A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 05 de Novembro de 2008

(ou as aventuras mais recentes dos meus energéticos rebentos)

 

Na escola

 

O Francisco:

nos últimos dias não me tenho cruzado com a educadora do Francisco (de manhã ela ainda não está e ao final do dia são os avós que o vão buscar) por isso ela mandou pelo meu pai o seguinte recado/carta - « o Francisco é uma criança muito inteligente e com grande sentido de autonomia. Tem tido um desenvolvimento cognitivo adequado e mostra-se enquadrado na sua faixa etária a esse nível, cumprindo as tarefas propostas. É no entanto uma criança que suscita atenção nos seguintes parâmetros - tem dificuldade em socializar, evita jogos e brincadeiras em conjunto, preferindo manter-se afastado dos coleguinhas e procurando a nossa companhia. Gosta de chamar a atenção, procurando por vezes o confronto com os colegas para que isso aconteça. Tem um temperamento nervoso e muitas vezes é necessário dar-lhe tempo/espaço para que se acalme. Tem mostrado dificuldades em dormir, e com a comida tem vindo a ser um pouco mais difícil pois recorre ao vómito quando contrariado. A nossa opinião é que deve falar com a psicóloga da escola, de modo a adequarmos estratégias conjuntas.»

 

O Rafa:

Falo com a professora quase diariamente e por agora este é o balanço

-existem duas fases distintas para o Rafael - a manhã é por norma tranquila, mostra-se participativo mas respeita os sinais da professora para que não responda antes dos outros, faz as tarefas muito depressa na expectativa de sair para um intervalo maior ou «ajudar» a professora com os outros meninos ou recados. Gosta de mostrar os conhecimentos e está de facto muito adiantado em relação aos colegas, em todas as matérias (na matemática por exemplo recusa fazer o livro do 2º ano, porque acha que é para bebés)

-as tardes são turbulentas e por vezes conflituosas. Tem dificuldade em mentêr-se na sala ou cumprir as ordens para estar mais sossegado. Aqui começam as actividades extra curriculares e por isso os professores têm mais dificuldade em conseguir prender a sua atenção - fica muito agitado na hora de saída e perturba os outros miúdos, sendo por vezes um pouco provocador...

 

Em casa

O Francisco

Adquiriu recentemente muito vocabulário e já se faz entender perfeitamente. Gosta de partilhar com o irmão cada vez mais aventuras. Comporta-se como se estivesse ligado á corrente, não parando desde que acorda (particularidade que diz muito sobre a questão da hiperactividade, pois realmente fica acordado de imediato, como um click) até ao deitar (cada vez mais tarde). Nunca se cansa, mostrando uma resistência invejável! Faz tantas asneiras por segundo que, a menos que o prenda, não consigo evitar mais de um terço. Das coisas mais irritantes destaco - o não comer (há semanas que não faz sequer uma refeição completa), o resistir ás ordens de - banho, vestir, sair/entrar em casa, sair/entrar na escola, sair/entrar no carro, insistir em andar o mais despido possível, sendo que no final do banho é completamente impossível vestir-lhe qualquer peça, dar pontapés em toda a gente (não só aos de casa), morder-se ou puxar os próprios cabelos, virar toda a casa do avesso em menos de 10 minutos

 

 

O Rafa

Continua a não vestir qualquer peça interior, detesta roupa excepto fato de treino, não consegue fazer uma refeição sossegado, come em exagero em poucos segundos e sempre em pé, saltando ou correndo entre divisões. Não cumpre qualquer ordem entre as 18:00H e as 20:00H, faz imenso barulho, fala e ri muito alto quase histericamente, tem ataques de riso sem controlo. Abusa dos palavrões (só nesse horário). Deixou de ligar ao sistema de pontos que iniciamos há algum tempo atrás (culpa minha pois sei que tenho de mudar os objectivos de 15 em 15 dias, ou deixam de ser motivadores). Implica imenso com os avós mas recusa ficar sem eles e por isso mantém uma relação muito ansiosa. Continua a ter muita ansiedade em relação a tudo - visitar um amigo, sair para as compras, pintar um desenho, ter uma actividade nova na escola, enfim, qualquer fuga á rotina lhe provoca náuseas e angústia.

Consegue pôr todo o prédio em alvoroço e por mais que tente não consigo manter a obrigatoriedade de ser ele a tratar da sua higiene (básica), vestir-se ou tratar da mochila - tenho sempre de terminar essas tarefas ou não conseguiríamos sair de casa.

 

 

 

 

Aproveito para contar mais esta - é sempre difícil arrancar com eles de manhã, muitas vezes é o avô quem nos leva ás escolas. Um dia destes fomos multados - razão - como sempre o Rafa recusa sentar-se no banco apropriado e o Francisco estava tão irrequieto, não sendo possível prendê-lo á cadeirinha, tive de o trazer para junto de mim, á frente, na tentativa de não perdermos mais tempo (vivemos a 5 minutos ). Pois foi o suficiente (claro!) para o polícia Tonecas da Escola Segura nos passar um belo raspanete e a respectiva multinha..

Eu sei que com a segurança dos miúdos não se brinca (por isso não arrisco viajar com eles) mas gostava de ter algumas dicas para os manter sossegados no carro nem que seja para lhes colocar um cinto reforçado...

postado energia-a-mais às 23:21

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Passam por cá - desde 18/11/09
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro