Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

Energia a Mais

A Hiperactividade vista à lupa

03.Dez.12

celebrar a Magia

energia-a-mais
    do Natal através dum filme           muito bom! para os meus rapazes foi o mote para uma tarde fora de portas com muita adrenalina à mistura, para mim a oportunidade de me sentar por quase duas horas (enquanto durou o filme)     
01.Ago.12

do aniversário

energia-a-mais
    apenas para agradecer os miminhos deixados nos comentários e dizer que fico super feliz por saber que continuam a partilhar os nossos momentos   para mostrar um pouco do que foi possível aproveitar de um dia vivido (como era de esperar) a mil, tanto pelo aniversariante como pelo mano mais velho        aceitando a sugestão dada pelo próprio interessado, acabei por (...)
27.Fev.12

«oscarizice» aguda

energia-a-mais
  tem efeito contagio e mesmo do outro lado do mundo, assiste-se em direto à entrega das estatuetas mais cobiçadas   imagem tirada da net   eu confesso que já fui mais ligada a este evento, mantendo-me acordada para assitir ao desfile na «red carpet» e com entusiasmo crescente até ouvir a celebre «and the oscar goes to...» embora apreciadora do bom cinema e admiradora de bons atores/atrizes alguns deles «hollyoodescos» e «oscarizados» (Tom Hanks e Meryl Streep são dois (...)
06.Dez.11

sim nós podemos

energia-a-mais
    usar e abusar da frase «olha que o Pai Natal não te traz prenda nenhuma  se ficar triste contigo»     pelo menos até percebermos que os miúdos acreditam mais no facto do Pai Natal não ter dinheiro para pagar aos duendes que o ajudam a fazer os brinquedos, do que na balança do bom comportamento   O Quico diz que este ano só vai querer uma prenda - porque o pai natal «está mais pobezinho...» se bem que até existem alternativas «ele podia pedir dinheiro não era mamã? (...)
04.Jul.08

Uma cena de filme

energia-a-mais
A semana nem correu mal de todo (comparando com outras bem piores que já vivi!) mas eu sabia que ainda estava para chegar alguma coisa. E não é que estava mesmo?! Quem passa por aqui sabe que o meu filhote mais velho aceitou entrar para um campo de férias (pela primeira vez este ano). Tem andado de certa forma entusiasmado e ainda não falou em desistir, o que é bom sinal! Os monitores do campo (alguns já nossos conhecidos) já me disseram que o pior é terem de estar sempre a dizer (...)