A Hiperactividade vista à lupa

Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2012

 

 

do Natal através dum filme

 

 

 

 

 

muito bom! para os meus rapazes foi o mote para uma tarde fora de portas com muita adrenalina à mistura, para mim a oportunidade de me sentar por quase duas horas (enquanto durou o filme) {#emotions_dlg.sarcastic}

 

 

postado energia-a-mais às 09:14

Quarta-feira, 01 de Agosto de 2012

 

 

apenas para agradecer os miminhos deixados nos comentários e dizer que fico super feliz por saber que continuam a partilhar os nossos momentos

 

para mostrar um pouco do que foi possível aproveitar de um dia vivido (como era de esperar) a mil, tanto pelo aniversariante como pelo mano mais velho 

 

 

 

aceitando a sugestão dada pelo próprio interessado, acabei por aproveitar o dia de aniversário para lhe oferecer uma ida ao cinema (que serviu também para fazer o Rafa participar) com direito a menu completo. E fomos ver o maravilhoso

 

 

 

 uma loucura! adoramos e recomendamos 

 

Para a família (entenda-se os que estão sempre por cá) ficou reservada a festa da praxe para que o Quico soprasse a velinha. Claro que tentei manter o tema que pediu - dinossauros - e todos colaboraram. Este foi o resultado (faltaram os morangos porque não os consegui encontrar com a qualidade necessária mas tudo o resto estava no bolo - o chocolate em pepitas na massa e as natas batidas a cobrir lol)

 

 

 

 

  

 

até nas prendinhas

 

 

 

 

 

e pronto, acho que conseguimos um dia inesquecível para ele, que afinal era o que mais importava! 

 

 

 

Tu vê lá o que fazes agora até aos 7 rapaz!

 

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 09:11

Segunda-feira, 27 de Fevereiro de 2012

 

tem efeito contagio e mesmo do outro lado do mundo, assiste-se em direto à entrega das estatuetas mais cobiçadas

 

imagem tirada da net

 

eu confesso que já fui mais ligada a este evento, mantendo-me acordada para assitir ao desfile na «red carpet» e com entusiasmo crescente até ouvir a celebre «and the oscar goes to...»

embora apreciadora do bom cinema e admiradora de bons atores/atrizes alguns deles «hollyoodescos» e «oscarizados» (Tom Hanks e Meryl Streep são dois deles) agora já não sinto o fscínio daquele brilho que me cheira a falso, numa altura em que a ostentação está em desuso e em que as piadas parecem não ter tanta graça...será da idade? da desilusão da fase em que vivemos? ou outra coisa qualquer...na verdade não importa...vejo os resumos de quem ganha ou quem perde e pouco mais sei sobre a cerimónia em si.

 

De qualquer modo foi noite de Oscars e eu à volta com um post para publicar pela manhã, lá fui pensando no assunto...e inevitavelmente estabeleci a minha linha de comparação. É que aqui em casa este fim de semana merecia também uma das estátuas!

 

vejamos: temos não um mas dois «os artistas» e a «Invenção do Quico» (em vez do Hugo) que começou por fazer uma birra monumental contra  a presença do avô, partindo depois para a destruição de tudo o que lhe aparecia pela frente, deu comigo em doida e a apostar no papel de «A dama de Ferro». Nunca pensei que teria de viver o meu fim de semana como um «cavalo de guerra», mas quando se tem «Descendentes» como os meus, podemos contar com aventura na certa! e se eu e a avó não nos transformamos em «As serviçais» da casa, foi apenas porque com muita garra decidimos que ou a coisa acalmava ou íamos passar a «Meia noite em Paris» que é como quem diz, batíamos com a porta!

Ainda tivemos de passar pela fase do «Extremamente Alto, Incrivelmente Perto» algo que para os miúdos significou uma espécie de elogio por se esforçarem a cumprir com as regras... e como esta é uma autêntica e genuina «Árvore da Vida», no final de domingo ainda tive de ajudar o Rafa com um trabalho de inglês onde deveria referir a sua árvore geneológica, embora ele só se lembrasse vagamente de que a professora tinha marcado um TPC que deveria ser feito em folha A4....

 

postado energia-a-mais às 09:08

Terça-feira, 06 de Dezembro de 2011

 

 

usar e abusar da frase «olha que o Pai Natal não te traz prenda nenhuma  se ficar triste contigo»

 

 

pelo menos até percebermos que os miúdos acreditam mais no facto do Pai Natal não ter dinheiro para pagar aos duendes que o ajudam a fazer os brinquedos, do que na balança do bom comportamento

 

O Quico diz que este ano só vai querer uma prenda - porque o pai natal «está mais pobezinho...» se bem que até existem alternativas «ele podia pedir dinheiro não era mamã?» - bem, talvez haja uma «troika» natalicia lá para os lados da lapónia....

 

O Rafa que vive mais pela quantidade do que pela qualidade, tem alguma dificuldade em entender a redução do número de prendas «podias dar na mesma, compravas mais por menos...» não há por aí um slogan assim?

 

Este domingo aventurei-me a ir com eles almoçar fora e ver o filme de que eles me falaram mal souberam da estreia, uma espécie de prenda familiar (embora sem o papá presente)

 

 

foi do melhor! apesar da muita ginástica para os manter controlados, conseguimos passar um dos momentos mais divertidos dos últimos tempos! o filme é fabuloso (recomendo sem receio) e a prática foi-me ensinando como é possível planear as coisas de modo a disfrutar da companhia uns dos outros (bem mais fácil a três do que quando existe ajudas extra, confesso!)

 

imagem retirada da net

 


postado energia-a-mais às 09:15

Sexta-feira, 04 de Julho de 2008

A semana nem correu mal de todo (comparando com outras bem piores que já vivi!) mas eu sabia que ainda estava para chegar alguma coisa. E não é que estava mesmo?!

Quem passa por aqui sabe que o meu filhote mais velho aceitou entrar para um campo de férias (pela primeira vez este ano). Tem andado de certa forma entusiasmado e ainda não falou em desistir, o que é bom sinal! Os monitores do campo (alguns já nossos conhecidos) já me disseram que o pior é terem de estar sempre a dizer ao Rafa o que vai fazer a seguir (o pensamento dele está sempre mais á frente) e tentar com que aprecie cada actividade sem pensar na seguinte (eu já sabia que ia ser assim...)

Para este dia, tinham planeado uma ida á praia. Apesar do tempo por aqui não estar grande coisa, fomos avisados que a saída se mantinha, pelo que tive de preparar o Rafael para estar no campo ás 08:15H. Como já tinha ido buscar a minha mãe e deixá-la  no emprego, os minutos estavam contados e não podia haver atrasos nem de segundos. Ora o que faltava logo pela manhã era uma GRANDE BIRRA que começou pelos ...tchã, tchã...CALÇÕES DE BANHO!. O que acontece é que desde há umas semanas, o meu filho se recusa a vestir cuecas, boxers ou calções de banho com licra ou algodão. Diz que lhe metem muita impressão, os nervos bulem e como ferve em pouca água, faz birras descomunais e sai de casa  sem os ditos (entretanto comprei de tecido, boxers porque calções para o banho não dá!) Claro que enquanto  gritou, esperneou, atirou com os calções pelo ar, chamou nomes a toda a gente, tentou bater no irmão, etc, a minha paciência foi esgotando. Tentei chamá-lo á razão mas quando começou a dizer que já não ia, fiquei em pânico e  acabei por dizer que levasse os calções de saída sem os de banho por baixo e que tivesse cuidado na hora de ir á água.

Bom, lá o consegui meter no carro no último minuto que assegurava chegar a tempo, eles iam de comboio, por isso, e porque a estação é mesmo ao lado das instalações do campo, já todos estavam preparados quando entramos em cena.

Estava eu para fazer as despedidas quando ele se lembra de dizer que afinal não queria ir «mas porquê filho, se todos os teus amiguinhos vão, não tens com quem ficar!»/«fico em casa...»/ «não em casa não ficas porque a mãe hoje tem coisas marcadas e não pode ficar em casa»...o diálogo arrastou-se com argumentos vários que se foram esgotando e levaram a um apoteótico final, com o Rafa pendurado na janela do carro a gritar que não queria ir á p.... da praia (depois de vários monitores terem tentado a sorte e das minhas habituais ameaças) e eu a arrancar em grande espalhafato! Os miúdos puseram-se entretanto em fila junto á paragem do comboio e eu fui obrigada a parar porque a cancela fechou. Estava um carro apenas á minha frente e vários foram chegando atrás, eis quando senão o Rafa abre a porta do carro e sai disparado para a linha do comboio gritando que se eu queria então ele ia á p..... da praia, c........ (ainda não lhe passou esta dos palavrões). Claro que tive de correr atrás dele, até porque tive receio que fosse atravessar mesmo sem olhar, só que com a aflição deixei tudo como estava, o carro com a chave na ignição, vidros abertos, enfim como nos filmes! E foi mesmo assim pois o comboio chegou nesse instante, o Rafa entrou com o pior dos humores, sem se despedir, as cancelas levantaram,  e eu tive de voltar ao carro para ouvir outra série de palavrões e raspanetes de furiosos condutores (apressados) que queriam era saber quem tinha sido a engenhosa que espetara com o carro naquele lindo sítio!

 

 

sinto-me:
postado energia-a-mais às 23:43

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro