A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

...ou como a mente das crianças pode ser muito inventiva!

 

do Rafa

  • estava eu a tentar manter a casa em silêncio, a ver se dormiam, e perante o persistente «bichanar» do Rafa, acabei por ter que o mandar calar - «mas o que estás tu a segredar a ti próprio?» - ora, tou a rezar «anjo da guarda minha companhia....» - sim mas estás a repetir, não basta uma vez? - tou a rezar uma por cada dia da semana, mãe, assim se me esquecer nos outros dias, não faz mal...
  • hoje dei comigo a verificar que o relogio marcava 21h00, por duas vezes...achei estranho e fui ver o que se passava, afinal o Rafa atrasara o relogio, na tentativa de ficar mais uma hora a pé, lol!
  • quando se quer ser artista mas não há paciência para ver uma obra de arte passar várias fases, até estar terminada, apressa-se a coisa - tipo: colocar no micro-ondas, os ornamentos feitos em casa, numa roda de olaria e depois pintar as peças com um pincel gigante...

do Quico

 

  •  quando gostamos muito de uma coisa, temos de a levar connosco, mesmo que essa coisa seja gelatina e tenhamos de a levar no bolso para ninguém desconfiar
  • se der a vontade de ir á casa de banho mas estiver na hora do Panda, fazemos o mais perto possível da TV
  • quando não queremos que a educadora nos apanhe, corremos pelo infantário e depois de despistarmos quem nos persegue, saimos calmamente pela janelinha da casa de banho...
  • quando arrancamos a cortina da sala e a mãe chega de repente, jogamos a cortina para cima da bisa e dizemos - «oia mãe, a belhinha tiou a cotina! má belhinha má, a mãe fica tiste vês?!»

 

 

sinto-me: mãe de dois génios
tags: , ,
postado energia-a-mais às 00:08

Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Cá em casa as crianças são encorajadas a exprimir pela arte as suas emoções. Por arte, entenda-se um conjunto muito vasto de meios e ferramentas que deixam transparecer o que vai na alma! A arte é subjectiva porque pode ser interpretada de muitas formas e reinterpretada sempre que se queira.

Quando o Rafa está contente gosta de música: pode cantar , ouvir ou mesmo tocar um instrumento. Gosta da flauta mas quando só assobia de forma estridente está apenas a deixar sair a energia em excesso. Quando se irrita, ouvimos gritos e muito barulho, feito normalmente com tachos e batendo na parede com vários objectos. Também adora encher vários copos com água em diferentes níveis e diverte-se a fazer sons. O Francisco gosta de dançar até cair, gosta de saltar ao som da música de verão «vamos á praia» e tocar na viola do irmão.

Os dois adoram pintar, usando sobretudo aguarelas, guaches e tudo o que possam para usar o pincel. Gostam muito de marcadores para pintarem as paredes e almofadas. O Francisco gosta de se pintar a si próprio. Usa muitas cores diferentes e parece um índio quando chega ao infantário.

Adoram teatro de fantoches e representam as histórias dos três porquinhos muito bem, sendo que o Rafa quer ser o Lobo Mau mas só na hora de soprar, o pior é que esse é também o papel do Quico!

Agora têm estado a fazer recortes e colagens pelo que a sala se encontra literalmente coberta de papéis que o Rafa me fez prometer não retirar antes de ele regressar da escola!

Pronto, tenho dois filhotes artistas o que é sempre bom para animar as coisas!

postado energia-a-mais às 11:50

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


postei agora
disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro