A Hiperactividade vista à lupa

Terça-feira, 06 de Maio de 2008

Hoje, ás 20:12 o Rafael finalmente ficou sem o dente da frente. Depois de dois meses de idas á dentista para conseguir soltar o «danadinho», o Francisco resolveu dar uma ajuda. Foi depois de um final de tarde muito stressante, os meninos foram gastar um pouco da energia para a praça depois da escola e, mais uma vez, por causa de coisa nenhuma o Rafa desata numa das birras sem controlo - «porque quero batata frita, porque tens de ir buscar um saco» - Não depois das gomas que já comeste!! - «deixa mãe, deixa...» depois foram os gritos, os murros e pontapés, coitada da avó que tinha ficado para ajudar. Pasmam os transeuntes - um miúdo tão grande e a fazer aquilo - o Francisco já está histérico, puxa os cabelos do irmão enquanto grita «tau-tau, não», aguentei estoicamente pois o contrário seria ainda pior e quase arrastados lá conseguimos entrar em casa.

Como a excitação permanece proponho que brinquemos «todos juntos», claro que eles aproveitam a deixa e lá saltam um para o outro. De repente a Fada aparece e faz com que o pé do Francisco acerte em cheio na boca do Rafael. Eis pois como um dia de nervos acaba em risos porque finalmente, apesar do «ganda buraco» que fica na gengiva o dente pode agora ir para o Reino Dos Dentes onde será transformado  em pó de dentinho e a Fada talvez volte para presentear o novo herói.

sinto-me:
tags: ,
postado energia-a-mais às 23:21

Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

Quando o Rafael tem de ir a qualquer profissional da área da saúde, os meus cabelos até se arrepiam uns dias antes. Começo a ter suores frios e um nó no estômago que teima em apertar até ao momento de entrar no consultório. Sejam as vacinas de rotina, as consultas no pediatra, as idas ás urgências (essas então são ainda piores!) ou , como agora a dentista... Nunca sei como vai reagir, posso ter de pagar o prejuízo de uma caixa de ampolas que ele parte «sem querer», posso ter de de o retirar de cima da estante dos belos diplomas do médico ( a moldura foi muito cara Dr?) ou ter de ir a correr atrás dele pelos corredores porque se recusa pela milésima vez a tomar a vacina (afinal ele nem tem doenças porque é que tem de apanhar com aquilo?).

As idas á dentista começaram há dois meses quando detectamos que os dentes de leite resistem e não querem sair sozinhos. Todas as tentativas para que deixe tirar os dentes da frente, mesmo com ajuda de spray para as dores, são completamente inúteis. O Rafael não deixa sequer aproximar um algodão da boca e consegue ser mais persistente que o João Jardim em defender as suas ideias ( a fada vem buscar). Pronto, duas horas a tentar pela sexta vez na cadeira da dentista e nada, voltamos daqui a duas semanas (de tortura, pois nem posso olhar para aquele dente espetado com dois outros por baixo).

sinto-me:
tags:
postado energia-a-mais às 12:53

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro