A Hiperactividade vista à lupa

Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

 

 

é tudo menos rotineiro cá em casa!

 

não é nada fácil levar os meus rapazes ao médico, muito menos quando se trata de consultas de rotina, desta vez tinha mesmo de marcar pois o médico de família mudou. Como os miúdos fazem medicação, o próprio médico quis fazer uma consulta de controlo.

 

O Quico é aquele furacão e claro, nunca consegue parar a tempo de evitar grandes confusões! O Rafa tem uma atitude entre o ficar sem jeito e o tentar «picar» o irmão...está sempre em cima de tudo e de todos mas desvia-se a todo o custo de quem o interpela diretamente. Embora tenham deixado as enfermeiras tratarem dos procedimentos habituais destas consultas, a sala onde decorreu a avaliação do estado geral, parecia uma sala de circo! só visto!

 

Com o médico a mesma coisa. Nada ficou direito naquele consultório e apesar de não os conhecer o médico percebeu logo várias caraterísticas da PHDA, como o agitar das pernas mesmo durante o exame, o torcer das mãos, o constante saltitar, não responderem até ao fim às perguntas que ele lhes fazia, etc. Para o médico são sinais que distinguem estes miúdos. Fez sempre uma abordagem muito profissional mas com grande à vontade, mostrando que o normal destes miúdos é este comportamento assim, fazendo com que eu própria não me sentisse «avaliada» ou constrangida! e também estava muito por dentro das várias implicações da PHDA com as situações do dia a dia.

 

Fez algumas considerações importantes sobre a necessidade de vigiar peso e cuidados com a alimentação (falarei disso noutro post pois sei que existem outras crianças que fazem este tipo de medicação e parece-me pertinente transmitir certos detalhes). Também passou análise ao sangue para pesquisar possíveis alergias do Quico, face a queixas que ele tem apresentado.

 

Agora é preparar para as consultas de especialidade lá para setembro!

 

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:54

Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

 

 

 

 

Estimam-se que existam em portugal mais de 100.000 crianças com perturbações do comportamento.

 

Para os pais os primeiros a perceberem que «algo» não está bem, a espera por um diagnóstico pode ser uma verdadeira saga...

 

Daí a importância das consultas do desenvolvimento - um grupo multidisciplinar de profissionais promove o conhecimento da criança, procurando  um diagnóstico adequado que permita traçar um plano - por vezes a longo prazo - que fará a diferença para a vida!

 

Neste post ficam algumas indicações para quem necessita de recorrer a este serviço (que existe nos diferentes hospitais com valência de pediatria)

 

Quem tem acesso à consulta

 

  • Crianças e adolescentes sem limitação da área
  • Recém-nascidos referenciados pelo serviço de Neonatologia do hospital em causa
  • Crianças e adolescentes referenciados por Hospitais Distritais, Centros de Saúde e Pediatras, Educadoras de Infância, Professores e / ou outros técnicos envolvidos na avaliação do desenvolvimento da criança

A quem se destina

 

  • a consulta destina-se à avaliação, diagnóstico e seguimento de
  • recém-nascidos de alto risco (prematuridade, atraso de crescimento intra-uterino/baixo peso, asfixia perinatal e cromossomopatias)
  • crianças e adolescentes com desenvolvimento psico-motor, comportamental e emocional, défices cognitivos, perturbação/dificuldade da linguagem (dislexia, disgrafia e discalculia), perturbações do espectro autista, hiperactividade e déficit de atenção

Estas consultas são extremamente importantes e actualmente podem demorar de quatro a seis meses a conseguir (ou mesmo mais tempo dependendo do hospital) pelo que quanto mais cedo a criança for encaminhada mais possibilidades de terá de uma intervenção atempada

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 08:00

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links

blogs SAPO


Universidade de Aveiro