A Hiperactividade vista à lupa

Segunda-feira, 07 de Outubro de 2013

 

Neste país à beira mar plantado, parece que o lema passou a ser, vamos lá cortar...

 

E corta-se...principalmente corta-se em quem sobrevive

 

Mais um pacote de cortes para fazer face às vontades da troika, significa muito provavelmente que vai ser, para muitas famílias mais um golpe na sobrevivência! O olhar esgazeado de Mota Soares, diz muito!

 

Vamos, lixem-nos mais pedaço - a malta sobrevive! (por enquanto)

postado energia-a-mais às 11:46

Segunda-feira, 12 de Novembro de 2012

 

os meus miúdos vão crescer de modo diferente do meu...

 

enquanto os meus pais me incutiram o sentimento da recompensa do trabalho, a esperança numa educação melhor e uma vida futura com mais bases, eu olhava o mundo com avidez, fazendo parte dos que mesmo longe vibravam com acontecimentos únicos, como a queda do muro de berlim, o nascer de uma nova europa...E achava que valia a pena!

 

agora os miúdos crescem a ver a família separada, a verem pais com excelentes habilitações académicas e bons percursos profissionais ficarem sem emprego, a terem de mudar para casa dos avós para os pais emigrarem, a irem para a escola sem saber se o poderão continuar a fazer no amanhã, sem saberem se valerá a pena!

 

Estes miúdos, crescem a ouvir as palavras «crise», «austeridade», «sufoco», «desespero», «dúvidas»...e isso trará consequências que ninguém deveria ignorar...

 

Sinto-me de coração partido por os meus filhos fazerem também parte desta geração sem perspectivas. Uma geração a quem convidam a sair do país onde nasceram, que saem com rótulo por serem «portugueses à rasca», que trabalham por pouco salário porque no país deles está ainda pior...que se sentem obrigados a aceitar tudo...mesmo sabendo que mereciam muito mais!

 

No meio desta minha obstinada resistência a ceder à tristeza, vejo com alguma admiração um vídeo que supostamente serviria para mostrar aos alemães que os portugueses afinal são bem diferentes do que eles (alemães) pensam. Não entendo a razão do vídeo. Marcelo parece estar a fazer propaganda de guerra...será?! {#emotions_dlg.evil} 

 

Também nos animamos cá em casa com a vinda da «senhora que manda no Passos Coelho» como diz o Quico, sobretudo a fantasiar como seria interessante se os meus «terroristas» conseguissem chegar até ela. Garanto que nem a melhor polícia do mundo, nem as mais apertadas medidas de segurança seriam suficientes para impedir que em dois minutos apenas, ela fosse trucidada pela energia dos meus rapazes...

 

sim porque aqui há imaginação sem austeridade!

 

postado energia-a-mais às 09:12

Domingo, 09 de Setembro de 2012

 

(o tal que é amigo, sabem qual é?)

 

pois eu gostava de te dizer Pedro, permites que te trate assim, afinal eu também sou uma cidadã, mãe e preocupada com o futuro dos filhos - que por vezes as histórias não acabam com um happy end. No nosso país que tu tão habilmente conduzes ao abismo, nasceram e viveram gloriosos personagens. Foram reis conquistadores, bravos homens de mar e terra, construíram riquezas, deram mundo ao Mundo! Abraçaram lutas  e dignificaram o nome de Portugal.

Tivemos momentos em que alguns se tentaram apoderar da alma da gente - mas rápidamente as Gentes se uniram e deram novo fôlego à História. Porque, sabes Pedro, estas gentes podem parecer lamechas, piegas e até histéricas mas sabem como nenhum outro povo, enfrentar as adversidades e dar a volta por cima!

Eu, cidadã deste país, mãe de dois que estão agora no início das suas vidas, sei que tu até te podes dar ao luxo de falar em «adversidades», pois nunca tiveste nenhuma para ultrapassar, podes falar em «sacrifícios», pois que nunca terás de os fazer, podes falar de desemprego, até porque nunca tiveste de procurar trabalho, mas nunca saberás o que é dar a volta por cima - não serás tu a escrever o capítulo final. Esse, está reservado aos Heróis deste país, aqueles que como o pai dos meus filhos, enfrenta a adversidade do desemprego e faz o sacrifício de se separar da família para minorar os efeitos desta afronta que tu lideras, como chefe de governo.

Será escrito por quem tem de mandar os filhos estudar numa escola pública que tu teimas em destruir, onde leccionam professores que tu humilhas diariamente ao retirar dignidade a uma das mais belas profissões que existe. Será escrito por quem tem de recorrer a um serviço nacional de saúde, que de tão «doente» que está não pode socorrer ninguém e não será o alívio necessário dos que mais dele precisam. Será escrito por quem tem de passar horas à frente da porta de um IEFP para que lhe seja dada uma «migalha» chamada subsídio de desemprego. Será escrito por todos os que perdem um salário do seu trabalho (já tão miseravelmente pago que não chega aos 500€) e que ainda vão ter de pagar para trabalhar. Será escrito pelos que deram anos da sua vida e do seu trabalho e que agora em idade de reforma, se vêem cada vez com menos, quando seria de esperar que tivessem assegurado já o seu direito à velhice tranquila...

Os meus filhos e os dos outros não podem esperar um fim como o que tu estás a impor. E nós não queremos que sejas tu a decidir, porque sabes, Pedro, tu afinal nem isso sabes fazer...Continuas a sacudir a água do capote e a empurrar para os outros (governo anterior e troika) a culpa das «coisas más que tu não gostarias de dizer aos portugueses» - como se fosses apenas o mensageiro e não o que escolheu o caminho, como se não houvesse alternativa. Só que nesta história, existem outros fins possíveis - como nas histórias interactivas, onde podemos ser nós a decidir o final. E eu por exemplo, posso dizer-te um que terá por certo muitos apoiantes - vais ser banido da história, Pedro. E já agora não precisas de agradecer, tá?

 

Teresa

 

 

postado energia-a-mais às 23:30

Sexta-feira, 14 de Outubro de 2011

 

 

Para quem não sabe isto é um blog com energia....

 

«mãeeee!!! tá um tipo a falar na TV...um tipo com cara de chato....tá em todos os canais....porquê????»

 

é o primeiro ministro Rafa, está a falar da austeridade....

 

«do quê???....austeridade? é aquilo que tu fazes quando somos mal educados?» opá!!!!

 

«quer dizer austeridade é ser mau não é? quando és austera és bué má pra nós...» opá!!!

 

«então este ministro é mesmo mau pá!!!! ele não pára de falar....xiça!!!»

 

dois minutos depois

 

«troca o canal mãe, troca, onde está o comando?- há está aqui....ufa, não tava a aguentar mais....muito melhor ver o Panda....pelo menos não é austuritário»

 

postado energia-a-mais às 10:01

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Passam por cá - desde 18/11/09

blogs SAPO


Universidade de Aveiro