carnavais atrás e deu mais que nas vistas (é o acessório preferido dele, apesar de ser bastante quente e o fazer transpirar...)

O Rafa fartou-se de saltar por entre os bancos da sala de espera, achando que assim o tempo passaria mais depressa...foi uma tortura aguentar a meia hora de espera para ser atendido pelas enfermeiras (medir, pesar, ver dentes...) e depois os vinte minutos para ser chamado pelo médico...

No consultório, fartaram-se de saltar, mexeram em tudo o que estava na mesa, inspeccionaram as balanças e tentaram consultar o médico

 

Estão bem, embora o Quico tenha de fazer uma análise para despistar algum problema renal, o Rafa tem de fazer um rx dos seios peri nasais, pois respira com muita dificuldade...alimentação - cuidados com o Rafa já os tinha, com o Quico apenas reforçar a ingestão de frutas e legumes (coisa fácil, portanto...)

 

Sábado - animação extra com um amiguinho do Rafa a aterrar cá em casa e a provocar a habitual manifestação de entusiasmo vocal! valeu-me a ideia de os tirar de casa e deixar que voassem à vontade!

ficaram tão sujos, tão sujos que tive de tirar a roupa do Quico antes de entrar em casa e levá-los directo para a banheira...

adormecer foi uma tarefa adiada vezes sem conta e fiquei de rastos para os tentar acompanhar nas brincadeiras todas elas envolvendo físico e risota

 

Domingo - muita fantasia para festejar o dia da Revolução de Abril. O Quico ainda não entende o significado mas achou magnífico saber que uns senhores andaram «à luta» para acabar com os medos e trazer mais alegria às pessoas. O Rafa ainda saiu à rua para participar nos ateliers promovidos pela câmara com o intuito de levar as crianças a conhecerem de perto o que aconteceu à 36 anos mas como é super impaciente e nunca está bem no mesmo local por mais de dez minutos, acabou por regressar a casa com um cravo e só voltou a sair para as brincadeiras na relva

 

Cravos, bolos e petiscos vários fizeram parte da nossa mesa de Abril e embora os festejos de campeões tenham sido adiados mais uma semanita, o vermelho foi a côr de eleição! 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.