Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

10.Jul.13

das reações explosivas

energia-a-mais
  do Rafa   para quem acompanha (mesmo que não de forma assídua) este blog, este tema já não é propriamente novo. Já por cá falei algumas vezes de uma das facetas mais difíceis de gerir com o meu filho mais velho, desde que foi diagnosticado como tendo uma grave perturbação do comportamento, conhecida clinicamente como TOD (transtorno de oposição/desafio), uma das comorbilidades associadas ao seu tipo de PHDA. Neste post faço um resumo de como lidar (...)
26.Jun.13

mê rico filho

energia-a-mais
    tu não desgastes mais a tua maezinha porque corres o risco de teres de a ir procurar algures por aqui   Três Super Terras que podem ter vida      e olha que já que a possibilidade é de escolher entre três, a maezinha de certeza que escolhe a mais longínqua e com bilhete só de ida      (recado para o meu rico filho mais velho que me põe os cabelos brancos e a (...)
19.Jun.13

ele e os exames

energia-a-mais
    ter uma criança com PHDA é viver sempre com a incógnita   nunca sabemos como vão eles reagir às diferentes situações, mesmo nas situações em que os contextos são conhecidos, as reações podem ser diversas...   O Rafa tem em muitas circunstâncias diárias, sobretudo em relação à escola, demonstrado muita ansiedade. Passo horas e horas a tentar mostrar-lhe formas de ele lidar com essa ansiedade, em particular com a frustração que lhe está subjacente. Horas a (...)
18.Jun.13

RAPIDEZ

energia-a-mais
  de raciocínio     discutia-se cá em casa mais uma notícia em que sabemos andar a comer «gato por lebre», o tal «bacalhau com natas» feito com peixe-caracol   questionava o meu pai «nem sei que peixe é o tal peixe-caracol?!»   e diz o Rafa com a sua habitual fluidez verbal «é um peixe lento»                 
23.Mai.13

à letra (mesmo)

energia-a-mais
    o Rafa tem destas coisas   nunca percebe uma segunda intenção, mesmo quando é obvia ou quando se trata de um provérbio conhecido, por exemplo   Para ele tudo tem um significado literal - desde muito criança e até hoje, com ele não se pode simplesmente «mandar uma boca» do tipo «o gato comeu-te a língua?» - ele olha para nós e responde entre o incrédulo e o abismado «claro que não, ela está aqui ó... e nem sequer temos gatos...»   É uma caraterística dele. Faz (...)
19.Abr.13

Como se não bastasse....

energia-a-mais
    agora vamos ter «pano para mangas» em mais um episódio desta enérgica «viagem»   o Rafa foi referindo nestes últimos tempos dores de cabeça que inicialmente associei a efeitos da medicação, por ser comum haver algumas variações da pressão arterial. Mas fui ficando atenta e como a tensão parecia andar nos valores normais, fui tendo em conta outras possibilidades. E, desde logo, claro que uma das hipóteses, até pelo historial dele (horas passadas ao computador) seria a (...)
24.Jan.13

ao meu filho

energia-a-mais
    Rafael   Hoje a mãe resolveu escrever por aqui o que lhe passa na alma e na memória dos sentimentos. Não que tu já não o tenhas ouvido de mim...mesmo que por vezes pareça que nem me ouves - sei que atentas nas minhas palavras, principalmente quando te dizem respeito. Bem sabes que dia é hoje! Um dia que marca a nossa família para sempre e cuja história se começou a compor há doze anos atrás. Numa hora que não foi nada «pequenina», com precalços que te fizeram ter de (...)
12.Out.12

as provas do «crime»

energia-a-mais
  Eis a conversa retirada do histórico do skype, entre o meu filho e um amigo de turma, após a minha insistência para que se inteirasse atempadamente dos TPC ou teríamos «festa» caso viesse novo recado da escola       [20:49:51] João Pinho: sei la [20:49:56] João Pinho: temos tpcs [20:50:03] Samuka Neves: mat [20:50:16] João Pinho: ok o quais sao [20:50:20] João Pinho: ? [20:50:31] Samuka Neves: fogo tu nunca aontas?? [20:50:37] João Pinho: no [20:50:40] Samuka Neves: (...)
28.Jun.12

muito orgulho

energia-a-mais
  (e não é mais um post sobre a seleção!)   fiquei completamente  com as notas finais do meu rapaz mais velho   Matemática - 5; Inglês - 5; História e Geografia - 5; Ciências da Natureza - 5; Música - 5 e as restantes tudo 4! mesmo sem a pressão da nota em si, coisa que nunca alimentei e nem quero que ele sinta como fundamental, é bom saber que ele tem realmente capacidades (muitas que ele até nem explora) e que pode vir a saber usar essa energia para muita coisa boa!   S (...)
22.Mai.12

Adquirir competências

energia-a-mais
    para mim uma questão que se torna essencial na educação de qualquer criança   «o que falta às crianças de hoje?» muitos pais dirão «nada!» de um modo geral, as nossas crianças têm muito mais do que qualquer criança de gerações anteriores - mais acesso à educação, saúde, bens materiais, mais tempo para serem crianças. Digamos que teoricamente, as crianças nunca tiveram tanto como agora - nunca nenhuma outra geração proporcionou tanto, quis tanto oferecer (...)