A Hiperactividade vista à lupa

Quarta-feira, 20 de Junho de 2012

 

ou como o Quico me deu uma lição

 

Ontem estavamos ao final do dia nas arrumações caseiras, digo eu «opá voçês não podem deixar este lixo todo pela casa, parece que vivemos no meio da poluição...» (sendo que por lixo eu me referia a brinquedos espalhados, papéis rascunhados e outras coisitas domésticas que amontoam por todos os cantos da casa). 

O mais velho nem se desmanchou e queria pisgar-se...o mais novo pergunta «o que é a poluição?» e eu fui explicando que nós não cuidamos do nosso planeta e que assim se vão juntando na Natureza detritos que vão alterando o mundo que (ainda) temos. O Quico queria explicações mais detalhadas, lá fui dizendo que os seres humanos deviam ter mais cuidado, não deveriamos mandar para o chão lixo, não deviamos usar certos materiais que destroem o equilibrio das coisas, deviamos ter atenção à poluição causada por meios de transportes, fábricas, etc. Para incluir o mais velho na conversa, pedi-lhe que fosse à net para verem efeitos da poluição na natureza. De repente lembrei-me dum post que li aqui http://oqueeojantar.blogs.sapo.pt/398779.html 

 

O Quico ficou super impressionado com o video. Tive de lhe explicar as imagens e ele mostrou-se tão preocupado que quis logo fazer alguma coisa para «ajudar aqueles passarinhos».

 

Munido de um velho par de luvas descemos para a rua e o Quico dedicou-se a apanhar todo o tipo de lixo que recolhemos num saco para deixar nos contentores da zona. Apanhamos de tudo, desde beatas e pacotes de cigarros vazios, caroços de fruta, detritos das garagens, garrafas de plástico, etc...Até confesso que me admirei por apanhar tanta coisa do chão, eu que sempre olhei para o sítio onde vivo, como um sítio «limpo»!

 

Quanto ao meu rapaz, ficou entusiasmado com a acção e garantiu que vai ter sempre cuidado e apanhar todo o lixo que enontrar «porque assim os senhores da câmara que apanham o lixo, ficam felizes!» e pode ajudar a mudar a vida dos pássaros

 

De realçar que fazemos reciclagem cá em casa, que na escola também alertam muitas vezes para atitudes como esta mas a verdade é que exemplos valem mais do que mil palavras!

 

 

 

 

 

postado energia-a-mais às 13:37

Sexta-feira, 30 de Março de 2012

 

podiam ser doces...até porque estamos muito perto da Páscoa...

 

mas não! são mesmo daquelas que nos fazem azia

 

duas histórias com desfecho fatal ensombraram estes dias em que ainda estremecemos com o susto da «bisa» (que felizmente recupera a olhos vistos) - uma jovem mulher entra num hospital para fazer uma operação às varizes...sai de perna amputada. Parece que um erro médico é algo vulgar que se pode «apagar» com um simples pedido de desculpa, género «ooops! isto era uma artéria? opá eu queria cortar a veia...olha, pronto desculpe lá ok? para a próxima faço melhor...ooops! afinal não fiz.... agora vai ficar sem a pernita, tá?». Caramba, nem avisaram o porquê de operarem novamente?! então o doente não tem direito a ser informado sobre os procedimentos médicos deste tipo?

 

Noutra história com final trágico, uma mulher de 27 anos entra num hospital (depois de uma passagem já por um centro de saúde) com uma dor lancinante no peito que lhe irradia para o braço e após uma triagem em que lhe é dada pulseira amarela (sinal de média urgência) espera 7 (sete) horas para...morrer! ali mesmo no hospital enquanto espera para ser atendida. Dizem os senhores doutores que nada poderiam ter feito porque afinal ela morreu de (pasme-se!!!) paragem cardio-respiratória fulminante - embora seja demoradamente «fulminante» a julgar pelas mais de 10 horas desde que se queixou da tal dor que a levou ao centro de saúde (de onde a terão enviado para casa) e das ditas sete que por lá esteve sob a aparente cuidadosa observação médica. Este país está cada vez mais entregue aos bichos!!!

 

 imagem tirada da net

 


pena que não seja amoroso...como o da páscoa!

 


postado energia-a-mais às 09:05

Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2012

 

 

vê-se nestas coisas

 

«Tribunal de Lousada absolve Afonso Dias por falta de provas (Lusa)

O tribunal de Lousada absolveu hoje o arguido Afonso Dias do rapto de Rui Pedro, a criança desaparecida em Lousada a 04 de março de 1998, por falta de provas. Ministério Público vai recorrer da decisão.»

 

Porquê? porque um testemunho de uma prostituta vale nada para os senhores juízes - e se é verdade que uma decisão judicial é tomada por homens e mulheres que para além do suposto conhecimento das leis a aplicar (mesmo que tenham copiado no teste de admissão) se guiam pelo seus prórios juzos de valor herdados também pela sua vivência das coisas, então está mais que visto que a justiça está entregue ao preconceito e à mentalidade tacanha...

 

 

 

postado energia-a-mais às 20:09

mais sobre mim
que querem saber?
 
Fevereiro 2016
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
23
24
25
27

28
29


disseram agora
Bem, vou directo ao assunto!!Sexta-feira, recebo u...
Boa tardeAlguem tem um feedback possitivo do curso...
Boa Noite. O Pai da minha filha está no Luxemburgo...
Gostaria de saber se conseguiu resultados com este...
Eu recebi pela primeira vez o abono no final do mê...
Boa tarde ,Inscrevi na semana passada a minha filh...
Obrigada. Espero conseguir. Bjs
Deve receber de facto agora em Janeiro os valores ...
Eu em Julho de facto recebi a 27 no entanto apenas...
Olá Marlene, o abono semestral (se a mãe tiver ren...
links
Passam por cá - desde 18/11/09
Passam por cá - desde 18/11/09

blogs SAPO


Universidade de Aveiro