A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 01 de Maio de 2013

 

 

existe uma nova classe no país para quem o 1º Maio tem um significado diferente

 

são os (des) empregados - aqueles que estão sem trabalho, continuam desempregados mas foram contratados pelo estado, trabalhando em instituiçoes públicas a preço de chuva, ou seja pagas pelo subsídio de desemprego.

 

São pessoas sem direitos, sem sindicatos, sem regalias sociais, cujo trabalho não é reconhecido mas que fazem maravilhas em termos estatísticos - sempre que a taxa de desemprego dispara, os centros de emprego colocam logo estes programas em atividade, fintando a realidade, mostrando os números que querem mostrar - daí se explica que a taxa de desemprego tenha «estagnado» apesar de todos conhecermos uma realidade bem diferente!

 

E é assim, nessa classe não reconhecida que me encontro este ano - ouvindo muita gente dizer a propósito da minha situação «mas olha, ainda bem, assim estás distraída, se estivesses em casa seria pior...» ou seja parece que para mim, ou outros como eu a distração passou a ser o nosso sustento...

 

postado energia-a-mais às 09:50

Terça-feira, 01 de Maio de 2012

 

 

Já nem o simbolismo conta nesta época em que as pessoas parecem andar tresloucadas...

 

o dia de hoje que deveria servir para relembrar a importância de quem trabalha e fazer do Dia do Trabalhador um dia de luta, sobretudo tendo em conta o que se tem verificado neste país, serviu para ver uma correria desenfreada de gente que queria aproveitar uma campanha promocional de uma cadeia de lojas Pingo Doce...

 

nem o facto de ser mau o suficiente, ver lojas que nem os seus impostos pagam em Portugal, abrir num dia simbólico como o de hoje, fazendo coerção com os seus funcionários para que estes se apresentassem ao trabalho, ou sofreriam represálias (e sei disto porque conheço muito bem uma funcionária dessa cadeia de lojas que mo contou...) impediu que os «carneirinhos» tugas corressem a fazer compras que muitos nem precisariam (e de que se calhar nem contas fizeram ao que efetivamente pouparam) só para aproveitarem um desconto em compras....tudo bem, podem dizer, afinal estamos em época de crise e ter a possibilidade de comprar 100€ e gastar apenas 50€ pode parecer aliciante...mas tenho a certeza de que muitos acabarão por descobrir que gastaram mais do que podiam, em coisas de que nem precisavam, tendo de gastar na mesma até final do mês o que costumam gastar!!

 

além do mais, onde está a coerência desta gentinha??? então apregoam viver em crise, mostram-se solidários com quem tem de ir trabalhar num dia que deveria ser de direitos iguais e vão a correr dar dinheiro a uma cadeia que gere o seu dinheiro fora do país? e coitados dos que estiveram a trabalhar hoje nessas lojas...é que até incidentes houve entre clientes (desesperados)

 

isto não pode ser normal!!! ou talvez seja, afinal vivemos num país que perdeu a vergonha!!!!

 

postado energia-a-mais às 19:51

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro